Normas da abnt doc


TIPOS OU FONTE (ESTILO DE LETRA)



Baixar 79.69 Kb.
Pdf preview
Página10/19
Encontro17.03.2020
Tamanho79.69 Kb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   19
6.6 TIPOS OU FONTE (ESTILO DE LETRA): empregam-se maiúsculas (tipo caixa alta) nos sobrenomes dos autores individuais, nos nomes 

de entidades coletivas, nos títulos de periódicos e na primeira palavra do título quando constituírem a entrada da referência. 



6.7 ELEMENTOS DE REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA  

6.7.1 AUTORIAS: 

a) Autor pessoal: responsável pela criação, conteúdo intelectual ou artístico de um documento. Inicia -se a entrada pelo último sobrenome do 

autor, em letra maiúsculas, seguido pelo(s) nome(s). Emprega-se vírgula entre o sobrenome e o(s) nome(s). Os nomes são transcritos como 

aparecem nos documentos. 

Ex.: SILVA, L 

TEIXEIRA, J. S. 

b) Sobrenomes ligados por hífen: DUQUE-ESTRADA, O. 

c) Sobrenomes que indicam parentesco: ARARIPE JÚNIOR, I. A. 

FERRARI FILHO, H. 

d) Sobrenomes compostos de um adjetivo mais um substantivo. 

Ex.: CASTELO BRANCO, C. 

ESPÍRITO SANTO, H. 

SANTA CRUZ, A. 

e) Sobrenomes cuja forma composta é a mais conhecida: 

EÇA DE QUEIROZ, J. M. 

MACHADO DE ASSIS, A. M. 

f) Sobrenomes espanhóis: 

GARCÍA MÁRQUEZ, G. 

RODRIGUEZ LARA, J. 

g) Documentos elaborados por um autor, dois autores, três autores, mais de três autores: 

HUNT, L. 




HUNT, L. ; HUBBERMAN, J. 

HUNT, L. ; HUBBERMAN, J. ; SILVA, M. 

6.7.2 ENTRADA COLETIVA 

Autor, entidade, instituição(ões), organização(ões), empresa(s), comitê(s), entre outros, responsável(eis) por publicação em que não se 

distingue autoria pessoal. Trabalhos de cunho administrativo ou legal. Ex.: 

No texto: 

(FUNDAÇÃO, 1982, p.57) 

Na bibliografia: 

FUNDAÇÃO DE ECONOMIA E ESTATÍSTICA. Agricultura no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: 1982 (25 Anos da Economia Gaúcha, v. 3) 

6.7.3 Quando a entidade coletiva é hierarquicamente vinculada aos governos federal (Ministério), estadual e municipal (Secretarias), 

conselhos e universidades: 

No texto: 

BRASIL (1995, p.125) 

RIO GRANDE DO SUL (1996, p.101) 

PORTO ALEGRE (1997, p.27) 

CONSELHO (1987, p.5) 

UNIVERSIDADE (1985, p.30) 

Na bibliografia: 

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. A educação no Brasil ano 2000. Brasília: 1995. 223 p. 

RIO GRANDE DO SUL. Secretaria de Agricultura. Agricultura em números. Porto Alegre: 1995. 193 p. 

PORTO ALEGRE. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. Departamento Municipal de Águas e Esgotos. Relatório anual. Poro Alegre: 1997. 190 

p. 


CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos de cursos de graduação. 8 ed. rev. atual. Brasília: 1987. 498 p. 

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Estatuto, regimento geral. Porto Alegre: 1985. 74 p. 

6.7.4 Trabalho apresentado em eventos (congressos, encontros, simpósios etc.): 

MALDONADO FILHO, E. A transformação de valores em preço de produção e o fenômeno da absorção e liberação de capital produtivo. In: 

ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 15. Salvador: ANPEC, 1-4, dez. 1975. Anais... p. 157-75. 

6.7.5 Evento no todo: 

SIMPÓSIO BRASILEIRO DE REDES DE COMPUTADORES, 13. 1995. Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 1995. 655 p. 

6.7.6 Eventos em meio eletrônico, no todo ou em parte: 

CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPel, 4. 1995. Recife. Anais eletrônicos... Recife: UFPel, 1996. Disponível em 

http://www.propesq.ufpel.br/anais/anais.htm. Acesso em 21/jan/97. 

GUNCHO, M. R. A educação à distância e a biblioteca universitária. In: SEMINÁRIO DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 10. 1998. Fortaleza. 

Anais...Tec Tralha, 1999. 1 CD. 

6.7.7 Publicações anônimas ou não assinadas: entrar diretamente pelo título, sendo a primeira palavra em maiúscula. 

ANTOLOGIA Latina. 6 ed. Madrid: Credos, 1968. 291 p. 

6.7.8 Coletânea de textos: 



Autor, coordenador, editor diferentes da parte referenciada: 

BACHA, L. Hierarquia e remuneração gerencial. In: TOLIPAN, R. ; TINELLI, A. C. A Controvérsia sobre Distribuição de Renda e 

Desenvolvimento. Rio de Janeiro: Zahar: 1975. p. 124-55 (Biblioteca de Ciências Sociais) 

BERTOLA, G. ; CAVALLERO, R. Sustainable intervention polices and exchange rate dinamics. In: KRUGMAN, P. e MILLER, M. (eds) Exchange 

Rate Target and Currency Banks. Cambridge: University Cambridge, 1992. 

Autor, coordenador, editor igual ao autor da parte referenciada. 

GAROFALO, L. ; CARVALHO, C. Teoria Microeconômica. 2 ed. São Paulo: Atlas, 1986. Cap. 4 Os modelos de formação de preços. p.338-59. 




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   19


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal