Olá Estudante, seja muito bem-vindo(a)!


transmutação das espécies



Baixar 27.67 Mb.
Pdf preview
Página61/332
Encontro10.08.2021
Tamanho27.67 Mb.
1   ...   57   58   59   60   61   62   63   64   ...   332
transmutação das espécies) passou a ser defendida por alguns cientistas para explicar a diversidade 
das espécies e a existência de fósseis de organismos diferentes dos organismos atuais. Essa era a opi-
nião, por exemplo, do médico inglês Erasmus Darwin (1731-1802), o avô de Charles Darwin. No entanto
até aquele momento, ele e outros defensores da evolução não apresentaram nenhum modelo de como 
esse processo teria ocorrido.
B- Lamarckismo
No início do século XIX, o naturalista Jean-Baptiste Pierre Antoine de Monet, Chevalier de Lamarck, 
ou, simplesmente, Lamarck (1744-1829), sugeriu um mecanismo para explicar a transformação das 
espécies.
A tese de Lamarck é expressa com detalhes no livro Philosophie zoologique (Filosofia zoológica), publi-
cado em 1809. Contrariando as ideias fixistas da época, o francês defendia que os organismos atuais 
surgiram de outros mais simples e teriam uma tendência a se transformar, gradualmente, em seres 
mais complexos. Os seres mais simples, por sua vez, poderiam surgir por geração espontânea e sua 
evolução seria, de acordo com Lamarck, guiada por necessidades internas dos organismos.
Atualmente, Lamarck é menos reconhecido por ter sido um evolucionista que se opunha às ideias fixis-
tas de sua época, do que por ter defendido duas leis que explicariam os mecanismos de transformação 
dos seres vivos: a lei do uso e desuso e a lei da herança das características adquiridas. Vale lembrar 
que, na época de Lamarck, era comum a crença nessas leis, que, além de não terem sido criadas por ele, 
tinham um papel secundário em sua teoria.
Seu trabalho de 1809 tem uma composição teórica ampla sobre a progressão dos seres vivos. Porém, 
apenas duas leis, dentro dessa rede teórica, acabaram recebendo um destaque maior. São elas:
- Desenvolvimento e atrofia de órgãos pelo uso e pelo desuso: o uso de determinadas partes do corpo 
faz com que elas se desenvolvam e o desuso faz com que elas se atrofiem. - Lei do uso e desuso
- Herança dos caracteres adquiridos: as características que os indivíduos adquirem em sua vida são 
passadas aos descendentes. Ele não se preocupou em explicar como ocorre o processo de herança. Na 
época, os conhecimentos de genética eram rudimentares e ele simplesmente se deteve em dizer que 
há herança de caracteres adquiridos sem explicar como ocorre a herança. - Lei da transmissão dos 


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   57   58   59   60   61   62   63   64   ...   332


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal