Pnld2021 Humanitasdoc vainfas V3 001a256 pr 001. pdf


O P R O C E S S O D E U R B A N I Z A Ç Ã O N O



Baixar 50.75 Mb.
Pdf preview
Página99/334
Encontro11.07.2022
Tamanho50.75 Mb.
#24207
1   ...   95   96   97   98   99   100   101   102   ...   334
Humanitas.doc - Volume 3
O P R O C E S S O D E U R B A N I Z A Ç Ã O N O 
M U N D O E N O B R A S I L : T E N D Ê N C I A S
No decorrer do século XX, as indústrias começa-
ram a se dispersar para áreas mais distantes das 
grandes cidades, mediante diminuição e isenção de 
impostos municipais, fixando-se próximo a grandes 
eixos rodoviários para facilitar a circulação de mer-
cadorias. Nas últimas décadas desse século, o setor 
terciário ganhou força e passou a dominar grande 
parte da economia urbana, com a instalação das 
sedes de grandes multinacionais. As cidades torna-
ram-se centros de gestão da economia mundial.
No entanto, em alguns países em desenvolvimen-
to e com industrialização ainda incipiente, boa parte 
deles localizados no continente africano, a urbani-
zação ainda está em fase inicial. A África enfrentará 
nas próximas décadas um amplo processo de urba-
nização. O aumento da população urbana exigirá dos 
países africanos um grande esforço para tornar os 
equipamentos urbanos acessíveis aos seus habitan-
tes e, ao mesmo tempo, fazer com que as cidades 
sejam atrativas para investidores.
De acordo com dados do Banco Mundial, a ur-
banização na África tem ocorrido com um aumento 
menor da renda em comparação com outras regiões 
do mundo que também se encontram em vias de de-
senvolvimento. Nas cidades africanas, os custos com 
habitação são extremamente elevados: em Abidjan, 
na Costa do Marfim, aproximadamente 50% dos ha-
bitantes dividem o quarto com outras duas pessoas
e em Lagos, na Nigéria, dois terços dos habitantes 
residem em favelas.
O Banco Mundial estima que, até 2025, 178 milhões de africanos passarão a residir em cidades. O aumento da população urbana 
demandará amplos investimentos em infraestrutura e reformas no mercado de propriedades e terras. Nairóbi, Quênia, foto de 2018.
No Brasil, a industrialização se intensificou a partir 
da década de 1930, e somente a partir da segunda me-
tade da década de 1950 o setor industrial passou a ser 
o principal gerador de riquezas no país. O crescimen-
to industrial, somado às dificuldades do meio rural
fez com que boa parte da população migrasse para 
as áreas urbanas em busca de emprego e melhores 
condições de vida. De acordo com dados do IBGE, em 
1940, o Brasil possuía apenas 1 574 municípios; esse 
número chegou a 3 952 em 1970, década na qual o 
percentual de população vivendo em áreas urbanas 
superou o de população vivendo em áreas rurais.
Simon Maina/AFP
71
V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_Cap3_058a081_LA.indd 71
9/27/20 12:59 PM



Baixar 50.75 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   95   96   97   98   99   100   101   102   ...   334




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal