Ministério da educação


< utilização de recursos computacionais



Baixar 9.26 Mb.
Pdf preview
Página14/79
Encontro14.09.2021
Tamanho9.26 Mb.
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   79
15
<
utilização de recursos computacionais>
A utilização de recursos computacionais no ensino não é recente, mas vem ganhando maior espaço 
na educação com a ampliação do acesso a computadores e à internet. Ainda assim, sua presença nos 
nossos livros didáticos é de caráter apenas pontual. 
São diversas as estratégias de ensino de Física possibilitadas pelo avanço da informática. Há aquelas 
que tiveram sua utilização ampliada com o uso de recursos multimídia como documentários, filmes 
e/ou animações, seja na discussão de novos conceitos, na exemplificação de conceitos já abordados 
ou na apresentação de situações-problema a serem analisadas. Atividades experimentais associa-
das à coleta e análise de dados com apoio do computador dão uma dimensão diferente à atividade
abrindo a possibilidade de realização de um conjunto maior de experimentos. 
Dentre as estratégias de ensino que utilizam recursos computacionais, a que tem recebido maior 
destaque no ensino de Física é a utilização de simulações. Diferentemente das animações, as simu-
lações computacionais são elaboradas sempre a partir de um modelo físico para o qual se busca dar 
significado, e envolvem, em diferentes níveis, a interatividade entre o estudante e o simulador.
A utilização de simulações pode trazer vários benefícios para o ensino de Física, mas é preciso estar 
alerta para o fato de que essa ferramenta poderosa pode, também, comunicar imagens distorcidas 
da realidade. Uma animação jamais é uma cópia do real, ao contrário do que acontece com a simu-
lação. Contudo, toda simulação apresenta limitações, mesmo estando baseada em uma modelagem 
do real que relaciona grandezas e variáveis físicas por leis e postulados consolidados. Se a mode-
lagem não estiver clara para os professores e educandos, ou mesmo se os limites de validade do 
modelo não forem claramente explícitos, o uso de simulações pode causar danos enormes. Confun-
dir o real com o virtual – seja a partir de uma animação sem modelagem física, seja por simulação 
cujos modelo e validade não são explicitados – pode levar a grandes equívocos sobre o processo de 
construção do conhecimento. Portanto, é fundamental que fenômenos apresentados por simulação 
computacional sejam avaliados em comparação à experiência real. Afinal, na Ciência, não é possível 
fazer qualquer comprovação teórica por meio de simulações, por mais aparentemente verdadeiras e 
espetaculares que sejam. 
Assim como qualquer outra estratégia de ensino, as simulações computacionais devem dividir es-
paço com outras estratégias no processo de ensino e aprendizagem da Física, como, por exemplo, a 
utilização da experimentação e resolução de problemas reais. 
<


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   ...   79


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal