Pnld2021 Humanitasdoc vainfas V3 001a256 pr 001. pdf



Baixar 50.75 Mb.
Pdf preview
Página256/334
Encontro11.07.2022
Tamanho50.75 Mb.
#24207
1   ...   252   253   254   255   256   257   258   259   ...   334
Humanitas.doc - Volume 3
Professor indicado: História ou Filosofia 
O tópico aborda questões sobre o que é humano e o 
que diferencia o ser humano dos demais seres vivos, tra-
tando da teoria do filósofo alemão Immanuel Kant (1724- 
-1804) sobre a razão humana. Mencione à turma que Kant, 
ao operar uma grande síntese da filosofia moderna entre 
as maiores correntes filosóficas do período, racionalismo 
e empirismo, expressa o ardor e o sucesso científico em se 
apossar da natureza, que terminou com a fusão entre co-
nhecer a natureza e a dominar:
A razão tem de dirigir-se à natureza com seus princípios 
numa mão, os únicos sob os quais os fenômenos coincidentes 
podem valer como leis, e com o experimento que concebeu a 
partir deles na outra; e isso para de fato aprender com ela, mas 
não na qualidade de um aluno que recita tudo o que o profes-
sor quer, e sim na de um juiz constituído que força as teste-
munhas a responder às perguntas que lhes faz. E, assim, até 
mesmo a física, no que diz respeito à tão frutífera revolução 
no seu modo de pensar, tem de agradecer unicamente à cir-
cunstância de procurar (não imputar) na natureza aquilo que 
P4_V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_MP_193a256.indd 196
29/09/2020 19:44


ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS |
197
a própria razão nela introduziu, para assim aprender com es-
ta algo que não aprenderia por si mesma. 
KANT, Immanuel. Prefácio à segunda edição. Crítica da razão pura
Tradução e notas de Fernando Costa Mattos. Petrópolis, RJ: Vozes; 
Bragança Paulista, SP: Editora Universitária São Francisco, 2015.
A ciência pela filosofia de Kant se torna patentemen-
te ativa diante da natureza, e não mais passiva como se 
pensara por muitos séculos, desde a invenção da filosofia. 
O tópico permite aos estudantes compreender como o 
progresso humano e científico se configurou contra a na-
tureza e o meio ambiente, dando margens à exploração 
desenfreada e irracional dos recursos naturais do planeta.
Desse modo, é trabalhada nesse tópico – e em todo 
o capítulo – uma das categorias da área de Ciências Hu-
manas e Sociais Aplicadas, “Indivíduo, Natureza, Socieda-
de, Cultura e Ética”, bem como os TCTs “Ciência e Tecno-
logia” e “Meio Ambiente – Educação Ambiental”. Também 
são desenvolvidas as habilidades EM13CHS101, 
EM13CHS102 e EM13CHS203, por meio da compreensão 
de ideias filosóficas e da análise de processos históricos, 
culturais e ambientais; da discussão sobre a ciência mo-
derna; e da problematização da ideia de civilização e das 
consequências desastrosas do progresso científico para o 
meio ambiente.
O tópico permite, ainda, a consolidação dos conhe-
cimentos adquiridos durante o Ensino Fundamental – 
Anos Finais com a retomada de conteúdos e conceitos 
do componente curricular História abordados no 8º ano, 
e estabelece um diálogo com a Sociologia, articulando 
conceitos como desenvolvimento e racionalidade.
Ao iniciar o trabalho com o tópico, de modo a situar 
os estudantes, retome o contexto da Revolução Industrial 
e como esse fenômeno estimulou ainda mais o progres-
so científico e o domínio da natureza – discussão que 
pode ser desenvolvida tanto pelo professor de História 
como pelo de Sociologia.
É possível estabelecer uma conexão com fatos con-
temporâneos ao debater como se comporta a ciência ho-
je em relação à natureza. Pode-se perguntar aos estudan-
tes se já ouviram falar de precauções tomadas por 
cientistas ou pesquisadores quanto às consequências pa-
ra o meio ambiente. Também pode ser interessante pedir 
aos estudantes que busquem alguma notícia que relate 
uma pesquisa científica que agiu para diminuir os danos 
ao meio ambiente. Depois, pode-se fazer um debate so-
bre as notícias encontradas e discutir qual a relevância 
dessas ações para a preservação da natureza.
Mito, religião e mundo físico 
p. 21

Baixar 50.75 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   252   253   254   255   256   257   258   259   ...   334




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal