Nome da disciplina: didática



Baixar 81.67 Kb.
Encontro29.10.2019
Tamanho81.67 Kb.

NOME DA DISCIPLINA: DIDÁTICA

 DIDÁTICA




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




CÓDIGO: CEL 0304

 108 – ESTADOS  




TÍTULO DA ATIVIDADE ESTRUTURADA: 




PLANEJAMENTO DIDÁTICO: PLANO DE AULA




OBJETIVO:




1) Conhecer os elementos que constituem o plano didático: objetivos educacionais, conteúdos escolares, metodologia do ensino, recursos didáticos, avaliação, fontes de consulta;

 

2) Elaborar um plano de aula;



 

3) Aprender a delimitar objetivos educacionais;

 

4) Refletir sobre o sentido da temática de estudo.


















COMPETÊNCIAS/HABILIDADES:




 

         Objetividade;

         Organização do pensamento;

         Visão crítica sobre a docência












DESENVOLVIMENTO:




 

A atividade estruturada da disciplina DIDÁTICA será realizada em 2 (duas) etapas, abaixo elencadas. Os arquivos produzidos em cada etapa deverão ser armazenados para reaproveitamento na etapa final.

 

         1ª etapa) O aluno do curso de formação docente deverá organizar um roteiro de entrevista que será realizada com um professor da educação básica, solicitando sugestões sobre como elaborar seu plano didático. Os graduandos do curso de Pedagogia deverão entrevistar um professor do Ensino Fundamental I; porém, antes de entrevistar o professor, deverá escolher uma das disciplinas em questão: Geografia, História, Matemática, Língua Portuguesa ou Ciências Biológicas e, a partir daí, delimitar o tema de aula para iniciar a elaboração do seu plano de aula.



         2ª etapa) Elaborar o plano de aula, delimitando 2 objetivos específicos, 1 geral, metodologia ou procedimento adotado, recursos didáticos que poderão ser utilizados para tratar o assunto da aula, avaliação e fontes de consulta.

 

       Os demais alunos dos cursos de licenciaturas: Letras, História, Matemática, Ciências Biológicas, Geografia deverão:



 

             . 1ª etapa) Organizar um roteiro de entrevista que será realizada com um professor do Ensino Fundamental II ou do Ensino Médio, solicitando sugestões sobre como elaborar o plano didático. O licenciando de História deverá entrevistar um professor de História; o licenciando de Geografia deverá entrevistar um professor de Geografia; o licenciando de Letras poderá entrevistar um professor de Língua Portuguesa, Espanhol, Inglês ou outro idioma e assim sucessivamente.

 

                 . 2ª etapa)  Elaborar o plano didático (plano de aula), delimitando o tema da aula referente à sua área, delimitando 2 objetivos específicos, 1 geral, metodologia ou procedimento adotado, recursos didáticos que poderão ser utilizados para tratar o assunto da aula, avaliação e fontes de consulta.



 

  Roteiro de entrevista



















































PRODUTO/RESULTADO:

 

Entrevistada: Professora Vanessa de Souza Freitas.

Escola: Municipal Padre Waldemar.

Série: 2 ano.

Itaúna, Minas Gerais.
1)Como deve ser um planejamento das atividades diárias?

R) Deve ser dinâmico e flexível.
2)O que não pode faltar num planejamento diário?

R) Leitura, estratégias de exploração da escrita, exploração do vocabulário, escrita, reflexão,

Sistematização, oralidade.



3) E o que não pode faltar em um planejamento mensal?

R) Histórias para deleitar, explorar as estruturas de novos gêneros textuais, intercâmbio de

mensagens entre turmas ou escolas, murais temáticos sobre um tema estudado.


4) Na sua opinião cite um nome de um grande educador?

R) Paulo Freire.
5) Um pensamento que você traz consigo no seu dia a dia para a sala de aula?

R) “ Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo.

Todos nós sabemos alguma coisa.

Todos nós ignoramos alguma coisa.

Por isso apreendemos sempre .“ (Paulo Freire).






































































 

 





PLANO DE AULA – Língua Portuguesa



Data:

EIXOS
Leitura

CAPACIDADE

Desenvolver atitudes e disposição favoráveis à leitura;

Desenvolver capacidades necessárias à leitura com fluência e inferir informações em textos.



Objetivos:

  1. Identificar as finalidades e funções da leitura do reconhecimento do suporte, do gênero e contextualização do texto;

  2. Levantar e confirmar hipóteses relativas ao conteúdo do texto que está sendo lido;

  3. Localizar informações no texto;

  4. Ler oralmente com fluência e expressividade.


Desenvolvimento:

Introdução (oralidade): Roda de conversa

Pergunta aos alunos:



  1. O que é um segredo?

  2. Vocês guardam algum segredo?

  3. Vocês já trocaram segredos com amigos?

  4. Quando algum amigo lhe conta um segredo, você conta para outras pessoas?

  5. Vocês conhecem brinquedos antigos? Quais?

  6. Qual é a diferença entre brinquedos do tempo dos nossos avós e os atuais?

Falar um pouco sobre o texto que fala sobre segredos e brinquedos antigos.

Apresentar aos alunos a capa do livro de onde se extraiu a o texto que será lido. Pedir que eles observem bem o que nela está escrito. Explorar todos os elementos que contam da capa.

Instigá-los quanto ao conteúdo do livro: De que assunto o texto deve falar?




Nome do livro, da história

Nome do autor do livro

Nome da ilustradora

Nome da editora


Sistematização (concreto)

Convidar os alunos a participarem de uma atividade lúdica;

Dividi-los em três grupos. Cada grupo deverá desenvolver uma atividade com o tipo de brinquedo de que dispõe.

Grupo 1: brincadeira de ioiôs;

Grupo 2: brincadeira de varetas;

Grupo 3: brincadeira de bola.


Depois que brincarem o professor apresentará os brinquedos disponibilizados aos grupos e as atividades que podem ser desenvolvidas com esses brinquedos.


Consolidação (Papel)

Entregar o texto impresso para os alunos lerem e solicitar que façam uma leitura silenciosa do texto;

Propor à turma a leitura dirigida do texto, observando a demarcação (a cada parágrafo, levar os alunos a hipotetizar, a fazer interfências)

Repetir a leitura até que todos os alunos tenham lido um dos trechos do texto.


Troca de Segredos – Autor: Ronaldo Simões

Vovô chega com um pacote e não o larga por nada.

-Vovô, que embrulho é esse?

-Isso não é um embrulho. É o meu cofre, onde guardo meus segredos.

Vovô abre seu embrulho e vai retirando as coisas que estão lá dentro.



Vai me mostrando coisas que guarda a vida toda: uma coleção de tampinhas de cerveja, um álbum de figurinhas do Carlitos, uma coleção do Tico-Tico, dois times de futebol de botão com goleiros feitos de caixinhas de fósforo, uma porção de piões, ferrinhos de jogar finca, um carrinho movido a corda e que não cai da mesa, um papagaio feito com papel chinês, arco e flechas de bambu, um diabolô, um bilboquê, um tabuleiro de damas e um jogo de xadrez, além de outras coisas mais.

Não vejo nenhum segredo em nada daquilo. Para mim são lembranças do seu tempo de menino.

Fico meio sem graça. Coleções eu também tenho. É verdade que nunca soltei papagaio, nem nunca joguei futebol de botão, assim como ignoro como se joga pião e diabolô.



Depois de algum tempo eu convido o vovô para jogar videogame. Coitado, nunca vi ninguém mais sem jeito. Não consegue fazer nenhum ponto. Parece que não entende as regras do brinquedo.

Ele se cansa de me ver jogar e me convida para brincar de pião. Me entrega o pião e fico sem saber o que fazer.



Ele pega outro pião, passa a fieira em volta dele, faz um gesto rápido com a mão e o pião está ali rodando, rodando. Já preparou outro e logo outro, e três piões juntos se movimentam.

Na hora de i embora, ele me pede emprestado o videogame e eu lhe digo:

- Pode levar, mas deixe uns piões comigo.

Ele me entrega todos e eu fico horas treinando.



Passam-se os dias. Fico sabendo que o vovô está ganhando disparado de seus amigos no videogame. Ele ainda não sabe que na próxima semana vai haver um campeonato de pião na escola e eu sou o favorito, pois descobri todos os segredos do pião.
COELHO, Ronaldo Simões – Troca de segredos. Belo Horizonte: Lê, 1995, p. 5- 14.


Após a leitura, os alunos deverão responder as seguintes questões:

  1. Quem são os personagens que aparecem na história?

  2. No trecho : "...são lembranças do seu tempo de menino.", o tempo de menino se refere a algo que vai acontecer ou já aconteceu?

  3. Onde aconteceu a história?

  4. Que segredos o menino e seu avô trocaram?

  5. Por que o menino pede emprestado o pião as seu avô e fica horas treinando?

  6. No texto o menino pensa "...descobri todos os segredos do pião." O que significa descobrir todos os segredos do pião?

Avaliação:

  1. Nome de um brinquedo que é considerado o avô do ioiô:






















  2. Brinquedo cujo nome começa por uma vogal. É formado por dois discos unidos no centro, onde é presa uma corda:













  3. DIABOLÔ é um brinquedo chinês antigo, considerado o avô do ioiô. Na sua opinião, por que o diabolô é considerado o avô do ioiô? ______________________________________________

  4. Como o menino descobriu os segredos do pião? _____________________________________


Retomada: se necessário.




 

Entrevistada: Professora Vanessa de Souza Freitas.

Escola: Municipal Padre Waldemar.

Série: 2 ano.

Itaúna, Minas Gerais.
1)Como deve ser um planejamento das atividades diárias?

R) Deve ser dinâmico e flexível.
2)O que não pode faltar num planejamento diário?

R) Leitura, estratégias de exploração da escrita, exploração do vocabulário, escrita, reflexão,

Sistematização, oralidade.



3) E o que não pode faltar em um planejamento mensal?

R) Histórias para deleitar, explorar as estruturas de novos gêneros textuais, intercâmbio de

mensagens entre turmas ou escolas, murais temáticos sobre um tema estudado.


4) Na sua opinião cite um nome de um grande educador?

R) Paulo Freire.
5) Um pensamento que você traz consigo no seu dia a dia para a sala de aula?

R) “ Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo.

Todos nós sabemos alguma coisa.

Todos nós ignoramos alguma coisa.

Por isso apreendemos sempre .“ (Paulo Freire).



3ª etapa) Elaboração do plano didático


PLANO DE AULA – Língua Portuguesa

Data:

EIXOS
Leitura

CAPACIDADE

Desenvolver atitudes e disposição favoráveis à leitura;

Desenvolver capacidades necessárias à leitura com fluência e inferir informações em textos.





































































 

 


Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal