Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação


parte da sociedade: a prostituição



Baixar 4.71 Mb.
Pdf preview
Página136/353
Encontro16.07.2022
Tamanho4.71 Mb.
#24280
1   ...   132   133   134   135   136   137   138   139   ...   353
Arte - Volume único

parte da sociedade: a prostituição. 
R
eprodução/Museu Lasar S
eg
all/IBRAM-MinC São P
aulo, SP
.
R
eprodução/Biblioteca Nacional, Rio de J
aneiro, RJ
.
Anita Malfatti é sempre lembrada como protagonista de um epi-
sódio desencadeado pela crítica publicada por Monteiro Lobato 
num jornal paulista. Com o título “Paranoia ou mistificação?”, o 
escritor reconhecia o talento da artista, mas chamava seu trabalho 
de caricatura e acusava Anita de estar seduzida pela arte moderna. 
O fato fez com que intelectuais travassem publicamente uma 
frutífera discussão em torno da arte que se produzia naquele mo-
mento. Oswald de Andrade (1890-1954) e Mário de Andrade (1893- 
-1945) visitaram juntos a exposição. Oswald publicou uma respos-
ta a Monteiro Lobato defendendo as obras. A pintura de Anita Mal-
fatti, no entanto, deve ser vista como algo além desse episódio: 
uma afirmação do modernismo no Brasil.
O trabalho de Oswaldo Goeldi (1895-1961) tem raízes estéti-
cas vinculadas ao expressionismo alemão, não apenas pela temá-
tica, mas sobretudo pelo uso da xilografia, técnica que obriga a 
construir imagens em alto contraste. 
Filho do naturalista suíço Emílio Goeldi e sua esposa brasilei-
ra, Oswaldo Goeldi passou a infância em Belém, no Pará, depois 
mudou-se com a família para a Suíça. Em 1919, retornou ao Brasil, 
instalando-se no Rio de Janeiro. Goeldi encontrou na xilografia os 
efeitos visuais necessários para dar a seus trabalhos elementos 
como a penumbra, o drama e a reflexão sobre os indivíduos, a 
cidade e a vida. 
Oswaldo Goeldi, O ladrão, Xilogravura.
21,2 cm x 17,2 cm, cerca de 1955, Fundação 
Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro.
Nesta gravura, o traço incisivo de Goeldi é 
simples e econômico. O artista desenha o 
sentimento de seus personagens apenas com 
a luz. Em cenas comuns, criou um imaginário 
povoado de urubus, mendigos e subúrbios, 
testemunhando o lado duro da vida do povo 
brasileiro. 
Arte_vu_PNLD2015_U2C17_218a233.indd 231
6/17/13 11:07 AM


232
O que é possível expressar através da dança?
GLOBAL
Para conhecer a vida de Isadora Duncan assista ao filme: Isadora. Direção: Karel Reisz, 1968.
O filme mostra como a arte e a vida foram indissociáveis para esta artista norte-americana. 
Para assistir a um documentário sobre dança e conhecer de perto o trabalho de uma das maiores coreógrafas do 
mundo assista ao filme: Pina. Direção: Wim Wenders, 2012.
Pina Bausch, representante máxima da Dança Teatro alemã, movimento que teve origem na dança moderna, é tema 
deste documentário de Wim Wenders feito logo depois da morte da artista. 
Em um buscador de vídeos digite Isadora Duncan Dancers e assista a um vídeo com a recriação das peças de Isadora 
Duncan. Há apenas um breve registro dela própria em movimento. 
Digite le sacre du printemps em um buscador de vídeos e procure uma versão da coreografia de Nijisnki para a 
Sagração da Primavera, música de Stravinsky, peça que estreou em Paris em 1913.
Para conhecer a coreógrafa norte-americana Martha Graham e assistir a uma de suas criações, digite
Lamentation – Martha Graham em um buscador de vídeos.
Para saber mais sobre o trabalho de Pina Bausch, visite o teatro de dança de Wuppertal, que foi dirigido pela bailarina 
alemã: .
(Acessos em: maio 2013.)
BRASIL
Para conhecer mais sobre a dança moderna e seu desenvolvimento no Brasil leia o texto de Inês Bogéa: 

Para conhecer a professora Maria Duschenes, assista ao filme Maria Duschenes – o espaço do movimento, de Inês 
Bogéa e Sergio Roizemblit, no link: .
Para conhecer outras figuras importantes no cenário da dança brasileira veja 
Figuras da Dança – série de programas 
sobre personalidades da dança cênica brasileira realizada pela TV Cultura.
.
Para conhecer companhias de dança contemporânea confira a programação da TV SESC: programa.cfm?id=6>.
Rita Lee, em sua canção “Dançar para não dançar”, do Álbum Fruto Proibido, cita Isadora Duncan. Pesquise a letra e a 
música na internet. 
Fique de olho! Neste link, você terá acesso a mais de 150 verbetes sobre a dança brasileira:
.
(Acessos em: maio 2013.)
LOCAL
Você conhece algum professor de dança ou dançarino no seu bairro ou cidade? Há algum espetáculo em cartaz que 
você gostaria de assistir? Em sua escola há jovens que dançam, que gostam de dançar? Você é um deles? 
Como vimos, a virada do século XIX para o século XX trouxe muitas transformações sociais, e uma nova arte também estava 
sugindo. A visão do corpo e da dança foi modificada pelo que foi chamado de dança moderna. vamos conhecer um pouco da 
dança moderna no mundo e no Brasil.
Pesquisa
 dança moderna
Arte_vu_PNLD2015_U2C17_218a233.indd 232
6/17/13 11:07 AM


| CApÍtulo 17 | Arte NovA |
233
Faça aqui um registro dessa experiência.
rudolf von laban, dançarino, coreógrafo e pedagogo, inspirado pelos 
coros de música, imaginou utilizar princípio semelhante para criar 
danças comunitárias, um coro de movimento. para laban, a prática da 
dança coral era uma forma de reagir aos efeitos negativos da revolu-
ção Industrial, através de um ato coletivo e criativo, criando laços de 
solidariedade e interdependência entre os participantes. Nas danças 
corais, dançarinos amadores e profissionais se integram em um proje-
to comum. Alguns criadores de danças corais tiveram como inspiração 
grandes temas da natureza, como a onda.

Baixar 4.71 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   132   133   134   135   136   137   138   139   ...   353




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal