O surrealismo e o ensino de arte



Baixar 77.95 Kb.
Página6/16
Encontro17.03.2020
Tamanho77.95 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   16
VIDA E OBRA DE JOAN MIRÓ

Nascido em Barcelona, na Espanha em 20 de abril de 1893, segundo Santos (2019) no início assim como muitos artistas os pais de Miró não aceitava sua arte, seus pais era artesões. Foi só quando completou quatorze anos que se inscreveu na escola Bellas-artes de Lonja. E ao completar dezenove anos vai estudar em Barcelona na escola de arte Galí.

Segundo Siqueira (2014), antes de ingressas na escola de artes de Galí, Miró passou por um período de trabalhos burocráticos os quais lhe causaram grandes problemas, até deixa-lo doente, mais tudo melhorou quando começou a estudar na escola com o professor Francisco Galí, o qual lhe ensinou tudo sobre a arte moderna.

Entretanto Santos (2019) entende que no ano de 1926 participou da primeira exposição do movimento surrealista, dois anos depois vendeu diversas obras. No qual o museu de artes modernas adquiriu duas das telas do pintor.

Segundo Santos (2019) no início da segunda guerra mundial Miró volta para a Espanha. E no ano de 1944 iniciou uma série de murais, para o edifício da UNESCO, na Universidade de Harvard em Paris.

Para Siqueira (2014) as obras do surrealismo de Miró, com certeza não tinha nada a ver como René Magritte e Salvado Dalí, suas obras expressavam o que era chamado de focado em simbolismos, seus desenhos eram inusitados, ainda coloca que a primeira visita que Miró faz ao grupo surrealista ninguém havia entendido as obras. Ainda segundo Siqueira (2014) o surrealismo veio em um momento bom, pois Miró estava cansado das regras do cubismo, e com a chegada do surrealismo encontrou os que estava procurando.

De acordo com Siqueira (2014) quando retornou após a Guerra Civil Espanhola, já era conhecida em todo o mundo. Assim no ano de 1954 recebeu o prêmio de gravuras em Bienal na Veneza, consequentemente quatro anos mais tarde recebeu o Prêmio Internacional da Fundação Guggenheim, perto dos anos de sua morte no ano de 1980 recebeu a Medalha de Ouro de Belas Artes do rei Juan Carlos I.

Segundo Francisco (2019), no ano de 1929 com 36 anos, casa-se com Pilar Juncosa, no qual dois anos depois teve uma filha chamada Dolores. E veio a falecer em Palma de Maiorca, na Espanha, no dia 25 de dezembro de 1983, segundo Santos (2019).

Joan Miró além de um grande artista pintor, foi um grande escultor, as quais estão espalhadas, segundo Francisco (2019) só na Fundação Miró, existem cerca de 10.000 peças, sendo estas, 217 pinturas, 156 esculturas, 9 texturas, 4 cerâmicas.

Para Francisco (2019) Miro foi considerado um surrealismo por mais que suas obras fossem de uma linguagem infantil, e muitas vezes é preciso compreender os artistas para entender as suas obras. Juan Miró foi um grande artista pois absorvia e deixava prazerosamente ser influenciado por todas as artes. Miró passou por momento de dificuldade financeira mais levou com a cabeça erguida, além de ser artista, fazer esculturas, algo que era magnifico em seu trabalho eram as pinturas em cerâmicas nos quais deixou sua arte espalha por vários lugares, e falecendo aos 90 anos. Mais ao deixar o mundo deixou tu marca escrita sendo o grande artista conhecido nos quatros quantos do mundo, assim compreende Francisco (2019).





Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   16


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal