Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação


Mesopotâmia costuma ser chamada de “berço da



Baixar 4.71 Mb.
Pdf preview
Página251/353
Encontro16.07.2022
Tamanho4.71 Mb.
#24280
1   ...   247   248   249   250   251   252   253   254   ...   353
Arte - Volume único
Mesopotâmia costuma ser chamada de “berço da 
civilização?
, destaque que, além da escrita, das 
grandes cidades, do uso de tijolos queimados para 
construir pirâmides e do calendário de uma semana 
inventados pelos sumérios, há o primeiro código de 
lei escrito pelos babilônios. Foi na Mesopotâmia que 
se usou a roda, o vidro e técnicas como a da irrigação.
ação – visuaLidade da paLavra
Professor, depois que a turma tiver feito o estu-
do em uma folha de caderno, distribua pedaços de 
mais ou menos um metro de papel kraft para cada 
aluno. Estimule a turma a não enfeitar demais o 
cartaz. O foco é o texto e a leitura. Letras grandes, 
gordas, geométricas, manuscritas, ornamentadas, a 
escolha deve ser pessoal. Se alguém borrar o tra-
balho e ficar insatisfeito, sugira que cubra o fundo 
com tinta branca de modo a apagar os traços inde-
sejados. Os alunos podem colar um pedaço de pa-
pel kraft sobre a área que está danificada. Só troque 
o papel em último caso. Pendure os cartazes numa 
parede ou muro da escola fazendo um mosaico de 
textos variados para que todos observem de longe. 
Lira de uma rainha, Ur.
Sumérios
Instrumento musical
Escultura em madeira
Cabeça de um touro
A imagem do animal associada à 
música
Touro alado do palácio de Sargão II.
Assírios
Portais de palácios
Escultura em pedra
Corpo de touro
A imagem do animal associada à 
proteção
Eric
h L
essing/Album/Latinstoc
k/Museu Britânico, L
ondres, Inglater
ra.
Gianni Dagli Or
ti/De 
Agostini/Get
ty Images/Museu do L
ouvre, P
aris, F
rança.
Arte_vu_PNLD2015_MP_001a37.indd 24
6/24/13 1:03 PM


manual do professor |
25
Questione: Quais os textos mais legíveis? Quais 
os mais chamativos? Em que textos os artifícios vi-
suais contribuíram para a composição?
Na área destinada ao registro da experiência, o 
aluno poderá fazer o primeiro estudo do texto es-
colhido.
sugestões de Leitura 
ANôNIMO. A Epopeia de Gilgamesh. São Paulo: Martins 
Fontes, 2011.
ARUZ, Joan (Ed.) Art of the First Cities: The Third Mil-
lennium B.C. from the Mediterranean to the Indus. The 
Metropolitan Museum of Art, New York, 2003.
CAMPANA, Michele. Tapetes orientais. São Paulo: Mar-
tins Fontes, 1991.
COOK, Michael. Uma breve história do homem. Rio de 
Janeiro: Jorge Zahar, 2005.
SALLES, Catherine. Larousse das civilizações antigas
São Paulo: Larousse, 2008.
3. Egito
Este capítulo aborda a civilização do Egito, que 
preservou durante quase 3 mil anos uma estrutura 
social e cultural relativamente coesa. Essa situação 
de permanência se deve em parte ao poder dos fa- 
raós, que unificavam o Estado e a religião, e também 
ao isolamento geográfico causado pelo deserto.
Os egípcios acreditavam que era possível a co-
municação com os mortos por meio da arte. A re-
presentação tinha um aspecto mágico, capaz de 
suscitar aquilo a que se referia. Os padrões rígidos 
de representação colaboravam para manutenção 
da ordem do universo.
Na abertura vemos as seguintes imagens: duas 
estátuas de pedra, uma ilustração e um amuleto. O 
professor pode interrogar a turma: O que essas ima-
gens podem nos dizer sobre o Egito antigo? O que 
elas representam? De que material foram feitos os 
objetos que elas representam? De que épocas elas 
são? Qual a finalidade desses objetos? Por quem 
eles foram feitos? O que há em comum entre eles? 
E o que os distingue? 
As frases nos ajudam a responder algumas 
dessas perguntas: elas falam da ordem do cosmo, 
da vida e da morte, de uma escrita sagrada e da ri-
gidez do faraó. As datas desses objetos variam en-
tre 2500 a.C. e 500 a.C. Três objetos são de pedra; o 
amuleto é vitrificado, o escriba é de calcário pinta-
do e o faraó e sua esposa são feitos de arenito preto.
Um dos objetos é um papiro, tipo de papel feito 
com uma planta característica do rio Nilo. O Cená­

Baixar 4.71 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   247   248   249   250   251   252   253   254   ...   353




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal