Pnld2021 Humanitasdoc vainfas V3 001a256 pr 001. pdf


B R A S I L : R E G I Ã O D E I N F L U Ê N C I A D A S C I D A D E S ( 2 0 1 8 )



Baixar 50.75 Mb.
Pdf preview
Página96/334
Encontro11.07.2022
Tamanho50.75 Mb.
#24207
1   ...   92   93   94   95   96   97   98   99   ...   334
Humanitas.doc - Volume 3
B R A S I L : R E G I Ã O D E I N F L U Ê N C I A D A S C I D A D E S ( 2 0 1 8 )
OCEANO
PACÍFICO
OCEANO
ATLÂNTICO
Equador

50° O
T

p
ic
o de
Ca
pri

rn
i
o
Hierarquia dos centros urbanos
Grande metrópole nacional
Metrópole nacional
Metrópole
Capital regional A
Capital regional B
Capital regional C
Manaus
Belém
Fortaleza
Recife
Salvador
Belo Horizonte
Rio de Janeiro
São Paulo
Curitiba
Porto Alegre
Goiânia
Brasília
Florianópolis
Vitória
Campinas
Regi›es de influ•ncia
Boa Vista
Manaus
Porto
Velho
Rio
Branco
Belém
Macapá
São Luís
Fortaleza
Teresina
Cuiabá
Campo
Grande
Natal
João
Pessoa
Recife
Maceió
Aracaju
Salvador
Vitória
Rio de Janeiro
São Paulo
Curitiba
Florianópolis
Porto Alegre
Belo
Horizonte
Goiânia
Brasília
Palmas
0
395
km
Fonte: Elaborado com 
base em IBGE. Região de 
infl uência das cidades. 
Rio de Janeiro: IBGE, 
2018. p. 12. Disponível 
em: https://biblioteca.ibge.
gov.br/visualizacao/livros/
liv101728.pdf. Acesso em: 
30 jul. 2020.
P
or
tal de Mapas/Arqui
v
o da editora
67
V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_Cap3_058a081_LA.indd 67
9/27/20 12:59 PM


A charge de Marcos Muller faz uma 
crítica à segregação social imposta pelos 
shoppings, que cerceiam a liberdade de 
alguns indivíduos, identificados pela cor 
da pele, vestimenta, etc. Nas décadas 
de 2000 e 2010, o poder aquisitivo de 
parcela considerável da população 
brasileira aumentou, possibilitando o 
acesso a esses espaços por pessoas 
antes excluídas – a chamada "nova 
classe média".
QUESTÕES EM
FOCO
O urbano sob outros olhares
O modo de vida urbano cria valores e modelos de comportamento tidos como inovadores. No urbano, as cul-
turas de massa e o estímulo ao consumo se expandem, com consequências econômicas e socioambientais. Para 
além da sua materialidade, o urbano congrega uma série de simbologias, relações e processos, objetos de investi-
gação da Antropologia e da Sociologia. Dessa maneira, as cidades são um campo fértil para as investigações sobre 
a vida social, utilizando-se o conceito de urbanismo como modo de vida. 
As desigualdades presentes nos espaços urbanos favorecem a criação de múltiplos estilos de vida, marca-
dos pelas relações de sociabilidade e territorialização que os indivíduos desenvolvem entre si e com o meio. 
A partir do trabalho do sociólogo alemão Georg Simmel (1858-1918), no início do século XX, ressaltam-se 
alguns aspectos da vida urbana e das relações nela presentes: impessoalidade, anonimato, diversidade, 
competição individualista e enfraquecimento dos laços familiares. Essas particularidades possibilitam pro-
por uma concepção de cultura urbana.
A diversidade observada nas características dos indivíduos, em seus estilos de vida e na fragmentação do 
espaço urbano levou alguns autores da primeira metade do século XX a afirmar que as cidades carregam mar-
cas que representam desorganização social. Essa pretensa desorganização se manifestaria em grupos social-
mente marginalizados, dentre eles prostitutas, moradores de rua, imigrantes e os residentes das periferias das 
cidades. Enquanto alguns viam nesses grupos fatores potenciais de desequilíbrio social, outros identificavam 
"regiões morais" no tecido urbano, às quais esses grupos se confinavam. Essa percepção rígida passou a ser 
questionada com o tempo, na medida em que as pesquisas avançaram em compreender as relações entre os 
diferentes grupos sociais. Principalmente a partir da década de 1980, esses grupos passaram a ocupar mais 
espaço na arena política, buscando a ampliação de sua cidadania.
A presença de múltiplos agentes no espaço urbano, cada qual com seus interesses, faz dessa área um 
território em constante disputa. Como produto do sistema capitalista, o solo urbano é uma mercadoria que 
nem todos têm o poder de possuir e acessar. Consequentemente, a segregação socioespacial é fenômeno 
frequente nas cidades. 

Com base na leitura do texto, na análise crítica da charge e nos conhecimentos construídos ao longo de sua 
formação, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema “Cultura de massa e segregação socio-
espacial nas cidades”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, 
organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para a defesa de seu ponto de vista.
Marcos Muller/Acerv
o do car
tunist
68
V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_Cap3_058a081_LA.indd 68
9/27/20 12:59 PM



Baixar 50.75 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   92   93   94   95   96   97   98   99   ...   334




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal