Nsds guidelines resumo



Baixar 343.24 Kb.
Página40/174
Encontro30.06.2021
Tamanho343.24 Kb.
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   ...   174













Fase de Projeto


Relacionado a

  • 1 Reconhecimento

  • 2 Compreensão

  • 3 Preparação

  • 4 Avaliando

  • 5 Previsão

  • 6 Identifcação de objectivos estratégicas

  • 7 Elaboração dos planos de acção

 





























1 Reconhecimento


VUE version

OsGovernos e as altas autoridades dos sistemas nacionais de estatísticas devem tomar a consciência e reconhecer que as estatísticas são indispensáveis para o desenvolvimento, que o sistema de estatística existente é frágil e que muitas vezes não responde cabalmente à demanda, e que é importante adoptar uma abordagem de planificação estratégica tal como a ENDE de modo a operar mudanças.



 

1. ESTATÍSTICAS DE QUALIDADE SÃO IMPORTANTES PARA O DESENVOLVIMENTO



Estatísticas de qualidade (adequadas aos fins a que se destinam) criam a base e a evidência necessária para a elaboração e monitoria efectiva das políticas de desenvolvimento, para ajudar os governos a identificar as melhores medidas a tomar na abordagem de problemas complexos e a gerir a prestação efectiva dos serviços básicos. Estatísticas de qualidade são boas apenas quando têm a dimensão e profundeza da cobertura para satisfazer todas as políticas e necessidades dos usuários.

Estatísticas de qualidade também melhoram a transparência e a responsabilização da elaboração de políticas, pois as duas são importantes para boa governação, pois permitem que a comunicação social, organizações não-governamentais e cidadãos julguem o sucesso das políticas do governo e responsabilizar os seus governos por essas políticas e para elaborar propostas. Elas também criam uma base para a elaboração, gestão, monitoria, e avaliação dos quadros de políticas nacionais e de qualquer quadro regional ou internacional de desenvolvimento que o país tenha adoptado.

Estatísticas boas e fiáveis são importantes para as organizações internacionais e outros doadores: elas são vitais para “a Gestão Centrada nos Resultados no que Concerne ao Desenvolvimento”, com responsabilização mútua entre beneficiários e doadores. Estas precisam de avaliar onde a ajuda é mais necessitada, se os recursos são usados de uma forma eficiente, para medir o progresso, e para avaliar os resultados.

 

2. ESTATÍSTICAS DE QUALIDADE SÃO PRODUZIDAS PELO SISTEMA NACIONAL DE ESTATÍSTICAS



Estatísticas oficiais são produzidas pelo sistema nacional de estatística, as estruturas criadas com unidades basicamente do sector public. A missão técnica das estatísticas oficiais é dar ao governo, organisações públicas, o sector privado, a comunicação social, a sociedade civil, organizaçoes políticas, cidadãos, representantes eleitos, e parceiros externos dados necessários em todas áreas de modo a tomar decisões informadas.

Em muitos países em desenvolvimento, contudo, os sistemas estatísticos são frágeis. Estão sob uma crescente pressão e ainda tem falta de capacidade para produzir, analisar e usar a gama e a qualidade de estatísticas necessárias para apoiar o progresso de desenvolvimento efectivo. Os programas de pesquisa dificilmente trazem o fluxo necessário de dados fiáveis, oportunos, comparáveis, e acessíveis; o período (timing) das pesquisas nacionais não é sempre ideal; os programas de recolha de dados ainda enfrentam problemas de consistência metodológica; e os dados existentes muita das vezes não são amplamente explorados. Nova demanda pelos dados, dos processos tais como a crescente ênfase sobre os resultados de gestão, deixam os já fracos sistemas de estatísticas sob uma considerável pressão. Ao mesmo tempo, os gestores dos sistemas nacionais de estatísticas (SNE) e em particular os institutos nacionais de estatísticas (INEs) estão sob pressão para reduzirem despesas, cortar custos, melhorar a eficiência, e ter de fazer isso com poucos recursos financeiros e humanos. Como resultado, muitos sistemas de estatísticas estão ainda a enfrentar problemas, relacionados com confiança pública reduzida na fiabilidade e integridade dos dados e com capacidade limitada para virar o rumo da situação a curto prazo.

 
3. ESTATÍSTICAS DE QUALIDADE REQUEREM ORGANIZAÇÃO E PLANIFICAÇÃO



Todas agências efectivas de estatísticas precisam de planificar e gerir as suas actividades estrategicamente de uma forma colectiva de modo a lidar com situações em que a oferta de estatísticas não responde à procura, quando melhorias são necessárias em áreas críticas do sistema nacional de estatísticas e em que fraquezas básicas foram identificadas, quando os recursos são limitados e o seu uso tem de ser priorizado, ou quando há necessidade de melhorar o perfil de estatísticas e para desenvolver uma procura sustentada de produtos e serviços estatísticos.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   36   37   38   39   40   41   42   43   ...   174


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal