Pnld2021 Humanitasdoc vainfas V3 001a256 pr 001. pdf


  Quais relações podem ser estabelecidas entre o gráfico e o texto?  2



Baixar 50.75 Mb.
Pdf preview
Página103/334
Encontro11.07.2022
Tamanho50.75 Mb.
#24207
1   ...   99   100   101   102   103   104   105   106   ...   334
Humanitas.doc - Volume 3
 1 
Quais relações podem ser estabelecidas entre o gráfico e o texto?
 2 
Segundo o texto, quais são os aspectos positivos e os negativos que a urbanização pode trazer?
 3 
Faça um mapa-síntese com os dados sobre o crescimento da população urbana apresentados no texto.
P O P U L A Ç Ã O R U R A L E U R B A N A M U N D I A L ( 1 9 5 0 - 2 0 5 0 * )
Fonte: Elaborado com base em UNITED NATIONS. Department of Economic and Social Affairs. 
World urbanization prospects: highlights. New York: United Nations, 2014. p. 7. Disponível em: 
https://population.un.org/wup/Publications/Files/WUP2014-Highlights.pdf. Acesso em: 30 jul. 2020.
* Projeção.
7000
1950 1955 1950 1955 1970 1975 1980 1985 1990 1995 2000 20
05
2010 201
5
2020
2025 2030 2035 2040 2045 2050
6000
5000
4000
3000
2000
1000
0
Urbana
Rural
População (em milhões)
Ano
Banco de imagens/Arqui
v
o da editora
74
V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_Cap3_058a081_LA.indd 74
9/27/20 12:59 PM


Desigualdade socioespacial na cidade de Recife (PE), com o contraste entre casas simples no 
bairro de Brasília Teimosa e edifícios de luxo no Pina e em Boa Viagem, ao fundo. Foto de 2019.
C I D A D E E J U S T I Ç A 
S O C I O A M B I E N TA L
O acesso aos equipamentos que compõem a infraestrutura urbana das cida-
des, como hospitais, áreas de lazer e redes de saneamento, não se dá de forma 
homogênea. Em países em desenvolvimento, os investimentos públicos são con-
centrados em algumas áreas, deixando boa parte da população sem acesso aos 
serviços mais básicos, como água tratada e coleta de lixo. Tais desigualdades 
criam verdadeiros abismos entre as diferentes áreas de uma cidade, o que se 
reflete na qualidade e na expectativa de vida da população.
Na cidade de São Paulo, por exemplo, de acordo com o Mapa da desigualdade 
2018, elaborado pela Rede Nossa São Paulo, vivia-se em média 70 anos. Todavia, 
enquanto um morador do bairro Jardim Paulista (zona nobre da cidade) morria, 
em média, aos 81 anos, os residentes de Cidade Tiradentes (localizada na pe-
riferia da cidade) viviam em média até os 58 anos. Essa diferença é reflexo das 
condições desiguais de acesso aos direitos básicos de cidadania, como saúde, 
educação e segurança. 
Nas cidades, o poder econômico dos indivíduos é o que lhes garante melhor 
acesso à infraestrutura urbana, seja de forma privada, seja usufruindo do in-
vestimento público em áreas privilegiadas, nas quais o solo urbano é mais caro. 
Às vezes, áreas de alto padrão dividem espaço com ocupações irregulares, ilus-
trando de forma clara a ampla segregação socioespacial que existe nas grandes 
cidades. Aqueles que não conseguem se inserir nas áreas formais da cidade são 
obrigados a viver em áreas de risco.
POLUIÇÃO e falta de 
saneamento matam
1,7 milhão de crianças 
por ano, diz OMS. Nações 
Unidas Brasil, 6 mar. 2017. 
Disponível em: https://
nacoesunidas.org/poluicao-
e-falta-de-saneamento-
matam-17-milhao-de-
criancas-por-ano-diz-oms/. 
Acesso em: 31 jul. 2020.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que a poluição e a falta de 
saneamento matam 1,7 milhão de crianças por ano, em função das condições 
insalubres em que vivem. As principais causas de morte são diarreia, malária e 
pneumonia, doenças que poderiam ser evitadas com intervenções nos espaços 
onde as crianças circulam. Como medidas para reduzir o problema, a OMS reco-
menda a melhoria das condições de habitação da população, investimentos em 
saúde e higiene nas escolas, assim como a construção de políticas públicas de 
planejamento urbano.
Ricardo T
eles/P
ulsar 
Imagens
Idade média ao morrer 
e expectativa de vida 
não são sinônimos. 
A expectativa de vida 
é a estimativa de 
quantos anos uma 
pessoa nascida no 
ano de referência da 
pesquisa vai viver em 
média, caso não haja 
mudança significativa 
nas condições de vida. 
Segundo o Censo 2010, 
a expectativa de vida de 
quem nascia em São 
Paulo (SP) naquele ano 
era de 76 anos. Já a 
idade média ao morrer
é calculada com base 
nos óbitos do ano
de referência. 
OBSERVE QUE ...
75
V3_CIE_HUM_Vainfas_g21Sa_Cap3_058a081_LA.indd 75
9/27/20 12:59 PM



Baixar 50.75 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   99   100   101   102   103   104   105   106   ...   334




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal