Olá Estudante, seja muito bem-vindo(a)!



Baixar 27.67 Mb.
Pdf preview
Página269/332
Encontro10.08.2021
Tamanho27.67 Mb.
#16739
1   ...   265   266   267   268   269   270   271   272   ...   332
EM 3ano V3 PF
ATIVIDADES
1 – Embora o Brasil não viva uma situação de guerra civil ou de atentados terroristas, a violência tem sido 
um dos temas mais frequentes no noticiário nacional, uma preocupação política e um tormento para o 
brasileiro comum, independentemente de sua classe social, de seu nível de instrução, de sua religião 
ou de sua inclinação política. Vive-se atualmente um clima de medo e insegurança generalizado. Essa 
sensação é confirmada pelas estatísticas que revelam o aumento crescente da criminalidade e, ao lado 
dela, da mortalidade por violência em nosso país, sendo o jovem a vítima preferencial.
BRYM, Robert [et al.] Sociologia: sua bússola para um novo mundo. São Paulo: Thomson Learning, 2006. (Adaptado)
Assinale a alternativa que apresenta as causas estruturais da violência nas áreas urbanas.
a)  A violência urbana é fruto do consumo de drogas que conduz os usuários à formação de guetos 
e à fuga do mercado de trabalho.
b)  A ausência de uma política de assistência social que ampare os pobres para que se mantenham 
distantes do crime organizado.
c)  A falta de investimento público no sistema prisional, que pela falta de vagas, antecipa a liberdade 
condicional aos condenados.
d)  A exclusão social, provocada pelo desemprego estrutural e pela ausência de perspectivas, for-
nece a base social para a criminalidade urbana.
e)  A violência urbana no Brasil se encontra restrita às gangues juvenis que atuam nas áreas urba-
nas pela ausência de políticas públicas voltadas para a orientação social da juventude.
2 – (UEL) O desenvolvimento da civilização e de seus modos de produção fez aumentar o poder 
bélico entre os homens, generalizando no planeta a atitude de permanente violência. No mundo 
contemporâneo, a formação dos Estados nacionais fez dos exércitos instituições de defesa de fronteiras 
um fator estratégico de permanente disputa entre nações. Nos armamentos militares se concentra o 
grande potencial de destruição da humanidade. Cada Estado, em nome da autodefesa e dos interesses 
do cidadão comum, desenvolve mecanismos de controle cada vez mais potentes e ostensivos. O uso 
da força pelo Estado transforma-se em recurso cotidianamente utilizado no combate à violência e à 
criminalidade.
Adaptado de: COSTA, C. Sociologia: introdução à ciência da sociedade. São Paulo: Moderna, 1997. p.283-285.)


242
Sobre violência e criminalidade no Brasil, assinale a alternativa correta.
a)  As políticas repressivas contra o crime organizado são suficientes para erradicar a violência e a 
insegurança nas cidades.
b)  As altas taxas de violência e de homicídios contra jovens em situação de pobreza têm sido rever-
tidas com a eficácia do sistema prisional.
c)  As desigualdades e assimetrias nas relações sociais, a discriminação e o racismo são fatores 
que acentuam a violência no Brasil.
d)  A violência urbana contemporânea é resultado dos choques entre diferentes civilizações que se 
manifestam nas metrópoles brasileiras.
e)  O rigor punitivo das agências oficiais no combate à criminalidade impede o surgimento de justi-
ceiros e milícias.
3 – (Uel-2011) Observe a charge.
A charge remete a uma determinada percepção existente hoje entre estratos da população brasileira a 
respeito da questão da segurança pública. Com base na charge, é correto afirmar:
a)  As crianças são as principais responsáveis pela visão negativa que, socialmente, se construiu 
dos órgãos de segurança pública.
b)  A vantagem da polícia em relação ao ladrão é que a primeira usa arma de fogo enquanto o segun-
do está restrito às armas brancas.
c)  Situações de exceção tendem a produzir, em parte da população, descrédito em relação às ins-
tituições de proteção da cidadania.
d)  A melhor maneira de se proteger é não sair à rua, pois pode haver conflitos entre policiais e la-
drões, fazendo vítimas inocentes.
e)  As diferenças entre policiais e ladrões seriam claras na consciência dos indivíduos se as mães 
educarem melhor seus filhos a não cometer equívocos.


243

Baixar 27.67 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   265   266   267   268   269   270   271   272   ...   332




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal