Max heindel



Baixar 38.73 Kb.
Página7/31
Encontro17.03.2020
Tamanho38.73 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   31


O clarividente treinado, o cientista ocultista, consegue perceber o éter.

O éter é para ele tão tangível como os sólidos, os líquidos e os gases da Região Química o são para o homem comum. Ele vê as forças vitais - que dão vida às formas minerais, vegetais, animais e humanas - fluindo nestas formas por meio de quatro estados de éter.

Os nomes e funções específicas desses quatro éteres são os seguintes:

ÉTER QUÍMICO

ÉTER DE VIDA

ÉTER DE LUZ



ÉTER REFLECTOR

ÉTER QUÍMICO

  • Este éter é simultaneamente positivo e negativo em suas manifestações.
  • As forças que produzem a assimilação e a excreção agem por seu intermédio.
  • Assimilação é o processo de incorporação dos diferentes elementos nutritivos do alimento no corpo da planta, do animal ou do homem. Esta operação é levada a efeito por forças que conheceremos mais adiante. Elas agem pelo pólo positivo do Éter Químico, atraindo os elementos necessários e modelando-os em formas apropriadas. Tais forças não atuam cega ou mecanicamente, mas de modo seletivo (muito conhecido dos cientistas por seus efeitos), realizando assim o seu propósito, que é o crescimento e a manutenção do corpo.
  • A excreção é efetuada por forças da mesma espécie, mas atuantes pelo pólo negativo do Éter Químico. Por meio deste pólo são expelidos do corpo os materiais que, contidos no alimento, são impróprios para o seu uso ou que, tendo prestado toda a utilidade ao organismo, devem ser eliminados do sistema.
  • Estes processos, como todos os independentes da vontade humana, são também sábios, seletivos e não exclusivamente mecânicos em sua atuação, o que se pode verificar, por exemplo, na ação dos rins. Quando estes órgãos estão sadios só a urina é filtrada, mas sabe-se que quando estão doentes a valiosa albumina escapa-se também com a urina. Assim, não há seleção apropriada em consequência dessa condição anormal.


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   31


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal