Nsds guidelines resumo


Estratégias recomendadas para o Desenvolvimento Estatístico dos SIDS



Baixar 343.24 Kb.
Página111/174
Encontro30.06.2021
Tamanho343.24 Kb.
1   ...   107   108   109   110   111   112   113   114   ...   174
Estratégias recomendadas para o Desenvolvimento Estatístico dos SIDS

As estatísticas são consideradas como sendo um mecanismo importante facilitador para a consecução dos objectivos de desenvolvimento sustentável dos SIDS


O seu papel na planificação do desenvolvimento está claramente plasmado no Percurso das Modalidades de Acção Acelerada (SAMOA) dos SIDS, o documento final da 3a Conferência Internacional sobre os SIDS, que destaca que “a recolha de dados e análise estatística são necessárias para permitir que os SIDS planifiquem eficientemente, façam o acompanhamento de, façam a avaliação da implementação de, e monitorem os sucessos no alcance dos objectivos internacionais de desenvolvimentos acordados“.

A procura crescente por dados é inevitável e os sistemas estatísticos nos SIDS precisarão de equilibrar a procura nacional, regional e internacional por dados e os requisitos de elaboração de relatórios. Existem algumas recomendações que podiam acelerar e manter o desenvolvimento estatístico nos SIDS em apoio ao desenvolvimento nacional.



Advocacia e compromisso político.

Por exemplo, a Comunidade do Pacífico (SPC), o Secretariado da Comunidade das Caraíbas e Mercado Comum ou CARICOM e a Organização dos Estados da Caraíba Oriental (OECS) dedicaram uma unidade estatística e/ou programa que estão activamente envolvidos no desenvolvimento das estatísticas regionais, prestando o apoio tão necessitado aos seus membros dos PEID. O programa de advocacia dever ter como alvo as altas individualidades do governo de modo que a consciência do papel das estatísticas possa conduzir ao compromisso político na reforma e financiamento do SNE. De modo a criar e reforçar efectivamente o SNE dos SIDS, a literacia estatística sobretudo do sector privado, sociedade civil e da comunicação social devem igualmente serem melhoradas.

A advocacia estatística é parte integral do processo da ENDE – nas fases inicial, intermédia e final. Na fase inicial do processo da ENDE, a advocacia deve ser direccionada às altas individualidades do governo, preferencialmente ao nível do Primeiro Ministro incluindo ministérios chave tais como os de planificação e finanças. Na fase intermédia, a advocacia pode ter como alvos as outras agências de produção de dados, usuários de dados do governo, sector privado e organizações não-governamentais pode ser feito através de diálogos e consultas entre usuários e produtores de estatísticas. Numa fase a posterior, a disseminação da ENDE e advocacia para incentivar apoio para a sua implementação é um compromisso importante.

Advocacia de nível regional e compromisso político também servem como um factor positivo para encorajar países a desenvolver as suas ENDEs como no caso da CARICOM em que o Plano de Acção para Estatísticas da região aprovado na Conferência dos Chefes de Governo da CARICOM reforça a exortação para os Chefes de Estado das Caraíbas apoiarem o desenvolvimento da ENDE e da RSDS.



Baixar os custos de recolha, processamento e divulgação de dados.

O custo associado à criação de um “sistema estatístico” padrão está longe do alcance da maioria dos SIDS. Esforços deviam ser empreendidos para reduzir os custos de estatísticas. Existem duas formas que podem ser seguidas:


1   ...   107   108   109   110   111   112   113   114   ...   174


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal