Ne: instalação de engenhos de açúcar


Os negros da Guiné são bons, mas não tão fortes, de sorte que a maior parte é utilizada nos trabalhos domésticos



Baixar 223.39 Kb.
Página12/12
Encontro29.10.2019
Tamanho223.39 Kb.
#1017
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12

Os negros da Guiné são bons, mas não tão fortes, de sorte que a maior parte é utilizada nos trabalhos domésticos

Os do Cabo Verde são os melhores e os mais robustos de todos e são os que custam mais caro aqui

Os produtos do país que servem para o comércio são principalmente o açúcar e a madeira de tinturaria, depois o tabaco, couros, algodão, etc.

Os produtos do país que servem para o comércio são principalmente o açúcar e a madeira de tinturaria, depois o tabaco, couros, algodão, etc.

Há nesta capitania 18 engenhos, dos quais uns são movidos a água e outros a boi e todos estão situados no rio Paraíba

O primeiro pertence a um português e tem partido que pertence propriamente ao engenho e o resto das canas é fornecido pelos monges de São Bento

O segundo engenho é também movido a água; o proprietário fugiu com Albuquerque e por isso foi confiscado, mas não pode moer porque levaram os tachos e os negros fugiram

O açúcar estando fabricado e encaixado é conduzido para certos passos ou armazéns situados à margem do rio Paraíba, para poder ser facilmente embarcado; há presentemente dois deles, um pertencente a Paulo de Almeida do lado norte do rio e o outro a Manuel de Almeida

O açúcar estando fabricado e encaixado é conduzido para certos passos ou armazéns situados à margem do rio Paraíba, para poder ser facilmente embarcado; há presentemente dois deles, um pertencente a Paulo de Almeida do lado norte do rio e o outro a Manuel de Almeida

Esses passos têm seus privilégios, ninguém podendo ter outro perto deles

Toda caixa que é trazida ali paga por todo o tempo que permanecer um schelling, se a marcarem mais um, e se a quiserem pesar mais dois

Todo o açúcar que é levado ali toma o competente registro num livro, assim como quando sai de lá

Alguém que leve lá algum açúcar recebe um recibo do senhor do passo o qual apresenta juntamente com uma amostra aos que o quiserem comprar e, tendo-o vendido, entrega a nota ao comprador que retira por meio dela o seu açúcar

Fonte: Fontes para a História do Brasil Holandês. 2. Administração da Conquista. Texto editado por José Antônio Gonsalves de Mello. MinC, Fundação Pró-Memória, 1985



Baixar 223.39 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal