O pentateuco



Baixar 34.86 Kb.
Página1/4
Encontro22.01.2022
Tamanho34.86 Kb.
#21227
  1   2   3   4

Resumo - Manual Bíblico Vida Nova

Quarta Parte – A Mensagem da Bíblia - p. 144-221
O PENTATEUCO

O termo Pentateuco é a denominação mais comum para descrever os primeiros cinco livros da Bíblia. A enorme quantidade de material legal no Pentateuco (metade de Êxodo, a maior parte de Levítico, grande parte de Números e praticamente todo o Deuteronômio) levou à designação comum Lei ou Livros da Lei.

Até o Iluminismo do século xviii, havia consenso entre as tradições judaica e cristã de que o testemunho do Pentateuco revelava Moisés como seu autor. Muitos estudiosos declaram positivamente as contribuições significativas de Moisés para a formação do Pentateuco, mas sustentam que a forma final desses livros evidencia algum trabalho de edição posterior à época de Moisés.

Alguns críticos radicais têm negado a possibilidade de envolvimento sobrenatural de Deus na história e questionado a fidedignidade da história que se encontra no Pentateuco (veja “Os Métodos da Crítica e o Antigo Testamento”).

Deuteronômio, o último livro do Pentateuco, foi composto por Moisés nas campinas de Moabe (Dt 1.1-5; 4.44-46; 29.1) pouco antes de sua morte (Dt 31.2, 9, 24). Os primeiros quatro livros provavelmente compartilham o mesmo período e local de origem. Gênesis, Êxodo e Levítico, porém, podem ter sido escritos já por ocasião da convocação no Monte Sinai, trinta e oito anos antes.

A descrição do Pentateuco como torah, “instrução”, revela de imediato o seu propósito: educar o povo de Israel acerca de sua identidade, sua história, seu papel entre as nações da terra e seu futuro. O propósito verdadeiro e último da literatura bíblica não pode ser separado de sua mensagem teológica. O Pentateuco procurava informar o povo de Deus sobre sua identidade e foco.

Os intérpretes assumem uma das três abordagens principais do Pentateuco como fonte histórica:

1) Muitos intérpretes lêem o Pentateuco como um relato fiel dos eventos.

2) Críticos radicais desconsideram o Pentateuco como uma fonte para história.

3) Outros vêem o Pentateuco principalmente como uma interpretação teológica de pessoas e acontecimentos reais.

Muitos estudiosos entendem que as descobertas da arqueologia científica relativas à Bíblia servem para confirmar que o Pentateuco se encaixa bem melhor exatamente no ambiente do segundo milênio a.C. em que o at o situa.

A importância fundamental e a relevância do Pentateuco residem em sua teologia, não em sua historicidade ou mesmo em sua forma literária e conteúdo. O grande tema do Pentateuco, portanto, é o tema da reconciliação e da restauração. A criação de Deus, tendo sido afetada pela desobediência humana, necessita de restauração.



Baixar 34.86 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal