Orientadora: Professora Doutora Maria Helena Santa-Clara Pombo Rodrigues Júri: Presidente


- Benefícios do Treino Integrativo Neuromuscular na Criança



Baixar 1.53 Mb.
Página13/52
Encontro30.06.2021
Tamanho1.53 Mb.
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   52

2.4 - Benefícios do Treino Integrativo Neuromuscular na Criança

O treino integrativo neuromuscular é um modelo de treino que visa melhorar a condição física da criança e desenvolver as suas habilidades motoras com o objetivo de aumentar a probabilidade de esta se manter saudável e fisicamente ativa ao longo da vida. Este modelo propõe uma filosofia de aula/treino que contemple exercícios nos quais a criança terá de desenvolver ou recorrer a movimentos fundamentais já adquiridos para aprimorar a sua força, equilíbrio estático e dinâmico, estabilidade do core, agilidade, coordenação óculo motora e outras componentes relacionadas com a sua saúde ou habilidade motora (Myer et al., 2015).


De acordo com Faigenbaum et al., (2011) concluíram que 15 minutos de treino integrativo neuromuscular realizados duas vezes por semana têm resultados significativamente melhores no desenvolvimento de componentes relacionadas com a saúde e com a habilidade da criança quando comparados a métodos tradicionais das aulas de educação física. Reforçam ainda a importância de criar tarefas que sejam ricas em significado para o futuro durante as aulas/treinos uma vez que as crianças estão numa fase fundamental para o desenvolvimento de habilidades motoras.
Ao pensar no ganho de habilidades motoras do ponto de vista neuro cognitivo, e consequentemente na estrutura e constituição do sistema nervoso, é possível ter outra perspetiva sobre a importância de trabalhar um vasto leque de habilidades motoras nesta fase da vida. Durante o seu desenvolvimento, e ao longo da vida, o cérebro têm tendência a reforçar e reutilizar circuitos sinápticos utilizados com mais frequência e a eliminar aqueles que são utilizados com menos frequência. Na maturação do cérebro cerca de 50% dos neurónios não sobrevive até à idade adulta. Desta forma, é essencial aproveitar a grande conectividade de neurónios disponível na criança para potenciar ao máximo as aprendizagens. O treino integrativo neuromuscular aplicado antes da maturação cerebral pode facilitar qualquer aprendizagem, motora ou não motora, ao longo da vida e pode ajudar a manter, ou atrasar a diminuição, da plasticidade do cérebro ao longo da vida (Leisman, Moustafa, & Shafir, 2016; Myer et al., 2015).
Quando comparado aos métodos tradicionais das aulas de educação física o treino integrativo neuromuscular promove também uma maior perceção de autoeficácia, o que por sua vez aumenta a probabilidade da criança se sentir confiante para explorar a atividade física de diferentes formas e em diferentes contextos durante a infância e adolescência e de manter este estilo de vida ativo a longo prazo (Myer et al., 2015).
Por fim, relativamente ao planeamento, um treino integrativo neuromuscular deve ser composto por exercícios curtos e com períodos de descanso uma vez que esta estrutura se aproxima mais à forma como a criança brinca e se mexe no dia-a-dia (Myer et al., 2015).




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   52


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal