Organizadora s


» Ajudamos as crianças a aprender a guardar os brinquedos nos lugares apropriados »



Baixar 18.73 Mb.
Pdf preview
Página80/102
Encontro22.07.2022
Tamanho18.73 Mb.
#24328
1   ...   76   77   78   79   80   81   82   83   ...   102
Documento Curricular do Estado do RN Educacao Infantil ebook final 2018(1)
CAÇA PREDATORIA
»
Ajudamos as crianças a aprender a guardar os brinquedos nos lugares apropriados
»
As salas onde as crianças ficam estão arrumadas de forma a facilitar brincadeiras
espontâneas e interativas
»
Ajudamos as crianças a aprender a usar brinquedos novos
»
Os adultos também propõem brincadeiras às crianças
»
Os espaços externos permitem as brincadeiras das crianças
»
As crianças maiores podem organizar os seus jogos de bola, inclusive futebol
»
As meninas também participam de jogos que desenvolvem os movimentos amplos:
correr, jogar, pular
»
Demonstramos o valor que damos às brincadeiras infantis participando delas sempre
que as crianças pedem
»
Os adultos também acatam as brincadeiras propostas pelas crianças . (CAMPOS, 2009, p . 14) . 
APROFUNDANDO O TEMA
tempo para explorar, através da linguagem, aquilo que fizeram e 
como elas podem descrever a experiência;
tempo para continuar o que iniciaram (uma vez que muitos trabalhos 
valiosos não são concluídos);
experiências para ampliar e aprofundar aquilo
que já sabem e aquilo que já podem fazer;
estímulo e encorajamento para fazer e aprender mais; e
oportunidades lúdicas planejadas e espontâneas.
Com isso, as interações com os adultos e seus pares, bem como, com os 
espaços e materiais disponíveis, são propulsoras do desenvolvimento e da 
aprendizagem das crianças, permitindo que elas conheçam e signifiquem 
as coisas do mundo e as relações sociais de forma qualitativa, consideran-
do suas linguagens e experiências por meio do brincar , da atividade lúdica. 
É importante pensar, então, nos modos como devem estar organizados 
os espaços e materiais para fomentar relações sociais e culturais entre 
crianças e entre crianças e adultos. Os espaços físicos das instituições 


144
ORGANIZAÇÃO DE TEMPOS
 
educativas se constituem em espaços pedagógicos na medida em que se 
materializam como significativos ambientes de aprendizagem, possibili-
tando trocas, interações e experiências produtivas.
Para pensar em cada espaço físico é preciso considerar suas dimensões 
(FORNEIRO, 1998):
Dimensão Funcional – forma de utilização dos espaços, sua 
polivalência e o tipo de atividade que nele se ocorre;
Dimensão Física – geralmente estática, revela as condições estruturais: 
tamanho da sala, cores, objetos e sua disposição no ambiente;
Dimensão Temporal – condições climáticas do local onde a escola 
está inserida, se atende crianças em período integral ou parcial, em 
quais momentos da rotina se usam os diferentes espaços da escola;
Dimensão Interacional – o espaço como facilitador do encontro
entre as pessoas
.
Nesse sentido, é de fundamental importância que as instituições sejam 
organizadas com espaços amplos e materiais que oportunizem às crian-
ças interações com os seus pares e com os adultos, bem como, com os 
conhecimentos da natureza e os saberes socialmente construídos pela 
humanidade. Sobre isso, a partir do contato com objetos como brinque-
dos, livros, materiais da natureza e outros que fazem parte do contexto 
social, é que as crianças se apropriarão de modos de organizar, transfor-
mar, explicar o mundo ao redor, sendo possível apreender dessas apren-
dizagens, a compreensão acerca da sociedade em que vivem.
O espaço, devidamente planejado e avaliado, compreende a distribuição 
das atividades em meio à jornada, devendo ser acolhedor, organizado, 
limpo, seguro, atendendo ao princípio estético, que contempla a valori-
zação da sensibilidade, criatividade, ludicidade e liberdade de expres-
são, possibilitando desse modo, a interação entre as crianças e adultos, 
bem como, os modos como a Instituição pensa suas escolhas educativas 
(MIUP/ITÁLIA, 2015).
Além da abordagem sobre o espaço a partir da disposição dos mobili-
ários e materiais, pensar a aprendizagem das crianças, é entender que 
outros ambientes além da sala de referência, podem ser explorados. Vi-
venciando experiências em pátios, quintais, praças, bosques, fazendas, 



Baixar 18.73 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   76   77   78   79   80   81   82   83   ...   102




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal