Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação


Cavernas de Ajanta, séculos II a.C.-VII a.C., Índia



Baixar 4.71 Mb.
Pdf preview
Página31/353
Encontro16.07.2022
Tamanho4.71 Mb.
#24280
1   ...   27   28   29   30   31   32   33   34   ...   353
Arte - Volume único
Cavernas de Ajanta, séculos II a.C.-VII a.C., Índia.
Teolin/Shutterstock/Glow Images
Roman Soumar/Corbis/Latinstock
A rigidez solene do 
faraó, reproduzida em 
estátuas de pedra.
Península Indiana na Antiguidade 
Rio Brahmap
utra
Mar
Arábico
OCEANO
ÍNDICO
Rio Gang
e s
Rio Gang
e s
 
 
H
I
M
A L A I A
Mohenjo-Daro
Mohenjo-Daro
Harappa
Harappa
Sanchi
Sanchi
Sarnath
Sarnath
Rio Indo
Rio Indo
Rio Indo
Rio Narm
ada
Rio Narm
ada
Rio Godavari
Rio Godavari
T
r
ó
p
ico
de
Câncer
arianos
G
o
lfo
P
ér
sic
o
Influência da civilização de Harappa
Limite aproximado da civilização
do Indo (3000 a.C.-1750 a.C.)
Invasão de arianos (c. 1750 a.C.)
Império Máuria em 265 a.C.
60º L
km 
0
440
322 a.C.-185 a.C.
Império Maúria
Cenário histórico
Uma civilização que construiu grandes cida-
des desenvolveu-se no noroeste da península 
Indiana, na região do vale do rio Indo. Essa cultura, 
que teve seu auge em 2500 a.C., entrou em deca-
dência cerca de 700 anos depois. 
Por volta de 1700 a.C., estabeleceram-se 
nessa região os povos arianos, provenientes da 
Ásia central. Em seu novo território, deram ori-
gem à cultura védica, que em alguns aspectos 
da vida cotidiana permanece entre os indianos 
até os dias de hoje. 
O primeiro grande império indiano se esta-
beleceu no norte da península e sua época ficou 
conhecida como período Máuria. Nos últimos dois 
mil anos, muitos povos – entre eles os persas, os 
gregos, os muçulmanos, os portu-
gueses e os ingleses – invadiram 
e dominaram diferentes regiões 
do fértil território indiano, banhado
por vários rios. Isso se reflete na 
grande diversidade dessa cultura.
Santuários escavados nas rochas.
Adaptado de: 
Atlas of World History. London: Dorling Kindersley, 2005.
Allmaps/Arqui
v
o da editora
Arte_vu_PNLD2015_U1C4_050a061.indd 51
6/17/13 10:13 AM


52
A civilização do 
vale do Indo
A mais antiga civilização do sul da Ásia sur-
giu onde hoje é o Paquistão e ficou conhecida 
como civilização do vale do rio Indo. Grandes ci-
dades floresceram entre c. 3000 a.C. e 1750 a.C., 
mesma época das primeiras cidades-Estado da 
Mesopotâmia e do Antigo Império Egípcio.
As escavações, iniciadas em 1920, já revelaram cinco gran-
des áreas urbanas, incluindo as cidades de Harappa e Mohen-
jo-Daro, nas quais se observam planejamento e técnicas cons-
trutivas semelhantes, sugerindo uma única cultura.
Em Mohenjo-Daro, a cidade 
mais bem preservada, não há 
vestígios de templos ou palá-
cios. Existe apenas uma área 
central elevada e cercada por 
um muro de 15 metros de altu-
ra que pode ter sido ocupada 
por edifícios do governo. Mais 
abaixo organizava-se a cida-
de, em uma malha ortogonal 
formada por largas avenidas e 
ruas estreitas. Uma rede de ca-
nais distribuía a água captada 
da chuva e recolhia a água ser-
vida. As casas, de um ou dois 
andares e com pátios internos, 
tinham fundações feitas de ti-
jolos secos ao sol e as partes 
elevadas construídas com tijo-
los cozidos. Em seu apogeu
por volta de 2300 a.C.-2000 a.C.,
a população de Mohenjo-Daro 
pode ter chegado a quase 50 mil 
habitantes.
Os primeiros objetos encon-
trados dessa civilização foram 
selos de pedra quadrados que, 
como os selos cilíndricos meso-
potâmicos, serviam para impri-
mir marcas sobre argila.
Sítio arqueológico de Mohenjo-Daro, no atual Paquistão, 3000 a.C.-1750 a.C. Foto de 1989.
Na parte elevada da cidade de 

Baixar 4.71 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   27   28   29   30   31   32   33   34   ...   353




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal