Pnld2021 Humanitasdoc vainfas V3 001a256 pr 001. pdf



Baixar 50.75 Mb.
Pdf preview
Página75/334
Encontro11.07.2022
Tamanho50.75 Mb.
#24207
1   ...   71   72   73   74   75   76   77   78   ...   334
Humanitas.doc - Volume 3
soberania alimentar
das populações. 
A disseminação de pólen desse tipo de planta pode contaminar cultivos feitos 
em bases ecologicamente sustentáveis, descaracterizando produtos de origem 
agroecológica. Além de diminuir a diversidade natural de espécies, esse é um 
risco que limita a oferta de espécies e alimentos ao consumidor. 
P E Q U E N A S E M É D I A S 
P R O P R I E D A D E S N O B R A S I L
As pequenas e as médias propriedades rurais no Brasil são diversas em rela-
ção ao uso e à ocupação. Nelas se realizam desde atividades ligadas a pequenas 
empresas rurais e à policultura (quando vários produtos são cultivados no mesmo 
terreno), até serviços como o turismo. 
Essas diferentes unidades produtivas são propriedade de pequenos empresá-
rios e, principalmente, de produtores familiares. A agricultura que desenvolvem 
pode ser patronal, envolvendo trabalhadores assalariados, entre outras formas 
de contrato, ou familiar, quando o núcleo familiar e pessoas com relações de 
parentesco constituem mão de obra para a produção. 
Além disso, sua diversidade se expressa nas técnicas que usam e nos destinos 
dados à sua produção. Observamos, portanto, desde áreas de média e pequena 
propriedade que incorporaram modernas técnicas agrícolas até as que lançam 
mão de técnicas rústicas. As lógicas associadas a essas situações vão da lógica 
do mercado, tipicamente capitalista e ligada ao agronegócios, até as voltadas ao 
autoconsumo e que desenvolvem relação íntima e sustentável com as dinâmicas 
da natureza. 
As pequenas e as médias propriedades brasileiras são responsáveis por abas-
tecer o mercado interno com produtos que a população utiliza na sua alimenta-
ção diária. São elas que mais praticam a policultura. 
soberania alimentar
direito dos povos em 
definir as suas próprias 
estratégias sustentáveis 
de produção, distribuição 
e consumo de alimentos, 
que garantam o direito 
à alimentação a toda a 
população, com base 
na pequena e média 
produção, respeitando 
suas próprias culturas e 
a diversidade dos modos 
camponeses de produção, 
de comercialização e de 
gestão.
51
V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_Cap2_036a057_LA.indd 51
9/27/20 12:58 PM


A agricultura familiar responde por quase 50% 
do café e da banana produzidos, 80% da produção 
de mandioca, 42% da produção de feijão, entre 
tantos outros alimentos, segundo o Censo de 2017. 
A produção chega ao montante de 107 bilhões de 
reais ao ano. Além das riquezas econômicas que 
gera, essa atividade tem importância na preser-
vação ambiental, pois muitas técnicas utilizadas 
nas pequenas propriedades são menos nocivas às 
áreas de mananciais, rios e florestas. Contudo, é 
preciso considerar que atividades desenvolvidas 
em pequenas propriedades rurais também podem 
afetar o ambiente, ainda que em menor escala. A 
coleta de madeira para utilização como lenha ou 
construção (de móveis, cercas, casas, espaços 
para criação de animais), as queimadas para o 
preparo do solo e o uso de agrotóxicos estão entre 
as práticas danosas ao ambiente que ocorrem nas 
pequenas propriedades.

Baixar 50.75 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   71   72   73   74   75   76   77   78   ...   334




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal