Por meio de convênio assinado no início do ano passado entre a Universi



Baixar 90.25 Kb.
Pdf preview
Página13/13
Encontro23.04.2021
Tamanho90.25 Kb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13
Figura 5 – “A partir do mo-

mento em que dou o meu cor-

po para ser pichado, a plateia 

precisa tomar uma decisão: de 

sair, de pintar o próprio cor-

po ou de continuar sentada. 

O público precisa assumir um 

ponto de vista. Não estamos 

criticando sua forma de se co-

locar, apenas queremos que se 

coloquem”, Darília Lilbé sobre 

o encerramento da peça.


47

S I G N O S   E   S Í M B O L O S

Troca de experiências importante para as duas par-

tes, o intercâmbio cultural estabelecido entre a USP 

e a UNAM gerou mais do que uma cooperação aca-

dêmica positiva. Sobre o processo de produção e 

os resultados obtidos com ambas as peças teatrais, 

Mario Espinosa comenta:

“No Brasil, Clarice Lispector é leitura quase 

obrigatória, o que dispensa a necessidade de se ver 

as letras. As pessoas sabem e querem ver o que está 

acontecendo [...] No México, o espetáculo é uma 

surpresa. E não importa se no México a obra de 

Villarreal foi apresentada de maneira distinta, por-

que o assunto do racismo também é interpretado 

de maneira distinta. Lá os espectadores se emocio-

navam, pintavam, aplaudiam e abraçavam os atores 

[...] No Brasil, ficaram muito surpresos. Sem saber 

se era bom se levantar ou não; pintar ou não”.

E conclui:

“O teatro por um lado é universal, mas por ou-

tro é um fenômeno local, sendo que alguns signos 

e símbolos podem ser entendidos por todos e ou-

tros são de lugar. Mas a partir daí, como explicar 

que uma mesma obra possa ter um contato tão di-

ferente com os espectadores? Isso, acima de tudo, 

me parece apaixonante”.



N O TA :

 A estreia das obras Rodrigo S.M. e La pasión en 

la materia



 aconteceu em fevereiro de 2013 no México, sendo 

que as obras foram reapresentadas no Brasil em dezembro. 

De acordo com Ferdinando Martins, a USP e a UNAM têm 

convênio firmado até 2015. O convênio prevê a realização de 

atividades variadas que perpassam não só pelo universo do te-

atro, como também do cinema, da literatura e da sexualidade

tudo em concordância com o cronograma de eventos previsto 

para os próximos anos nas duas instituições.

F I C H A   T É C N I C A

La pasión en la materia

Autor, Diretor, Iluminação e Cenário: Alberto 

Villarreal



Elenco: Elton Santos, Juliana Prado, Juliana Spinola, 

Renan Dias e Darília Lilbé



Produção: Teatro UNAM/ TUSP/ Tenda Cultural 

Ortega y Gasset



Rodrigo S.M.

Direção e Adaptação: Pedro Mantovani

Elenco: Guillermo Revilla, Óscar Serrano, Ximena 

Sastrias, Marco Guagnelli, Daniela de los Ríos e Sol 

Sánchez

Produção: Centro Cultural Universitario/ UNAM/ 

TUSP/ Tenda Cultural Ortega y Gasset



Fotos:

 Mariana Maziero/Tenda Cultural Ortega 

y Gasset

MARINA SALLES

 graduanda em Jornalismo da Escola de 

Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-

-USP) e repórter para o volume 11 da Revista Cultura e Ex-

tensão USP – e-mail: marina.salles.jor@gmail.com

Rev. Cult. e Ext. USP, São Paulo, n. 11, p.39-47, maio 2014





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   13


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal