O continente africano e a formação do sistema atlântico


Crescimento e transformações internacionais



Baixar 28.21 Kb.
Página15/28
Encontro17.03.2020
Tamanho28.21 Kb.
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   28

Crescimento e transformações internacionais

  • Contudo, durante três ou quatro séculos, antes da chegada de Colombo ao Novo Mundo, a Europa Ocidental passou por algumas importantes mudanças estruturais.
  • Na Idade Média, o crescimento da população e sua redistribuição regional estimularam consideravelmente o comércio inter-regional e internacional.
  • Conseqüentemente, tais fatores também permitiram importantes transformações institucionais em certo número de países

O mercantislimo europeu e as trocas intraeuropeias

  • Um comércio muito ativo organizou-se em torno do transporte marítimo de mercadorias da África e das Américas: os escravos africanos partiam rumo às Américas, enquanto os produtos agrícolas e metais preciosos eram enviados das Américas rumo à Europa Ocidental.
  • A título de exemplo, as quantidades de açúcar legalmente importadas das Américas pela Europa Ocidental atingiram, no mínimo, 151.658 toneladas por ano, em 1740-1750, e 193.005 toneladas em 1760-177025.
  • Em razão das restrições impostas pelos países colonizadores da Europa Ocidental sobre os fluxos de mercadorias na entrada e na saída de suas colônias, a distribuição dos seus produtos americanos, na Europa, tornou-se um fator primordial para o crescimento das trocas intraeuropéias nos séculos XVII e XVIII. A Inglaterra, a França e a Holanda constituíram os principais beneficiários dessa evolução.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   28


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal