Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação


Aluisio Magalhães e Eugene Feldman, Doorway to Brasília, 1959



Baixar 4.71 Mb.
Pdf preview
Página169/353
Encontro16.07.2022
Tamanho4.71 Mb.
#24280
1   ...   165   166   167   168   169   170   171   172   ...   353
Arte - Volume único
Aluisio Magalhães e Eugene Feldman, Doorway to Brasília, 1959.
Reprodução/Acervo do artista, Rio de Janeiro, RJ.
César V
illela/Elenco/R
eprodução
Arte_vu_PNLD2015_U3C22_296a315.indd 297
6/17/13 11:30 AM


298
O estilo de vida 
norte-americano
Nos anos 1950 foi possível dar utilidade às inú-
meras tecnologias inventadas para a guerra, apli-
cando-as à vida cotidiana. A gravação por meio 
magnético, por exemplo, possibilitou registrar 
programas de televisão, que podiam veicular pro-
paganda e entretenimento.
O rádio tornou-se portátil, permitindo levar 
música, noticiário e propaganda a qualquer lugar. 
Esses meios de comunicação contribuíram para 
a difusão da cultura pop e do chamado american 
way of life
, o jeito americano de viver.
O grande desafio da economia estadunidense era 
colocar a capacidade industrial, que havia sido orga-
nizada para a guerra, a serviço da sociedade. Foi preci-
so adaptar a indústria bélica para produzir objetos de consumo e 
garantir que haveria demanda para essa produção. Como nos anos 
1950 a maioria dos lares norte-americanos já estava equipada com 
bens duráveis – geladeiras, fogões e, em muitos casos, automóveis –, 
era preciso fazer com que o consumidor trocasse seus aparelhos. 
Assim, a população passou a ser estimulada a substituir os objetos 
de tempos em tempos, fosse pela pouca durabilidade ou pelo mo-
dismo. Esse mecanismo recebeu o nome de “obsolescência pro-
gramada”.
Tal sistema aqueceu a economia e promoveu anos de prosperi-
dade, mas levou a sociedade a um consumismo desenfreado. No-
vos eletrodomésticos, como as lavadoras de louça, facilitavam 
as tarefas da dona de casa. A mobília se tornou mais leve, obede-
cendo às linhas simples do chamado “estilo internacional”, que 
consistia em simplificar os ob-
jetos até alcançarem uma for-
ma aparentemente definitiva. 
Televisor produzido na Inglaterra em 1950. 
Museu da Ciência, Londres.
No final da década de 1950, já havia 
nos Estados Unidos 50 milhões de 
televisores. Este modelo, fabricado 
na Inglaterra, é um dos mais interes-
santes objetos da época, quanto ao 
design.
Otto Storch (1913-1999). Páginas criadas 
em 1959 para revista feminina de grande 
popularidade nos Estados Unidos.
As revistas femininas tinham papel fun-
damental no estímulo ao consumo. Os di-
retores de arte revolucionaram a lingua-
gem gráfica, unindo a ideia de consumo 
às ideias de humor e descontração.
Ot
to Storc
h/Allen 
Arbus/McCall’
s Mag
azine
Diomedia/Museu da Ciência, L
ondres, Inglater
ra.
Arte_vu_PNLD2015_U3C22_296a315.indd 298
6/17/13 11:31 AM


| CApÍtulo 22 | os Anos CinquentA |
299
R
ober
t Burks/P
aramount/
Everet
t Collection/K
eystone
Harold Rosson/MGM/
The Kobal Collection/Other Images

Baixar 4.71 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   165   166   167   168   169   170   171   172   ...   353




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal