Ministerio das obras publicas, infraestruturas, recursos naturais e ambiente



Baixar 10.04 Mb.
Página144/207
Encontro08.10.2019
Tamanho10.04 Mb.
1   ...   140   141   142   143   144   145   146   147   ...   207

Acidentes de viação


  • Durante a construção, haverá movimentação de veículos e máquinas com grande intensidade tanto nos areeiros, pedreiras, estaleiros e principalmente ao longo dos troços em processo de reabilitação. O transporte de materiais e das movimentações durante a terraplanagem elevam o risco de acidentes de viação tanto para os trabalhadores, como para as comunidades e animais ao longo do troço.

  • Os desvios durante a construção serão necessários em algumas secções, mas de uma forma geral o tráfego irá fluir de forma condicionada ao longo dos troços atuais. Estes desvios serão idealmente mantidos na reserva da estrada, que no caso da EN1 é diminuta e será informada por muitas limitações. Em secções onde não será possível, o tráfego deverá ser desviado temporariamente (na EN1 mesmo isso vai constituir-se em grande desafio). A circulação de veículos em situação condicionada como nos desvios aumenta o risco de acidentes de viação.

  • Atualmente a EN1 é insegura tanto para os motoristas como para a maioria dos peões, ciclistas e motociclistas. Na fase de operação, com a melhoria das condições da estrada irá permitir por um lado que as populações sejam transportadas em melhores condições de segurança, ou seja, em autocarros ou minibuses. Adicionalmente, o projeto deve prever uma sinalização apropriada incluindo bandas sonoras, lombas, sinalização vertical.

  • Por outro lado, a melhoria das condições de transitabilidade da estrada vai permitir que os condutores andem a uma velocidade maior do que a velocidade que a atual condição da estrada permite com risco para os pedestres, ciclistas, motociclistas e animais domésticos. Este risco também é considerável para a EN1 em particular.




  • Compartilhe com seus amigos:
  • 1   ...   140   141   142   143   144   145   146   147   ...   207


    ©historiapt.info 2019
    enviar mensagem

        Página principal