O diagnóstico de crianças com transtorno de déficit de atençÃo e hiperatividade1



Baixar 40.82 Kb.
Página2/5
Encontro17.03.2020
Tamanho40.82 Kb.
1   2   3   4   5
Palavras-chave: TDAH; Inclusão escolar; Diagnóstico.
Introdução
Tendo em vista que cerca de 5.961 jovens de 18 estados do Brasil, sendo 4,4% de crianças e adolescentes entre 4 a 18 anos sofrem de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, e que este índice, por sua vez, assemelha-se ao percentual observado em outras partes do mundo que desvelam a presença de TDAH em 5% dos jovens, segundo o médico Marcos Antônio Arruda, diferentemente da maioria dos países a França apresenta um percentual em torno de 0,5 a 1% de crianças e jovens diagnosticados com TDAH. A principal diferença percentual poderia ser dada pela forma classificatória de cada país, pois enquanto nos Estados Unidos, assim como no Brasil, o sistema classificatório se dá através do DSM, ou seja, Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, na França, é utilizado um sistema próprio criado pela Federação Francesa de Psiquiatria.

Nos Estados Unidos da América, este transtorno foi explicitado como uma doença de base biológica, ou neurobiológica, enquanto na França, aponta-se como um distúrbio de efeito psicológico causado por fatores ambientais e/ou sociais. A partir dessas divergências de explicações e classificações surgiu o seguinte questionamento: “Por que o TDAH não pode ser considerado como um transtorno somente de base biológica ou apenas de rigor social?”.

As origens epistemológicas do TDAH ainda se apresentam muito controversas e com teor igualmente polêmico, e foi a partir de questões duvidosas e intrigantes que se manifestou o interesse para que houvesse um melhor aprofundamento no assunto e compreensão quanto as causas de quem se baseia e apresenta o TDAH como algo decorrido de uma situação ambiental e social, ou então, proveniente de um transtorno de base biológica. Diante disso, acredita-se, portanto, que esta pesquisa será relevante visando aguçar os motivos pelos quais o TDAH se conceitua de modo tão controverso, assim como apresenta relevância significativa por abordar questões inerentes à inclusão dessas crianças.


Catálogo: upload -> trabalhos -> t1arquivo
t1arquivo -> Agostinho josé de souza lima e o ensino da medicina legal
t1arquivo -> Experiência da 1ª Liga Acadêmica de Ciências Forenses (lacforense): a interface entre a Academia e os Órgãos de Perícia na divulgação das Ciências Forenses
t1arquivo -> DisfunçÃo cognitiva como sequela única de lesão de tálamo direito por acidente vascular cerebral isquêmico idiopático em jovem: relato de caso
t1arquivo -> Aprender e ensinar nas águas do rio linha anta II divisão Temática
trabalhos -> AdministraçÃo escolar: introduçÃo pós-crítica paulo Henrique Costa Nascimento. Graziela Zambão Abdian
t1arquivo -> Estudo dos clássicos da filosofia e do pensamento educacional: a experiência de um grupo de leitura, interpretaçÃo e debate. Divisão Temática
t1arquivo -> Dellen escleral bilateral após cirurgia de estrabismo: um relato de caso com tomografia de coerência óptica de segmento anterior (as-oct)


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal