Microsoft Word Matrix Ensaios para o novo milênio doc



Baixar 189.17 Kb.
Pdf preview
Página1/27
Encontro20.12.2019
Tamanho189.17 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   27


 

1

 



 

 

M



ATRIX

 

Ensaios para o Novo Milênio 



http://whatisthematrix.warnerbros.com/

 

 



 

 

 



 

 

E



DUARDO 

S

POHR

 

 

M

ATRÍCULA 



9520236-7 

C

OMUNICAÇÃO 



S

OCIAL 


 

P



UBLICIDADE

 

PUC-R



IO 

 



D

EPARTAMENTO DE 

C

OMUNICAÇÃO 



S

OCIAL 


 

O

RIENTADOR



:

 

P



ROF

.

 



M

IGUEL 


P

EREIRA


 

05-12-2000 

 

 



 

2

 



 

I

NTRODUÇÃO

 

 

Matrix é um filme completo ou, pelo menos, quase. Ação e filosofia correm lado a 

lado e, ao mesmo tempo que diverte e empolga o espectador, critica o ser humano e sua 

sociedade, promovendo uma reflexão intelectual como poucos filmes promovem.  

 

Antes de mais nada, Matrix é um marco, assim como foram Pulp Fiction e ...E o 



Vento Levou. É um marco porquê gera tendências, propõe estilos e reflete uma metáfora da 

sociedade em que vivemos. O filme retrata os anos 90-2000, suas aflições, seus problemas 

e suas questões. O contexto histórico nos ajuda a entender melhor isso.  

 

Durante toda a história, especialmente a do século XX, o mundo viveu em guerra. 



Primeiro veio a Primeira Guerra Mundial, depois a Segunda, e então a Guerra Fria, onde 

efetivamente o conflito passou a estar, a cada dia, dentro de cada um – era a guerra 

ideológica: capitalismo X comunismo. Até o final os anos 80, a corrida armamentista, e a 

possível ameaça de uma destruição nuclear tornava real a possibilidade de uma guerra de 

proporções mundiais. Até então se falava sobre a 3

a

 Grande Guerra. O inimigo estava ali. 



Ele era palpável, real, iminente. 

 

Com o fim do comunismo e a desarticulação dos dois grandes blocos – 



transformando o mundo em uma aldeia global – a guerra passou a ser puramente 

econômica. Não há inimigo. A “ameaça vermelha” já não mas existe, e não há inimigo real. 

O mundo vive em paz (?). Ocorre que o homem dos anos 90 perdeu alguma coisa com isso: 

a sua ideologia. Não há mais contra quem lutar, não há mais uma ideologia a seguir. Sem 




 

3

inimigos internacionais ou a ameaça de um conflito global, o homem do novo milênio 



descobre um novo inimigo: não é mais uma nação, não é mais um líder – é ele mesmo. A 

liberdade tem o seu preço.  

 

Esse novo mundo sem ideologia se reflete em tudo: roupas que buscam tendências 



do passado, comportamentos, e a música techno são apenas alguns exemplos. Matrix é tão 

importante porquê mostra exatamente isso, o novo inimigo. Alguns filmes como O Show de 



Truman também propõe uma análise semelhante, mas Matrix vai além, refletindo essas 

tendências dos anos 90.  

 

A mídia é um elemento fundamental para entendermos esse novo inimigo. A mídia 



é a Matrix, o inimigo invisível. Ela não nos controla através de armas, bombas ou canhões. 

Ela nos controla através de nós mesmos, através de nossos sentimentos, de nossos sonhos, 

de nossas aspirações e desejos mais profundos. Ela nos dá a opção de seguirmos muitas 

estradas que, no final, levarão todas ao mesmo lugar. Mas, afinal, quem controla a mídia? 

Será a elite? Seremos nós mesmos? Será algum órgão secreto ou será a sociedade como um 

todo? Na verdade, todos eles a controlam, e nenhum deles exatamente.  

 

A mídia torna-se uma inteligência superior. É como um grande computador onde 



todos colocaram suas opiniões e suas idéias e agora a máquina adquiriu vida própria e, 

munida dessas informações, passa a controlar a humanidade. Esta é a mídia. Esta é a 

Matrix.   

 

 




 

4

 






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   27


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal