Pesquisa 3° ano (atividade 1) nome: SÉrie: turma: prof: janderson paixãO


Esporte como ferramenta de inclusão social



Baixar 106.79 Kb.
Página3/3
Encontro13.07.2022
Tamanho106.79 Kb.
#24250
1   2   3
3° ANO-DISSERTAÇÃO- ESPORTE
Esporte como ferramenta de inclusão social
Entidade atende deficientes físicos, auditivos, visuais e intelectuais; Cerca de 37% são paratletas
A prática regular do esporte, além de proporcionar uma vida mais saudável, é uma poderosa ferramenta de inclusão social. Em um ciclo de amizade e diversão, as pessoas, principalmente aquelas com algumas dificuldades, se sentem mais à vontade para mostrar suas habilidades ou desenvolvê-las. É o que ocorre na Amei (Associação Mariliense de Esportes Inclusivos), que hoje atende 160 pessoas de dois a 70 anos de idade.
Fundada em 2003, a entidade é coordenada pelo professor de educação física Celso Parolisi, e vem se destacando em competições nacionais e internacionais de natação e atletismo. “Inicialmente, a Amei foi fundada para suprir as necessidades sociais dos deficientes.
Mas nosso objetivo era ampliar esse atendimento, trabalhar o esporte para desenvolver a saúde, sociabilidade e as habilidades daqueles que têm talento para se tornar um atleta de ponta. Nosso carro-chefe é a natação, porém, com as parcerias no atletismo, com o Aurélio Guedes e o Alexssandro Ramos da Silva, o Lecão, nossa equipe também vem se destacando.”
A Amei atende deficientes físicos, auditivos, visuais e intelectuais. Dos 160 atendidos, 60 são paratletas que participam de competições com frequência. “Desses, 29 são bolsistas do governo federal, que recebem uma ajuda de custo de R$ 925. Eles conseguem os primeiros lugares nas provas e treinam até duas horas e meia na piscina da Amei. Já os treinos de atletismo ocorrem no Pedro Sola. O restante dos atendidos participa de atividades de promoção à saúde e à integração social, além de serem iniciados em práticas esportivas também.”
Na 1ª etapa do Circuito Loterias Caixa, realizada neste mês, em São Paulo, a equipe de natação bateu dois recordes brasileiros na prova dos 100 metros costas, categoria S13, e na prova dos 100 metros costas, categoria S14. Atletas da Amei garantiram 16 medalhas. No atletismo não foi diferente, cinco medalhas conquistadas.
O esporte tem proporcionado essas conquistas a eles, tanto em nível nacional quanto internacional. Alguns competidores já foram a República Tcheca, Suécia, Itália, Argentina e Peru, uma oportunidade que se não fosse o esporte talvez não teriam. O esporte é uma escada, ajuda na sociabilidade, na obtenção da auto-estima, melhora da saúde. A vida deles se transforma, se tornam campeões e ultrapassam os obstáculos que a sociedade impõe. Posso dizer que aprendo mais com eles do que ensino.”(http://www.redebomdia.com.br/noticia/detalhe/52873/Esporte+como+ferramenta+de+inclusao+social)
TEXTO 4
(http://professorgilbertosantos.blogspot.com.br/2012/08/opiniao-perfeito-gostei-muito-das.html)
APÓS A LEITURA DOS TEXTOS MOTIVADORES DESENVOLVA A DISSERTAÇÃO.
Baixar 106.79 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal