Pesquisa incluída no fim de cada capítulo: assistir, ouvir, ler, contemplar e percorrer os sites indicados, sem limitações à curiosidade. Entretanto, é na página Ação



Baixar 87 Mb.
Pdf preview
Página10/353
Encontro16.07.2022
Tamanho87 Mb.
#24280
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   353
Arte - Volume único
Mamute esculpido em chifre de 
rena, c. 13000 a.C.-11000 a.C. 
Montastruc, França.
Werner Forman Archive/Glow Images/Museu Britânico, Londres, Inglaterra.
Les Gibbon/Alamy/Glow Images
Arte_vu_PNLD2015_U1C1_012a025.indd 15
6/17/13 10:07 AM


16
Arpões feitos de sílex, 10000 a.C.-3500 a.C. 
Museu de Antiguidades Nacionais,
Saint-Germain-en-Laye, França.
Objetos como esses arpões de uso uti-
litário são hoje também apreciados por 
sua beleza.
Cultura material 
Os cientistas que estudam os vestígios do passado remoto en-
contram a cada dia novas pistas sobre os povos que primeiro habi-
taram a Terra. Hoje sabemos que muitos grupos humanos viveram 
durante mais de 35 mil anos em regiões separadas por milhares de 
quilômetros, e que muito do que produziram se perdeu e jamais 
será encontrado. Há várias hipóteses a respeito da produção cul-
tural desses povos, e cada descoberta dá origem a novas teorias.
Sabemos que os objetos, pinturas e construções do período 
Paleolítico, embora sejam hoje reconhecidos como obras de arte 
(e admirados como tal em museus), provavelmente não foram fei-
tos com a mesma intenção de um artista do mundo moderno, mas 
sim com finalidades bem utilitárias para a vida cotidiana. 
Os arqueólogos se referem aos artefatos dessa época como 
“cultura material”, sem distinguir objetos utilitários, como vasilhas 
e ferramentas, dos objetos simbólicos, como aqueles destinados 
aos rituais.
A explosão criativa do 
Paleolítico Superior
Durante o período conhecido como Paleolítico Superior, os gru-
pos humanos que habitavam vários pontos da Terra já dispunham 
de grande capacidade de manipulação de materiais. Construíam 
instrumentos de pedra, madeira e osso e organizavam-se em so-
ciedades nômades de coletores e caçadores. Por volta de 40 mil 
anos atrás, esses grupos começaram a deixar indícios de desen-
volvimento da expressão simbólica, ou seja, da capacidade de re-
presentar conceitos através de imagens, símbolos e objetos. Esse 
período coincide também com a aquisição de vocabulário abstra-
to: a linguagem passou a expressar também ideias e sentimentos, 
além de referir-se a coisas concretas.
Recentemente, alguns estudiosos têm afirmado que essas 
mudanças aconteceram num período relativamente curto – não 
como um processo em que as sociedades vão aos poucos adqui-
rindo novos saberes, mas como uma verdadeira revolução de 
comportamento.
No Paleolítico Superior os grupos humanos passaram a fabricar 
instrumentos utilizando ossos, chifres e dentes de animais e também 
a gravar e esculpir nesses materiais. Começaram a fazer roupas mais 
bem confeccionadas e a enterrar os mortos de maneira ritualizada, ou 
seja, acompanhados de objetos e oferendas. Em sítios arqueológicos 
dessa época foram encontradas pequenas flautas e apitos, que reve-
lam já haver interesse pela criação sonora. 
Gravar consiste em fazer traços 
em uma superfície (como argila, 
pedra, osso) empregando um objeto 
pontiagudo, sem necessariamente 
utilizar tinta.
Sílex é uma rocha dura, de cor 
variável, sílex, amarelada, parda ou 
negra.
The Bridgeman 
Ar
t Library/K
eystone/Museu de 
Antiguidades Nacionais, S
aint-Germain-en-Laye, F
rança.
Arte_vu_PNLD2015_U1C1_012a025.indd 16
6/17/13 10:07 AM


| CApÍtulo 1 | o NASCIMENto DA CultuRA |
17
Pintura na parede da caverna de Chauvet. 
Ardèche, França.
As pinturas mais antigas encontradas 
até hoje na Europa estão nas paredes 
de pedra da caverna de Chauvet, no sul 
da França. Trata-se de um conjunto de 
representações de cavalos, javalis, 
búfalos e bisões, feitas de 25 mil a 30 
mil anos atrás. As pinturas e gravações 
têm as proporções de animais reais, 
além de dar impressão de volume e em 
alguns casos a sensação de movimento. 
Isso demonstra a grande capacidade de 
observação e de representação da na-
tureza dos autores dessas pinturas.
Fine Ar
te 
Images/Easypix
endo sobre a explosão criativa

Baixar 87 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   353




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal