Pnld2021 Humanitasdoc vainfas V3 001a256 pr 001. pdf


ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS |



Baixar 50.75 Mb.
Pdf preview
Página332/334
Encontro11.07.2022
Tamanho50.75 Mb.
#24207
1   ...   326   327   328   329   330   331   332   333   334
Humanitas.doc - Volume 3
ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS |
255
Mão na massa 
p. 155
Um planejamento meticuloso é fundamental para 
a boa execução do projeto. Os grupos estarão traba-
lhando, de certo modo, articulados uns aos outros, en-
tão é importante que caminhem lado a lado. Além dis-
so, suas tarefas envolverão diferentes pessoas e 
instituições, abastecimento de materiais, entre outros 
passos que exigem cuidado para evitar problemas no 
decorrer da execução. Portanto, não economize no tem-
po indicado para o planejamento e faça uma revisão 
cuidadosa do planejamento feito por todos os grupos, 
buscando sugerir ajustes e, quando necessário, consul-
tando a direção e a coordenação pedagógica.
Recorra aos professores de Ciências da Natureza e suas 
Tecnologias para o suporte teórico e, eventualmente, prá-
tico do planejamento e da efetivação das ações.
Avalie 
p. 155
1. Resposta pessoal. Caso alguma dificuldade não tenha sido 
superada, dê assistência ao grupo para evitar que o problema 
se avolume em etapas posteriores.
2. Resposta pessoal. Se houver atrasos nos cronogramas, veri-
fique os motivos e de que maneira é possível compensar o 
tempo em outra etapa ou prorrogar a consecução do conjun-
to das etapas, conforme o caso.
Etapa 4 – Efetivação do projeto 
p. 156
Sua assistência às dúvidas e a possíveis problemas nos 
projetos é fundamental, em especial no contato com ins-
tituições (ONGs, faculdades, prefeitura) e projetos de ex-
tensão. Também é sua a responsabilidade pela mediação 
com a direção da escola para assegurar a melhor imple-
mentação possível das intervenções. 
Na avaliação do relatório dos grupos, verifique se eles 
embasaram consistentemente a necessidade da ação pro-
posta e se a ação implementada está efetivamente de 
acordo com o planejado. Para apoio aos estudantes com 
o roteiro do vídeo, recorra aos professores de Linguagens 
e suas Tecnologias. Se considerar conveniente, os estu-
dantes podem fazer um roteiro preliminar e apresentá-lo 
a um membro da comunidade escolar, a fim de identifi-
car pontos a corrigir ou aprimorar no roteiro final.
Mão na massa 
p. 156
Resposta pessoal.
Os estudantes devem ter consciência de que a imple-
mentação dessas ações na escola são atos políticos, que 
integram a construção de sua própria cidadania e estimu-
lam a de toda a comunidade escolar. É importante que 
percebam também que seus atos não estão desconecta-
dos das estruturas políticas brasileira e mundial. Este é o 
momento ideal para discutir questões ambientais de 
grande importância no país, como a preservação da Ama-
zônia e dos demais biomas, a demarcação de terras indí-
genas e quilombolas e de áreas de preservação ambiental, 
a importância de legislações ambientais, os motivos para 
o descumprimento delas, etc., além de apresentar dados 
sobre a participação das indústrias, empresas de explora-
ção de minérios e atividades agropecuárias na poluição 
ambiental e no consumo de recursos naturais. 
É também uma oportunidade de trabalhar a dispari-
dade de consumo de recursos naturais entre países de-
senvolvidos e em desenvolvimento. Entender o peso dos 
padrões de consumo para o ambiente, bem como as pos-
sibilidades de reduzi-lo, é importante para analisar a via-
bilidade de práticas sustentáveis que andem de mãos da-
das com a garantia de bem-estar para todos.
Avalie 
p. 156
• Resposta pessoal.
Etapa 5 – Avaliação dos 
resultados 
p. 156
Caso a entrevista coletiva ocorra em um local com 
barulho, o registro deve ser feito por anotações, pois seria 
inviável escutar a gravação posteriormente. Sugira, por 
exemplo, que três estudantes façam anotações; um fique 
responsável por anotar as falas de funcionários; outro, 
responsável por anotar as falas da direção e da coorde-
nação da escola; e outro, pela fala dos estudantes.
Se julgar que determinadas medidas implementadas 
exigem maior tempo para um retorno satisfatório, você 
pode estender o intervalo sugerido para a realização da 
entrevista.
Mão na massa 
p. 156
1. Caso os estudantes precisem de auxílio na elaboração das 
perguntas, seguem alguns exemplos que podem ser utilizados:
• 
O que no funcionamento dos projetos implementados 
pode ser melhorado?
• 
Quais foram as diferenças percebidas no cotidiano da es-
cola depois da implementação do projeto?
• 
Como ele impactou os hábitos da comunidade escolar? 
• 
Quais foram as mudanças principais sobre o conhecimen-
to em relação ao meio ambiente e desenvolvimento sus-
tentável, antes e depois do projeto?
2. Verifique se os estudantes organizaram o relatório em con-
formidade com a estrutura proposta e as respostas aferidas na 
entrevista. Antes da escrita, oriente-os também a não identi-
ficar os respondentes pelo nome, procedimento frequente em 
pesquisas científicas.
Avalie 
p. 157
1. Resposta pessoal.
P4_V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_MP_193a256.indd 255
29/09/2020 19:44


256
2. Resposta pessoal, mas se espera uma resposta afirmativa à 
primeira parte da questão. Se for afirmativa, verifique a viabi-
lidade da proposta. Caso seja negativa, avalie a argumentação 
dada.
Etapa 6 – Produção do vídeo 
p. 157
Outra opção que pode ser usada gratuitamente, em 
versão de teste, é o Movavi, um editor de vídeo para ini-
ciantes que oferece diversos efeitos (disponível em: www.
movavi.com/pt/videoeditor; acesso em: 31 ago. 2020).
Mão na massa 
p. 157
• 
Recorra ao auxílio dos professores de Linguagens e suas 
Tecnologias para orientar os estudantes nesta etapa.
Avalie 
p. 157
1. Resposta pessoal.
2. Resposta pessoal.
Conclusão 
p. 157
Oriente os estudantes na criação do canal de vídeos, no 
upload dos vídeos e na organização das informações neces-
sárias. A internet é uma ferramenta poderosa de divulgação, 
podendo inspirar outras pessoas a tomar a iniciativa na im-
plantação de práticas sustentáveis em sua comunidade. 
Caso haja dificuldades em acesso aos recursos neces-
sários para filmagem e edição, os estudantes podem fazer 
a divulgação dos resultados a partir de cartazes com fo-
tos, colagens, informações e reflexões sobre o processo 
de trabalho, além de divulgar imagens nas redes sociais.
Avaliação final 
p. 157
1-5. Respostas pessoais.
O projeto apresentado é um experimento, com aplica-
ção resultante de pesquisa e observação. Os estudantes 
não devem enxergar como fracasso algum projeto que não 
tenha alcançado os objetivos. É preciso explicar que erros 
fazem parte do processo científico e da própria vida. O im-
portante é ressaltar que este foi um projeto pioneiro na 
escola e que o registro do processo vai ajudar outros gru-
pos a rever ações para aperfeiçoá-las ou mesmo terminar 
um projeto que não foi finalizado nesta primeira tentativa.
Também é preciso estabelecer um local de consulta 
dos relatórios para turmas que venham dar continuidade 
a esses trabalhos nos próximos anos. Os conselhos de 
classe são uma instância importante para organizar o mo-
nitoramento das ações ecológicas iniciadas.
Quanto às questões propostas, espera-se que elas 
deem um retorno a respeito da possibilidade de construir 
ações coletivas na escola e de mobilizar os estudantes pa-
ra o engajamento com as questões da comunidade 
escolar e da sociedade como um todo. As respostas ser-
vem não apenas ao próprio estudante, mas também ao 
professor como referência para aprimoramentos na con-
dução dos projetos junto a turmas posteriores.

Baixar 50.75 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   326   327   328   329   330   331   332   333   334




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal