Ministerio das obras publicas, infraestruturas, recursos naturais e ambiente



Baixar 10.04 Mb.
Página141/207
Encontro08.10.2019
Tamanho10.04 Mb.
1   ...   137   138   139   140   141   142   143   144   ...   207

Exposição ao Ruído e Vibrações


  • Durante a construção, os níveis de ruido ao longo do corredor serão maiores devido ao uso de equipamento pesado estacionários ou em movimento. A Tabela 7 -16 apresenta os níveis máximos de ruído recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que devem ser seguidos pelo projeto de PDSTPC.

  • Tabela 7‑16: Valores limiares recomendados pela OMS para ruídos em ambientes específicos

    1. Ambiente

    1. Efeitos à saúde

    1. Leq [dB(A)]a

    1. Tempo de exposição (horas)

    1. Lmax (dB)b

    1. Área de estar ao ar livre

    1. Irritação séria, dia e noite

    2. Irritação moderada, dia e noite

    1. 55

    2. 50

    1. 16

    2. 16

    1. -

    2. -

    1. Casa, interior



    2. Dentro do quarto

    1. Inteligibilidade da fala, irritação moderada, dia e noite

    2. Distúrbio do sono, noite

    1. 35



    2. 30

    1. 16



    2. 8





    1. 45

    1. Fora do quarto

    1. Distúrbio de sono, janela aberta

    1. 45

    1. 8

    1. 60

    1. Salas de aula, interior

    1. Inteligibilidade de fala, distúrbio de retenção de informação

    1. 35

    1. Durante as aulas

    1. -

    1. Escolinhas, interior

    1. Distúrbio de sono

    1. 30

    1. Hora de descanso

    1. 45

    1. Escola, pátio

    1. Irritação

    1. 55

    1. Hora do recreio

    1. -

    1. Hospital, quartos enfermaria, interior

    1. Distúrbio de sono, noite

    2. Distúrbio de sono noite e dia

    1. 30

    2. 30

    1. 8

    2. 16

    1. 40

    2. -

    1. Hospital, salas de tratamento, interior

    1. Interferência no descanso e recuperação

    1. c





    1. Áreas industriais, comerciais, de tráfego, interior e exterior

    1. Deficiência auditiva

    1. 70

    1. 24

    1. 110

    1. Cerimónias, festivais e eventos de diversão

    1. Deficiência auditiva (< 5 vezes/ano)

    1. 100

    1. 4

    1. 110

    1. Áreas públicas, interior e exterior

    1. Deficiência auditiva

    1. 85

    1. 1

    1. 110

    1. Música por auriculares

    1. Deficiência auditiva

    1. 85

    1. 1

    1. 110

    1. Sons de impacto por brinquedos, fogos de artifício e armas

    1. Deficiência auditiva (adultos)

    2. Deficiência auditiva (crianças)

    1. -

    2. -

    1. -

    2. -

    1. 140d

    2. 120d

    1. Parques externos e áreas de conservação

    1. Intranquilidade

    1. e





  • Fonte: http://www.who.int/docstore/peh/noise/guidelines2.html (acedido em 17/08/2015)

    1. Legenda:

    1. Leq é a média ou nível de som constante num período que tenha a mesma energia.

    2. Lmax é o nível máximo de ruído que é medido durante um período.

      • mais baixo possível

    3. Medido a 100mm do ouvido



  • As áreas tranquilas externas devem ser preservadas e a introdução de ruídos aos ambientes naturais devem ser mantidos baixos.

  • Como se pode ver na , abaixo, os equipamentos de construção usados na reabilitação de estradas geralmente excedem os níveis recomendados pala OMS para recetores próximos de 15m. Por causa da relativa proximidade das casas ao longo das estradas e o facto de o tráfego ser mantido durante a construção, espera-se que as populações ao longo das aldeias sejam sujeitas a níveis de ruído superiores aos máximos estipulados pela OMS. Os impactos dos ruídos podem e serão mitigados pelo Empreiteiro, mas irão permanecer significativos mesmo depois da mitigação.













  • Tabela 7‑17: Nível de ruído provocado por equipamentos de construção antes e depois de medidas de mitigação

    1. Equipamento de construção

    1. Nível de ruído a 15m (dBA)

    1. Sem controlo de ruído

    1. Com controlo de ruído

    1. Equipamento alimentado por motor de combustão interna

    1. Terraplanagens

    1. Pás escavadoras frontais

    1. 79

    1. 75

    1. Retro escavadeiras

    1. 85

    1. 75

    1. Bulldozer

    1. 80

    1. 75

    1. Tratores

    1. 80

    1. 75

    1. Raspadores

    1. 88

    1. 80

    1. Niveladoras

    1. 85

    1. 75

    1. Camiões

    1. 91

    1. 75

    1. Pavimentadoras

    1. 89

    1. 80

    1. Manuseamento de materiais

    1. Betoneiras

    1. 85

    1. 75

    1. Bombas de betonagem

    1. 82

    1. 75

    1. Gruas

    1. 83



    1. Estacionários

    1. Bombas

    1. 76

    1. 75

    1. Geradores

    1. 78

    1. 75

    1. Compressores

    1. 81

    1. 75

    1. Equipamento de Impacto

    1. Chaves pneumáticas

    1. 86

    1. 80

    1. Martelos pneumáticos

    1. 88

    1. 75

    1. Empilhadeiras

    1. 101

    1. 95

    1. Outro

    1. Vibrador

    1. 76

    1. 75

    1. Serras

    1. 78

    1. 75

    1. Plantas de asfalto

    1. 81



  • Fonte: EPA, U.S. Environmental Protection Agency, 1971, Noise from Construction Equipment and Operations, Building Equipment, and Home Appliances

  • As vibrações são importantes, e são influenciadas pela distância entre a Estrada e as habitações, as condições do pavimento e do tipo de veículo. Durante a construção prevê-se a utilização de equipamento pesado e de compactação do solo que pode provocar vibrações. O risco é relativamente menor se estas atividades forem realizadas dentro do tempo necessário e durante o dia.

  • Durante a fase de operação, a principal fonte de ruído serão os carros em circulação. A fonte de ruído de um veículo em movimento é principalmente gerada pelo motor e a fricção entre o pneu e asfalto. Fatores como a velocidade, número e tipo de veículos, a topografia e barreiras entre o emissor e o recetor do ruído influenciam no impacto do ruído sobre o recetor.

  • A melhoria das condições da estrada, vai permitir que camiões de grande tonelagem possam transitar para transportar produtos, possivelmente durante 24h. O atravessamento de camiões pode provocar vibrações e consequente perturbação do sono das pessoas.

  • Durante os trabalhos de desmobilização, pode haver ruídos para as pessoas que vivem nas proximidades do estaleiro. O Empreiteiro pode considerar a possibilidade de colocar o estaleiro distante das zonas habitadas.

  • A exposição dos trabalhadores a altos níveis de ruído pode resultar em lesões, acidentes e fatalidades. Consequências de curto-prazo da exposição ao ruído incluem dores de cabeça, nervosismo e incapacidade de concentração. Pode levar anos até os danos tornarem-se aparentes.

  • A perda auditiva induzida pelo ruído geralmente é gradual, mas ela também pode ser causada imediatamente por um ruído repentino e extremamente alto. A perda auditiva é irreversível.

  • Impactos Indiretos e Cumulativos

  • Nos troços em que a estrada passa por zonas urbanas é de esperar que o projeto influencie outras fontes de ruído na sua zona de influência. Assim os impactos cumulativos do ruido resultante projeto pode ser significativo.

  • Medidas de mitigação

    • Selecionar equipamentos menos ruidosos;

    • Instalar silenciadores em alguns equipamentos, quando possível;

    • Instalar barreiras sonoras, particularmente no atravessamento de zonas de grande concentração populacional como escolas, igrejas, locais de culto, etc. As barreiras devem ser localizadas mais próximas da fonte ou do recetor para ser mais efetivo;

    • Limitar as horas de trabalho para determinadas máquinas móveis, particularmente nos aglomerados populacionais;

    • Localizar as fontes de ruído para zonas menos sensíveis para aproveitar a vantagem da distância e barreiras naturais;

    • Construir as áreas de construção (plantas de betão, usinas de alcatrão, pedreiras, etc.) e estaleiro distantes das comunidades sempre que possível;

    • Usar a topografia como vantagem para reduzir naturalmente o efeito do ruído durante a construção dos estaleiros;

    • Desenvolver mecanismo para registar e responder reclamações;

    • Alertas aos efeitos na saúde, com formação e treinamento dos funcionários para evitar a geração de ruído desnecessário;

    • Programar as tarefas mais ruidosas para horários onde menos trabalhadores estejam presentes;

    • Vigilância dos locais onde a exposição ao ruído é significativa;

    • Reduzir o nível do ruido ao menor nível possível. Os níveis de ruído devem ser mantidos abaixo de 80 dB (A) sempre que possível;

    • Concentrar todas atividades durante as horas do dia vão diminuir a incidência dos efeitos;

    • Nenhuma atividade de construção deve ser realizada quando o ruído for superior a 45 dB(A) durante o período da noite (22.00 às 7.00) perto de áreas residenciais, institucionais ou educacionais;

    • Os veículos e equipamentos devem ser inspecionados regularmente para garantir o seu bom funcionamento e minimizar a emissão de ruído;

    • Evitar obras em dias de ventos fortes, a fim de controlar a incidência deste impacto;

    • Se possível, reduzir o impacto do ruído na fonte através de dispositivos silenciadores de ruído a serem acoplados nos equipamentos;

    • Fornecer equipamento de proteção auricular do tipo inserção ao pessoal que vai trabalhar diretamente com as máquinas de geração de ruído, incluindo a sua curta estadia em áreas onde o ruído é excessivo;

    • O transporte de materiais deve ser feito dentro dos limites do equipamento de carga e de velocidade. Em estradas não pavimentadas deve ser limitada a 20 km/h.



        1. Compartilhe com seus amigos:
  • 1   ...   137   138   139   140   141   142   143   144   ...   207


    ©historiapt.info 2019
    enviar mensagem

        Página principal