Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação



Baixar 4.71 Mb.
Pdf preview
Página335/353
Encontro16.07.2022
Tamanho4.71 Mb.
#24280
1   ...   331   332   333   334   335   336   337   338   ...   353
Arte - Volume único
mo socioambiental
. Na década de 1970, os jovens 
perceberam a força de transformação social e políti-
ca da cultura. Os artistas se viram impelidos a lutar 
por questões políticas e ambientais. O tema aparece 
em vários pontos do capítulo. O ativismo do grupo 
francês Grapus é mostrado logo na primeira imagem 
com a frase de Bertold Brecht “O prazer que os ho-
mens têm com a arte é o prazer que eles têm com a 
vida”. O tema aparece em muitos trabalhos que fi-
guram no capítulo mas, sobretudo, nos trabalhos de 
artistas ativistas como a performance de Yoko Ono
Pedaço para cortar
, que lida com o papel da mulher 
na sociedade; a performance Eu gosto da América 
e a América gosta de mim
, de Joseph Beuys, que 
revela a força cultural das populações indígenas; a 
anarquitetura de Gordon Matta-Clark, que aponta 
para a lógica perversa da especulação imobiliária. 
também são trabalhos políticos os dos brasileiros 
Cildo Meireles, inserções em circuitos ideológicos, 
em que o artista insere mensagens políticas como 
Yanks go home
em objetos circulantes do sistema 
capitalista como notas de dinheiro e garrafas de re-
frigerante; a arte postal de Paulo Bruscky e a atu-
ação do Ballet Stagium na década de 1970. O boxe 
de Temas interdisciplinares Arte e Antropolo-
gia – Olhando para nossa terra
, também aborda 
este tema ao apresentar a preocupação de artistas 
e intelectuais com as populações indígenas no Bra-
sil e a preservação das nossas florestas. No boxe de 
Teatro no Brasil – O teatro dos anos de chum-
bo
, o tema é abordado e é dado o exemplo do grupo 
Teatro União e Olho Vivo
, que vem apresentando 
trabalho teatral e promovendo debates em espaços 
populares desde a década de 1970. também na se-
ção Pesquisa – dança contemporânea é sugerido 
ao professor mostrar algumas performances e con-
versar sobre a força política que estas podem ter. Na 
seção Pesquisa 2 – a arte política do corpo, os 
alunos são levados a assistir a mais performances e 
flash mobs 
e pensar sobre a arte política do corpo.
leiturA dAs imAgens
Professor, para marcar as características da arte 
como forma de protesto, compare quatro trabalhos 
apresentados no capítulo nas páginas 344, 346 e 349.
Joseph Beuys, Coyote: I like America and America Like me, 1974.
Performance
Alemanha/EUA
Foco na linguagem 
Documentação de algo transitório
O artista é a obra
Crítica à sociedade
Chamar a atenção para populações tradicionais e a 
natureza 
Cindy Sherman, still de filme sem título. 1978. 
Fotografia
EUA
Foco na linguagem
Documentação de algo transitório
O artista é a obra
Crítica à cultura
Chamar a atenção para o poder do cinema no 
comportamento social 
Caroline 
T
isdall/Galeria R
ené Bloc
k, No
va 
Y
ork, EUA.
Cindy Sherman/Galeria Metro, 
No
va Y
ork, 
EUA.
Arte_vu_PNLD2015_MP_094a112.indd 97
6/24/13 1:07 PM


98
Boxe de cinemA

Baixar 4.71 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   331   332   333   334   335   336   337   338   ...   353




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal