Ministerio das obras publicas, infraestruturas, recursos naturais e ambiente



Baixar 10.04 Mb.
Página176/207
Encontro08.10.2019
Tamanho10.04 Mb.
1   ...   172   173   174   175   176   177   178   179   ...   207
Arlindo Carvalho: “Onde existem estudos de impacto ambiental temos de fazer uma consultoria pública. O estudo está a ser feito por uma empresa Holandesa com muita experiência no ramo. Em relação aos aspetos turísticos, económicos, sociais e dos peões gostaríamos de fazer uma passagem aérea, mas não é viável porque existem pessoas com limitações (idosos, deficientes, mulheres grávidas). Gostaríamos de adoptar o sistema de semáforos, e tudo está a ser pensado para proteger a estrada a longo prazo e evitar que as pessoas coloquem os seus estabelecimentos à berma da estrada.”

  • Depois dessa primeira fase de intervenções e respostas, fez-se a segunda e última ronda de onde sobressaiu o seguinte:

  • Adérito Santana (Instituto Nacional de Meteorologia)

  • Segundo o mesmo, há coisas que parecem óbvias, mas não são (reagindo à resposta do senhor Nelson Cardoso) e tem coisas que no seu ver na resposta do senhor Nelson que não foram claras. Reafirmou que os estudos dessas obras custam muito dinheiro então em vez de fazer apenas até a Neves deveria ligar até a Santa Catarina. Mesmo não sendo implantado já até a Santa Catarina já haverá o estudo poupando custos posteriores.

  • Fredson Leite (DOPU)

  • No seu ver pode não haver casamento entre os Cenários identificados e a real necessidade, então deve-se analisar essa vertente. Deve haver maior abertura para considerar quaisquer outras vias que no fim possam estar justificadas.




  • Compartilhe com seus amigos:
  • 1   ...   172   173   174   175   176   177   178   179   ...   207


    ©historiapt.info 2019
    enviar mensagem

        Página principal