Microsoft Word Gestão Ambiental Análise de Ciclo de Vida



Baixar 0.73 Mb.
Pdf preview
Página48/84
Encontro20.06.2021
Tamanho0.73 Mb.
1   ...   44   45   46   47   48   49   50   51   ...   84
 

5-2-6 Acidificação 

 

Os poluentes acidificantes têm uma grande variedade de impactes no solo, água subterrânea, águas 



superficiais, organismos biológicos, ecossistemas e materiais (edifícios). Exemplos disto são: a 

mortalidade de peixes nos lagos da Escandinávia, o declínio da floresta e o esfarelar dos materiais 

dos edifícios (CML, 2001). 

As substâncias que mais contribuem para a acidificação são o SO

2

, NO


X

 e NH


x

. As áreas de 

protecção são o ambiente natural, o ambiente feito pelo homem, a saúde humana e os recursos 

naturais. 

A acidificação é uma das categorias de impacte na qual a sensibilidade local joga um papel 

importante e a possibilidade de incluir diferenças regionais no modelo ACV tem sido um ponto chave 

nos anos mais recentes. 

Potenciais de acidificação (AP) foram desenvolvidos em analogia com o GWP, ODP e POCP sendo 

definidos como a relação entre o número de potenciais equivalentes H

+

 (



ν

i

) por unidade de massa da 



substância i (M

i

) e o número de potenciais equivalentes H



+

  (


ν

ref


) por unidade de massa de uma 

substância de referência (M

ref

). O dióxido de enxofre (SO



2

) era proposto como substância de 

referência. O potencial de acidificação era dado pela seguinte expressão (Heijungs et al.,1992): 

 

2

2



/

/

SO



SO

i

i

i

M

M

AP

ν

ν



=


Catálogo: paginaspessoais -> jvf


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   44   45   46   47   48   49   50   51   ...   84


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal