Paráfrase e intertextualidade LÍngua portuguesa, 9º ano



Baixar 32.87 Kb.
Página15/25
Encontro20.06.2021
Tamanho32.87 Kb.
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   25

Nesse outro poema de Drummond, há uma releitura do poema de Gonçalves Dias, evidente já no título, no entanto, apesar de o vocabulário apresentar palavras como “sabiá” e “palmeira”, a imagem que temos é subjetiva, presente na imaginação do leitor, diferente do poema original. O lugar idealizado pelo poeta é indeterminado. A paráfrase nesse poema é criada para abordar os lugares míticos presentes na nossa imaginação, associados à terra natal.

  • Nesse outro poema de Drummond, há uma releitura do poema de Gonçalves Dias, evidente já no título, no entanto, apesar de o vocabulário apresentar palavras como “sabiá” e “palmeira”, a imagem que temos é subjetiva, presente na imaginação do leitor, diferente do poema original. O lugar idealizado pelo poeta é indeterminado. A paráfrase nesse poema é criada para abordar os lugares míticos presentes na nossa imaginação, associados à terra natal.

LÍNGUA PORTUGUESA, 9º ano

Paráfrase e Intertextualidade


  • Como você pôde observar, a paráfrase é muito usada nos textos poéticos, mas podemos também parafrasear esses textos, de forma a retirar deles a linguagem conotativa (sentido figurado, aquele que só existe em situações não usuais), e escrevermos usando uma linguagem denotativa (sentido literal, quando as palavras são usadas no seu sentido usual).

LÍNGUA PORTUGUESA, 9º ano

Paráfrase e Intertextualidade





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   25


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal