Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação



Baixar 87 Mb.
Pdf preview
Página21/353
Encontro16.07.2022
Tamanho87 Mb.
#24280
1   ...   17   18   19   20   21   22   23   24   ...   353
Arte - Volume único
Persépolis
com-
bina várias tradições culturais da época, especialmente dos egípcios e gregos. 
Aleksandar T
odoro
vic/Shut
ter
stoc
k/Glow 
Images
George Holton/Photo Researchers/Latinstock
Arte_vu_PNLD2015_U1C2_026a037.indd 34
6/17/13 10:12 AM


| CApÍtulo 2 | MESopotÂMIA |
35

Tapete do século V a.C. ou IV a.C., encontrado em Altai, sul da 


Rússia. Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia.
Como os tecidos e os tapetes se estragam com o uso, poucos exem-
plares anteriores ao século XV sobreviveram. O exemplar mais an-
tigo foi encontrado num sítio arqueológico no sul da Sibéria. Con-
gelado em um túmulo real e perfeitamente preservado, este tapete 
datado do século V a.C. tem um padrão típico da época do imperador 
persa Dario I.
Os tapetes orientais
Por volta de 3000 a.C., o tear já era usado nas cidades 
do Oriente. Mas é difícil saber com precisão quando fo-
ram feitos os primeiros tapetes. A técnica de tecer ta-
petes utilizando nós originou-se no Turcomenistão. 
Os turcomanos usavam tapetes não só para 
cobrir o chão mas também como camas, sofás e 
na entrada de suas tendas. Por serem facilmente 
transportados, os tapetes eram muito práticos no 
cotidiano desses pastores nômades. Os turcoma-
nos desenvolveram delicadas técnicas de tingimen-
to da lã e, em suas perambulações, disseminaram as 
técnicas de confecção por todo o Oriente. Foi na Pér-
sia, porém, que a tapeçaria alcançou os níveis mais altos 
de acabamento e criatividade de padrões, a tal ponto que, 
ainda hoje, todos os tapetes vindos do Oriente são chama-
dos de “tapetes persas”.
Durante a era maometana, seis séculos depois de Cristo
os árabes conquistaram a Pérsia e agregaram novos signi-
ficados simbólicos aos tapetes. Eles passaram a ser usados nos 
palácios e mesquitas não só como adorno
mas como um acessório imprescindível 
para as orações cotidianas.
Tapetes produzidos na China, no Irã e na 
região do Cáucaso apresentam padrões e 
cores diferentes. Cada grupo de artesãos se 
mantém fiel a suas tradições, de modo que 
quem sabe identificar os padrões, as cores 
e detalhes técnicos da confecção pode de-
cifrar a origem do tapete – e apontar falsi-
ficações.
Fine 
Ar
t/Other Images/Museu Hermitage, São P
eter
sburgo, Rússia.
Em fotografia de 1967, mulher tece um tapete 
em tear vertical no Turcomenistão.
Nazarov/RIA
Novo
sti/A
gên
cia F
ran
ce-P
res
se

Baixar 87 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   17   18   19   20   21   22   23   24   ...   353




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal