Miolo abuDhabi 160420 let indd



Baixar 101.66 Kb.
Pdf preview
Página7/7
Encontro30.03.2021
Tamanho101.66 Kb.
1   2   3   4   5   6   7
Parte 5:

 DIVERSIDADE ECONÔMICA



5 

Economia, atrações   

turísticas e culturais

 

203



1

  A descoberta do petróleo em Abu Dhabi:  

início de uma nova era

 

205



1.1  Estágios iniciais da exploração  

até a primeira exportação

 

205


2

  ADNOC: Companhia Nacional do Petróleo de Abu Dhabi

 

207


2.1  Conselho Supremo do Petróleo

 

211



3

  ADIA: Abu Dhabi Investment Authority

 

213


4

  Mubadala Investment Company

 

217


5

  Zonas francas de Abu Dhabi

 

221


5.1  Zona Industrial Khalifa - Kizad

 

221



5.2  Zona Franca da Cidade de Masdar  

e Parque de Ciência e Tecnologia

 

223


5.3  Aeroporto Internacional e Zona Franca

 

224



5.3.1  Etihad Airways

 

225



5.4 Twofour54

 

226



Parte 6:

 DESTINO DE CLASSE INTERNACIONAL



6 

Atrações turísticas   

e culturais

 

231



1

  Informações gerais

 

233


1.1  A Grande Mesquita Sheikh Zayed

 

235



1.2  O Louvre Abu Dhabi

 

237



1.3  Emirates Palace

 

239



1.4  Etihad Towers

 

240




1.5  Aldar Headquarters

 

241



1.6  Wahat Al Karama: monumento  

em honra dos mártires emiradenses

 

241


1.7  Emirates Heritage Village

 

241



1.8  Memorial Sheikh Zayed

 

243



1.9  Zayed National Museum

 

244



1.10  Museu Guggenheim

 

245



1.11  Casa da Família Abraâmica

 

246



2

  A Ilha de Yas: maior centro de  

entretenimento de Abu Dhabi

 

248



2.1  Circuito Yas Marina de Fórmula Um

 

249



2.2  Parque Ferrari World

 

250



2.3  Warner Bros. Park e Yas Waterworld

 

250



2.4  Du Arena e Clymb Abu Dhabi

 

251



3

  As ilhas de Abu Dhabi

 

252


3.1  Ilha de Sir Bani Yas

 

252



3.2  Ilha de Saadiyat

 

253



3.3  Ilha Al Maryah

 

253



3.4  Ilha de Reem

 

253



3.5  Ilha Nurai

 

254



3.6  Ilha de Delma

 

254



Explorando o deserto

 

255


4.1  O Quarteirão Vazio

 

255



4.2  Acampamento árabe na Arabian Nights Village

 

255



Considerações finais

 

257



Bibliografia

 

261




17

Nota do autor

Marhaba!


Alsalam Aleikum!

Novamente, venho apresentar mais uma obra a respeito dos 

Emirados Árabes dedicada à sua capital: Abu Dhabi.

Depois dos bons resultados obtidos com o lançamento do livro 

“Descobrindo os Emirados Árabes Unidos”, se tornou necessário 

ampliar essa rede de conhecimentos.

Falar de Abu Dhabi é mencionar um lugar de grandes mara-

vilhas e que vem se transformando em um dos melhores lugares 

do mundo para se viver, trabalhar, estudar e se divertir.

Desde o primeiro momento em que estive nesta cidade, mi-

nha ligação e simpatia para com seu povo e estilo de vida logo me 

fizeram sentir em casa.

A partir do momento em que decidi escrever sobre os Emirados 

Árabes, já havia percebido que deveria reservar uma oportunidade 

para falar mais sobre Abu Dhabi, uma cidade ao mesmo tempo cal-

ma e vibrante com incontáveis opções de diversão e imersão cultural, 

mesclando conceitos mundiais com a tradição árabe-muçulmana.

Neste livro, o leitor terá amplo conhecimento e uma visão intimis-

ta sobre a cidade, resultado de muitas experiências vividas que agora 

estão descritas nesta obra, desde seu passado histórico, sua política, 

governo, seu aspecto internacional, cultural e seu empreendedorismo.

Boa leitura!

Abu Dhabi, janeiro de 2020.

O autor




19

Introdução

No século XVIII, alguns caçadores tribais exploravam uma 

ilha e avistaram uma gazela e a seguiram até que encontraram 

uma nascente de água limpa, quase impossível de existir naquela 

região onde o deserto dominava a paisagem.

Decidiram chamar aquela ilha de Abu Dhabi.

Essa é uma das muitas lendas que descrevem a origem do 

nome deste emirado.

Os Emirados Árabes Unidos representam um país formado 

por sete territórios chamados de emirados e possui uma capital: 

Abu Dhabi.

Em um período recente da história desde a fundação do Es-

tado, Abu Dhabi vem evoluindo constantemente e que não mais 

se parece com a pequena vila de pescadores que foi no passado. 

Este emirado possui um dos maiores índices de desenvolvimento 

do mundo, mas sem se afastar de seu legado de história, cultura e 

tradições árabes-beduínas que remontam às antigas tribos.

O emirado de Abu Dhabi está localizado na parte sul do 

Golfo Árabe, com fronteira ao leste com Dubai, a oeste com Catar 

e Arábia Saudita e ao sul com Omã. É o maior emirado do país 

com mais de 80% de todo o território nacional.

Foi inicialmente habitada por várias tribos que migraram de 

outras regiões próximas desde a Arábia. Seu desenvolvimento teve 

início em 1793 quando foi escolhida para ser a nova capital da 

confederação da tribo Bani Yas. 



20

•   W I L I A N D E R   F R A N Ç A   S A L O M Ã O   •

Após o início do domínio europeu sobre a Península Árabe 

no século XVI, inúmeras e definitivas transformações ocorreram 

em Abu Dhabi e nos demais emirados. Com a efetivação da he-

gemonia inglesa, esses territórios foram denominados de “Estados 

de Trégua” logo após a assinatura do Tratado Perpetuo de Trégua 

entre o Reino Unido e os Sheikhs.

Já no século XIX, a população total dos sete emirados era de 

aproximadamente 72.000 pessoas. Naqueles tempos, Abu Dhabi 

não possuía uma economia forte e a pequena população vivia na 

pobreza e em condições precárias de moradia. Muito pouco era 

produzido e praticamente tudo tinha que ser comprado em outros 

locais, por esse motivo o fluxo de mercadorias pelas rotas comerciais 

do Golfo era vital para movimentar todo esse sistema econômico.

Logo após ter sido implantado o Sistema de Tréguas pelo 

Reino Unido no século XIX, os emirados possuíam três centros 

de poder: em Abu Dhabi (pela Confederação da tribo Bani Yas), 

em Sharjah e Ras Al Khaimah (pela Confederação da tribo Al 

Qasimi), onde o sistema político era essencialmente de natureza 

tribal liderada por um Sheikh como governante cuja população 

era predominantemente muçulmana sunita desde o século VII 

quando o Islã foi introduzido no Golfo.

Neste sentido, Abu Dhabi possui uma grande variedade de 

ilhas ao longo de sua costa. Nas mais variadas localidades, possui 

um rico sítio arqueológico onde se comprovam vestígios dos pri-

meiros povoamentos datados de milhares de anos atrás. 

Nas últimas décadas, a capital vem se tornando em um centro 

mundial de negócios, entretenimento e lazer, sendo destino de 

milhões de turistas e reunindo as mais impressionantes construções 

do mundo, a exemplo das torres Etihad, Mesquita Sheikh Zayed, 

Emirates Palace e o Museu do Louvre.

Ao longo deste livro, serão retratados vários aspectos tanto 

da capital como do emirado, incluindo seu sistema de governo, 

história, antigos líderes, economia, tradições, atrações culturais, 

relações internacionais, influência regional, estratégias políticas 

para o futuro e diversos outros temas. 



21

•   A B U   D H A B I   •

Em cada um dos capítulos, serão transcritas algumas das mui-

tas palavras ditas por Sheikh Zayed durante seus anos de governo, 

homenageando o legado deste grande líder que foi o primeiro a 

implementar todas as mudanças necessárias que tornaram Abu 

Dhabi em uma grande metrópole e um lugar de inovações nunca 

antes visto.

O sucesso que os Emirados Árabes veem experimentando 

reflete na capital Abu Dhabi, que nos últimos 54 anos vem se 

transformado, e sendo parte fundamental neste processo, como 

um lugar de status internacional onde todas as pessoas podem viver 

em harmonia, bem-estar e segurança, dentro dos princípios de 

hospitalidade, diversidade e liberdade religiosa como verdadeiros 

valores do povo emiradense.



ABU

dhabi

WILIANDER FRANÇA SALOMÃO

HISTÓRIA E EVOLUÇÃO DA CAPITAL DOS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS 

Antigamente, na primeira metade do século XX, Abu Dhabi era uma vila de pescadores em 

uma pequena ilha no Golfo Árabe, habitado por tribos onde a economia local era baseada 

apenas na pesca e cultivo de pérolas desde os tempos antigos em que a tribo Bani Yas a 

escolheu para ser a nova capital de seu governo.

De fato, a descoberta do petróleo na década de 50 foi determinante para que todas essas 

mudanças fossem possíveis, e que levaram Abu Dhabi a uma prosperidade jamais vista em 

outros lugares, e grande parte desse sucesso se deve à sábia liderança de Sheikh Zayed 

bin Sultan Al Nahyan, quando se tornou seu governante em 1966 e responsável por tornar a 

cidade em uma das melhores e mais modernas metrópoles do mundo.

Pode ser entendido que o protagonismo de Abu Dhabi auxiliou na criação dos Emirados 

Árabes onde sua história está permanentemente ligada aos anseios e força de sua popula-

ção desde milênios atrás, sendo moldada por valores árabes, muçulmanos, beduínos e por 

milhares de estrangeiros que compõem atualmente a sociedade emiradense.

Em 2007, a cidade foi escolhida pela Revista Fortune como a “cidade mais rica do mundo”. Em 

todos os aspectos, Abu Dhabi vem se renovando e seguindo na direção do futuro por inves-

timentos no conhecimento, na qualidade de vida, inovações, cultura, entretenimento, e mos-

trando que não há limites para que a cidade continue evoluindo e sendo referência mundial. 

¬Por todos esses motivos, Abu Dhabi continuará a surpreender a todos, com suas inovações, 

sua cultura, sua prosperidade e sua história, como um convite para que todos possam se sentir 

parte dela. Neste sentido, os Emirados Árabes têm a intenção de ser um dos melhores países 

do mundo e essa cidade, como sua capital, é parte fundamental nesta conquista.

Ao longo deste livro, serão retratados vários aspectos tanto da capital como do emirado, incluindo 

seu sistema de governo, história, antigos líderes, economia, tradições, atrações culturais, relações 

internacionais, influência regional, estratégias políticas para o futuro e diversos outros temas.

WILIANDER FRANÇA SALOMÃO

Pós-Doutor, Doutor e Mestre em Direito Interna-

cional pela Pontifícia Universidade Católica de 

Minas Gerais (PUC-MINAS). Formado em Direito 

pela Universidade de Itaúna/MG. É Professor de 

Direito Internacional e Direitos Humanos. Partici-

pou do curso de Verão da Academia de Direito In-

ternacional da Corte Internacional de Justiça das 

Nações Unidas em Haia, Países Baixos; do Módu-

lo Nações Unidas para África e Oriente Médio na 

Tunísia; do curso de segurança internacional do 

Instituto Clingendael de Relações Internacionais 

da Holanda. É autor de livros sobre os Emirados 

Árabes, sobre conflitos entre palestinos e isra-

elenses, publicados em português e inglês.

FALE COM O AUTOR:

wiliandersalomao@gmail.com



ABU 

dhabi

WIL


IANDER FR

ANÇ


A S

ALOM


ÃO

Os Emirados Árabes Unidos representam um 

país formado por sete territórios chamados de 

emirados e possui uma capital: Abu Dhabi.

No século XVIII, alguns caçadores tribais ex-

ploravam uma ilha e avistaram uma gazela e a 

seguiram até que encontraram uma nascente de 

água limpa, quase impossível de existir naquela 

região onde o deserto dominava a paisagem.

Decidiram chamar aquela ilha de Abu Dhabi.

Essa é uma das muitas lendas que descrevem a 

origem do nome deste emirado.

Abu Dhabi foi inicialmente habitada por várias 

tribos que migraram de outras regiões próximas 

desde a Arábia. Seu desenvolvimento teve início 

em 1793 quando foi escolhida para ser a nova 

capital da confederação da tribo Bani Yas. 

Em um período recente da história desde a 

fundação do Estado, Abu Dhabi vem evoluindo 

constantemente e que não mais se parece com a 

pequena vila de pescadores que foi no passado. 

Este emirado possui um os maiores índices de 

desenvolvimento do mundo, mas sem se afastar 

de seu legado de história, cultura e tradições ára-

bes-beduínas que remontam às antigas tribos.

ISBN 978-65-5589-004-4





Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal