Ministerio das obras publicas, infraestruturas, recursos naturais e ambiente


Tabela 4‑1: Espécies de animais e plantas e grau de endemismo em STP



Baixar 10.04 Mb.
Página61/207
Encontro08.10.2019
Tamanho10.04 Mb.
1   ...   57   58   59   60   61   62   63   64   ...   207
Tabela 4‑1: Espécies de animais e plantas e grau de endemismo em STP

Riqueza de Espécies e Endemismos dentre os Grupos de Organismos em São Tomé e Príncipe

Espécies

Ilhas

Número de Espécies

Endemismo (%)

Mamíferos

São Tomé

10

30

Príncipe

5

20

Morcegos

São Tomé

9

55

Príncipe

4

50

Aves

São Tomé

49

20

Príncipe

35

8

Répteis

Total do País

16

44

Anfíbios

São Tomé

6

100

Príncipe

3

100

Borboletas

São Tomé

47

38

Príncipe

42

21

Moluscos

São Tomé

39

77

Príncipe

32

78

Plantas Superiores

Total do País

895

15


      1. Características Destacáveis do Ambiente Biológico na Área do Projeto


Do ponto de vista biótico e sobretudo da flora toda a área do projeto situa-se principalmente no substrato da Floresta de baixa altitude (≤ 0 – 800 m), que se situa entre a costa e 800m de altitude e é de facto a zona mais cultivada, ou “secundarizada”. É nela que abundam as Savanas arbustivo-arbórea e herbácea a Floresta seca e ao longo da costa, sobretudo em Neves, neste caso, a floresta do Mangal.

Apesar de ainda manterem significativa exuberância de plantações que serão melhor tratadas no subcapítulo da caracterização social (mais abaixo), as áreas urbanizadas de S. Tomé, Guadalupe e Neves, por apresentarem forte presença humana, exibem uma considerável alteração das condições naturais que ainda se encontram no trecho mais desabitado entre a saída de Guadalupe e a entrada de Neves. Enquanto uma (a urbana) é uma zona mais domesticada tanto em termos de plantas e animais a outra (a rural) é a mais selvagem e exibe uma paisagem mais natural.

Por outro lado, enquanto S. Tomé e Guadalupe (capitais e distritos em que se enquadram) se caracterizam, à exceção da área central de S. Tomé em si, por uma biologia rica que em geral faz uma combinação relativamente equilibrada de infraestruturas, plantações e plantas naturais e logo encerram uma diversidade de animais (pequenos mamíferos, aves, répteis, etc.) a cidade de Neves, que se confina a uma pequena faixa de terra entre as montanhas e o mar apresenta-se congestionada e com visíveis problemas de insalubridade que não são muito favoráveis a muitas outras formas de vida que não a humana e mesmo esta se apresenta com claras perturbações e muitos vetores, como é o caso de roedores e uma variedade de insetos. Havendo que considerar que o traço e área de Guadalupe a Neves já não faz parte desta fase inicial do projeto.

Cada um dos tipos de ambiente acima descritos impõe tratamentos diferenciados em caso de intervenções como as das estradas e proteção costeira que têm potencial de interferir com o equilíbrio do ambiente recetor.





    1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   57   58   59   60   61   62   63   64   ...   207


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal