O mínimo que se exige de um historiador é que seja capaz de reflectir sobre a história da sua



Baixar 244.56 Kb.
Pdf preview
Página1/17
Encontro07.06.2021
Tamanho244.56 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


O mínimo que se exige de um historiador é

que seja capaz de reflectir sobre a história da sua

disciplina, de interrogar os sentidos vários do

trabalho histórico, de compreender as razões

que conduziram à profissionalização do seu

campo académico. O mínimo que se exige de um

educador é que seja capaz de sentir os desafios

do tempo presente, de pensar a sua acção nas

continuidades e mudanças do trabalho pedagógi-

co, de participar criticamente na construção de

uma escola mais atenta às realidades dos diver-

sos grupos sociais.

A História da Educação só existe a partir

desta dupla possibilidade, que implica novos

entendimentos do trabalho histórico e da acção

educativa: trata-se, no primeiro caso, de aceitar

que o objecto do historiador «não é o passado

em si próprio, mas sim tudo o que nos vestígios

deixados por este passado pode responder às

questões que ele coloca e que lhe são sugeridas

pelo mundo em que vive» (Burguière, 1986, p.

VIII); trata-se, no segundo caso, de romper com

uma visão «natural» ou «racional» que oculta a

historicidade da reflexão pedagógica e impede a

compreensão da forma como se construíram os

discursos científicos na arena educativa em si-

multâneo com o desenvolvimento de grupos

profissionais e de sistemas especializados de

conhecimento.

1. GÉNESE E DESENVOLVIMENTO DA

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO (SÉCULOS XIX-XX)

«Quando se trata de física ou de química,

a história destas ciências no passado não é

mais do que um assunto de erudição e de

curiosidade. [...] Na ciência da educação,

pelo contrário, como em todas as ciências

filosóficas, a história é a introdução neces-

sária, a preparação para a própria ciência»

(Compayré, 1911, p. 1546).

Gabriel Compayré marcou uma época. E um

estilo. O seu trabalho serviu de modelo a grande

parte das histórias da educação escritas e ensina-

das nos séculos XIX e XX. A sua obra ilustra,

417




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal