Pesquisa 3° ano (atividade 1) nome: SÉrie: turma: prof: janderson paixãO



Baixar 106.79 Kb.
Página1/3
Encontro13.07.2022
Tamanho106.79 Kb.
#24250
  1   2   3
3° ANO-DISSERTAÇÃO- ESPORTE

PESQUISA 3° ANO (ATIVIDADE 1)
NOME:


SÉRIE: TURMA:


PROF: JANDERSON PAIXÃO
Instruções:
1. Sua redação deve ser escrita à mão em uma folha padrão ou em uma folha de caderno comum
2. O texto definitivo deve ser escrito em até 30 linhas.
3. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas descontado para efeito de correção.
Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:
- tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada "insuficiente".
- fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.
- apresentar parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto.


Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema O esporte na construção social brasileira, apresentando experiência ou proposta de ação social, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.
Deixe claro o seu ponto de vista, por meio de argumentos coerentes e com embasamentos teóricos.
TEXTO 1
QUAL É O PAPEL DO ESPORTE NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL?
Caroline Gomes
A relevância do futebol na formação da cultura brasileira torna o assunto obrigatório também no meio científico. Em tempos de Copa do Mundo, os brasileiros param suas atividades, deixam de lado seus compromissos para assistirem aos jogos. No Brasil, a mobilização motivada pelo futebol estabelece relações sociais democratizantes na medida em que reúnem pessoas de diversas partes do mundo, de diferentes crenças, diferentes origens em torno de um assunto sobre o qual todos têm uma opinião formada. O futebol se torna então, um aspecto imprescindível para começar a entender como funciona a sociedade brasileira.
A antropóloga Simoni Lahud, da Universidade Federal Fluminense, é especialista no tema e autora de dois livros: O Brasil no campo de futebol e Nações em campo, este produzido com a ajuda do autor Edison Gastaldo. Abordarei a ideia central de Simoni, que parte do princípio que podemos aprender muito sobre os processos sociais analisando o futebol.
Outra área de destaque a ser explorada é a rivalidade TV x Rádio. Pela televisão é possível analisar imagens e adquirir dados que talvez pelo rádio não fosse possível. E como explicar a ação da maioria dos torcedores que mesmo indo ao estádio para ver o jogo, carregam o tal “radinho de pilha”? A narração do rádio cativa o espectador a ponto de garantir sua preferência? Existe uma diferença entre esses espectadores? O professor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Márcio Guerra escreveu um livro que abrange esse assunto, respondendo a questões unânimes dos brasileiros.
O brasileiro em si é extremamente ligado ao futebol, e este se torna um fator a mais para a construção da sua identidade. E essa ligação seria apenas por parte de torcedores? E os próprios jogadores? O jornalista Filipe Mostaro, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do esporte, escreveu o livro Garrincha x Pelé, a influência da mídia na carreira de um jogador, relacionando exatamente esse ponto quanto a influência do futebol na vida de um jogador.https://cientificojornalismo.wordpress.com/2013/02/08/qual-e-o-papel-do-esporte-na-construcao-da-identidade-nacional/ )
TEXTO 2

Baixar 106.79 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal