Mozambique Lake Niassa and its coastal Zone ris 2009 e final 11 may 2009



Baixar 241.99 Kb.
Encontro11.12.2019
Tamanho241.99 Kb.


Bibliographical references:
ACNUR/PNUD (1996). Perfis de desenvolvimento distrital.
Acord-Lago –Moz 4 (1997). Apoio às comunidades costeiras do Distrito do Lago: Relatório anual 1996 Metangula (Março de 1997)

Administração Do Distrito Do Lago (1999). Breve informação sobre a situação geral do Distrito, por ocasião da visita do Exmo Senhor Director Provincial para a Coordenação da Acção Ambiental do Niassa, Metangula (Relatório de 2 de Julho de 1999).

Afonso, R. S. (1976). A Geologia de Moçambique- nota explicativa da Carta Geológica de Moçambique 1:2.000.000 Maputo: Imprensa Nacional de Moçambique.

Afonso, Rui S. & Marques, João M. (1993). Recursos Minerais da República de Moçambique- Contribuição para o seu conhecimento Lisboa: IICT e DNG.

Amade, Mussa (1999). Lago Niassa- Da relação população e recursos costeiros à poluição lacustre: o caso da Vila de Metangula, III Jornadas de Investigação Ambiental- Maputo; Lichinga, Julho de 1999, (não editado)

António, Alexandre & OMAR, Lúcia Laurentina (2001). Alguns usos e custumes matrimoniais dos grupos linguísticos Makua, Yao, Nyanja e Ngoni da Província do Niassa.. Maputo, Instituto de Investigação Sócio- cultural (ARPC) – no prelo.

António, Alexandre (1996). Processos e problemas de reconstrução social pós-guerra civil: o caso do Distrito de Lago-Niassa, Maputo: Dissertação de licenciatura em História, apresentada ao Departamento de História, Faculdade de Letras, Universidade Eduardo Mondlane, (Mimeografado).

Benson & Benson (1977).

Boletim Da República, 22, 31 de Maio de 1938, I série, 4º Suplemento (p.114 (39).

Boletim Da República, 34, 25 de Agosto de 2000, I série, Suplemento (pp.33-35). Regulamento do Decreto nº15/2000, de 20 de Junho

Boothe V. (2000). Lake Malawi / Niassa / Nyasa: Socio-Economic Reconnaissance. WWF SARPO
Chafota, J. (2000). Lake Malawi/Niassa/Nyasa Ecoregion: Report on the Reconnaissance Workshop. WWF SARPO
Chafota, J., Burgess, N., Thieme, M. and Johnson, S., (2005). Lake Malawi/Niassa/Nyasa Ecoregion Conservation Programme: Priority Conservation Areas and Vision for Biodiversity Conservation. WWF Southern Africa Regional Programme Office. Harare. Zimbabwe.88 pp.

Comissão Provincial Do Plano Do Niassa (1993). Informações gerais sobre o Distrito do Lago, Província do Niassa Lichinga: Mimeografado/instrumento de trabalho (anexo 10).

DANIDA (2000). Projecto de gestão integrada da zona costeira de Moçambique.
Delegação Provincial De Estatística Do Niassa (1997). Censo`97: Apuramento Preliminar da População do Niassa Lichinga: Mimeografado/Instrumento de Trabalho.

Direcção De Censos E Inquéritos/Ine (1997). Nomenclatura da divisão política e administrativa do país por províncias, 01: Província do Niassa, Distrito, Maputo, instrumento de trabalho,s/pg.

Direcção Nacional De Estatística (1999). II Recenseamento Geral da população e Habitação, 1997: Resultados definitivos-Província do Niassa” Maputo: INE, Julho de 1999.

Direcção Nacional De Estatística (CNP) (1991). População e agregados familiares nas cidades e alguns distritos e postos administrativos, Junho de 1991, Série Estimativas Demográficas, Documento nº1, Maputo: Unidade de População e Planificação.

DNG (Direcção Nacional de Geologia), 1993. Geomorphical Map of Mozambique (1:1,000,000)

Direcção Nacional De Saúde- Misau (1997). Métodos de análise de água: com orientações para interpretação dos resultados/ parâmetros químicos e bacteriológicos, Maputo: Laboratório Nacional de Higiene de Alimentos e Águas/Central Impressora.

Direcção Provincial Para A Coordenação Da Acção Ambienta Do Niassa/Micoa (1999). Perfil Ambiental do Niassa, Lichinga, DPCAN/SPPFN, Junho de 1999 (não editado).

Duponchelle, Fabrice & RIBBINK, Anthony J. (Edrs), (2000). General Introdution in DuponchellE, Fabrice & RIBBINK, Anthony J. (Edrs) “Fish ecology report, Lake Malawi/Nyasa/Niassa, Biodiversity Conservation Project, SADC/GEF, Malawi, 2000 (pp.1-4).

Fellemberg, Gunter (1980). Introdução aos problemas de poluição ambiental, São Paulo: E. P. U.- Springer: Editora da Universidade de São Paulo.

Gove, Domingos (2001). Biophysical Perspective of the Use and Management of the Mozambican Component of the Lake Niassa. In: Proceedings of the Lake Malawi-Niassa-Nyasa Ecoregion Stakeholder Consultative Workshop Eastern African marine Ecoregion. Maputo, Mozambique.

Halafo, J. (2008). Habitats Aquaticos, Diversidade Biológica Aquática, Pesca e Proposta de Medidas de Gestão no Lago Niassa. WWF. Lichinga. 56 pp.

IDEPP (1997). Projecto de reabilitação da capacidade da Pesca e da comercialização de pescado no Lago Niassa.
IDPPE (1996). A pesca no Lago Niassa: Estudo Sócio-Económico.
IDPPE (1996) Caracterização da Pesca artesenal da Província do Niassa: Constrangimentos e Desafios.
IDPPE (1996). Recenseamento da pesca artesenal na Província de Niassa.
Instituto De Desenvolvimento De Pesca De Pequena Escala (1996). Relatório Anual, 1995, Maputo: s/ed, 1996.

Instituto Nacional De Geologia/ Mirem (1987). Carta Geológica, 1:1.000.000, Maputo: s/ed.

Instituto Nacional De Geologia/ Mirem (1995). Carta Geomorfológica, 1:1.000.000, Estocolmo: Esselt Map Service.

Instituto Nacional De Investigação Agronómica (1992 A). Carta de Solos, 1:1.000.000, Maputo: INIA.

Instituto Nacional De Investigação Agronómica (1992 b). Legenda explicativa da Carta de Solos de Moçambique 1:1.000.000, Províncias de Maputo e Gaza – (Aplicável às outras Província)., Maputo: INIA.)

Konings, A. (1995). The Cichlids Yearbook. Volume 4. Cichlid Press. St. Leaon-Rot. Germany.

Lobo, Luciano (1961). A divisão das águas do Lago Niassa e o aproveitamento das águas do rio Chire in Moçambique: documentário 105, Janeiro/Julho, Lourenço Marques, Centro de Informação e turismo de Moçambique (pp.34-47).

MAE, INPF & DINAGECA (1987). Moçambique: divisão territorial, 1986, Maputo: INPF. MINED (Ministry of Education), 1996. Geographical Atlas. Vol. I.

Massinga, Alfredo (1997). Conservação dos recursos do Lago Niassa/Malawi: uma visão geral in MUNCH-PETERSEN et al (1997),“Plano Director Nacional (Master Plan) para o

desenvolvimento do turismo em Moçambique”, Relatório de Consultoria, Maputo: s/ed.(Anexo 7F).

Matucho, António e Teófilo, Celestina (1999). Diagnóstico ambiental do Distrito do Lago, 1998 Draft, Lichinga: Instrumento de trabalho.

Mazula, A. Jonassane (1970). História dos Nianjas, 2ª edição, Lourenço Marques: Minerva Central.

Medeiros, Eduardo da Conceição (1997) “História de Cabo Delegado e do Niassa’, c. 1836- 1929 Maputo: Central Impressora.

MICOA/CTIIGC, UICN-Moçambique & NORAD (1998). Macrodiagnóstico da zona costeira de Moçambique, Documento Principal, Maputo: Imprensa Universitária, Julho de 1998.

Ministério Da Educação/RPM (1986). Atlas Geográfico. Vol. 1, Edição revista e actualizada, Estocolmo: Esselt Map Service AB.

Ministério Para A Coordenação Da Acção Ambiental (1999). Regulamento sobre o processo de Avaliação do Impacto Ambiental Maputo: MICOA.

Ministério Para A Coordenação Da Acção Ambiental (1996). Programa Nacional de Gestão Ambiental Maputo: Publicita.

Munch-Petersen et al (1997). Plano Director Nacional (Master Plan) para o desenvolvimento do turismo em Moçambique, Relatório de Consultoria, Maputo: s/ed.

Newman, et al. (1992).

Nogueira, Teresa (1998). Lago Niassa in Índico: revista de bordo da LAM, Série II, nº4, Julho/Setembro, Maputo: LAM (pp.24-28).

Oikos - Cooperação Para O Desenvolvimento (1999). Apoio à pesca artesanal, Lago Nissa- Moçambique – Relatório de actividades, Projecto 7. ACP. Moz- 080; Lichinga, 1999.

Omar, Lúcia Laurentina (1999). O papel dos ritos, mitos, contos e provérbios na gestão comunitária dos recursos naturais: O caso do Distrito do Lago, Lichinga, Outubro/Dezembro de 1999 (material não publicado).

Pedro, J. Gomes e Barbosa, L. A. Grandvaux (1954). Esboço do Reconhecimento Ecológico- agrícola de Moçambique A vegetação in Moçambique: documentário trimestral, nº80, Dezembro de 1954 (capítulo V) Lourenço Marques: Imprensa Nacional de Moçambique, (pp.09-96).

Pedro, J. Gomes e Barbosa, L. A. Grandvaux (1955). Esboço do Reconhecimento Ecológico- agrícola de Moçambique – A vegetação in Moçambique: documentário trimestral, nº81, Março de 1955 (capítulo V: Conclusão), Lourenço Marques: Imprensa Nacional de Moçambique (pp.09-76).

Repartição Da Saúde Da Comunidade- Epidemiologia (1999). Relatório de deslocação ao Distrito do Lago, Lichinga: Direcção Provincial de Saúde do Niassa, Março de 1999/Instrumento de trabalho.

República De Moçambique (1996). Acordo de princípios básicos de entendimento sobre o Programa Mosagrius: que se concentra mas não se limita à agricultura, agro-indústria, indústria eco-turismo, Maputo: mimeografado / instrumento de trabalho.

República Portuguesa (1955). Principal legislação publicada na Província de Moçambique (em conformidade com a Portaria Ministerial de 23 de Agosto de 1932) Vol. XXV, Lourenço Marques: Imprensa Nacional de Moçambique (pp.423-433).

Ribbink, A.J. (2001). Lake Malawi/Niassa/Nyasa Ecoregion: Biophysiscal Reconnaissance. WWF Southern Africa Regional Programme Office. Harare. Zimbabbwe. 296 pp.

Saket, Mohamed (1994). Relatório sobre a actualização do Inventário Florestal Exploratório, Maputo: UIT/DF/DNFFB/MA, (material não editado).

Torcato, Maria de Lourdes (1998). PACSCOM - Sobre costas, mares e oceanos in Novo Moçambiente: ambiente e desenvolvimento Sustentável, nº27 Outubro/ Novembro, Maputo: Direcção Nacional de Promoção e Divulgação Ambientais(MICOA), (p.23).

Torcato, Maria de Lourdes (1999). Nós Governos Africanos…: compromisso pelos oceanos na PACSCOM in Novo Moçambiente: ambiente e desenvolvimento Sustentável, nº28 Dezembro de 1998/ Janeiro de 1999, Maputo: Direcção Nacional de Promoção e Divulgação Ambientais (MICOA), (pp 4-5).

Twombly, S. (1983). Patterns of abundance and population dynamics of zooplankton in tropical lake Malawi. PhD. Thesis. Yale University.

Wegher, Luís (1995) “Um olhar sobre o Niassa Vol. 1, Maputo: Edições Paulinas.
WWF (2000). Proceedings of the Eastern African marine Ecoregion. Visioning Workshop. Mombasa. Kenya. WWF. 36 pp.+Annexes.


Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal