Os direitos das pessoas com deficiência na União Europeia


Ensino superior e estágios no estrangeiro



Baixar 6.12 Mb.
Página23/51
Encontro30.06.2021
Tamanho6.12 Mb.
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   51

Ensino superior e estágios no estrangeiro


Como cidadão da UE tem direito a estudar em qualquer universidade da UE nas mesmas condições que os nacionais desse país. Não lhe pode ser recusado o acesso a formação ou educação noutro país da UE em razão da sua nacionalidade.

Quando frequenta a universidade noutro país da UE, tem direito a pagar as mesmas taxas de curso que os nacionais desse país. Outra possível fonte de financiamento para a realização de parte dos seus estudos no estrangeiro é o programa Erasmus da UE.

O Erasmus + promove e apoia estudos, formação e voluntariado noutro país da UE. Como participante com deficiência, pode pedir um subsídio adicional para cobrir as despesas relacionadas com deficiência, tais como assistência médica, assistência em viagem, um acompanhante para alunos e funcionários com deficiência, acomodação adaptada. Também deve beneficiar dos serviços de suporte que a instituição receptora oferece aos seus alunos e funcionários locais.

Para mais informações consulte a página da Comissão Europeia sobre o Erasmus +20

O Corpo Europeu de Solidariedade é uma iniciativa da UE que cria oportunidades para jovens entre os 17 e os 30 anos de se voluntariarem ou trabalharem em projectos no seu próprio país ou no estrangeiro entre 2 a 12 meses. A Garantia da Juventude é o programa da UE que financia essas atividades.

Para mais informações consulte o site do Corpo de Solidariedade Europeia21 e a página da EU Garantia da Juventude22.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   51


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal