Materiais de apoio ao Projeto Individual de Leitura Viagens • Literatura Portuguesa •11.º ano



Baixar 59.88 Kb.
Encontro20.06.2021
Tamanho59.88 Kb.

Materiais de apoio ao

Projeto Individual de Leitura Viagens • Literatura Portuguesa •11.º ano








A linguagem literária


Viagem com palavras… pelas palavras

Um amor de sempre [Declaração de amor à Língua Portuguesa]

Minha querida,

Apaixonei-me por ti há muito tempo, talvez noutra vida, talvez mesmo antes de ter nascido. […] pouco a pouco, tenho aprendido a conhecer as tuas palavras e os teus silêncios, com os seus sentidos que fazem vibrar os meus. Ao longo do tempo, temos jogado um discreto jogo de sedução: às vezes persigo-te, quero ir atrás de ti, mas não vale a pena forçar nada – quando penso que estou quase a agarrar-te, escapas-me por entre os dedos. Noutras ocasiões gosto que sejas tu a seduzir-me e deixo-me levar pelas tuas ironias, pela tua graça, pela subtileza das tuas palavras. […] Gosto de as ouvir, a essas palavras de tantos autores que falam graças a ti em voz alta, no teatro ou no cinema – mas também as que são só tuas e minhas, nos momentos em que te escrevo ou te leio. […]

Podes ser maltratada em alguma imprensa, podem usar-te ou abusar de ti, mas resistes a tudo e vais continuar a resistir. Isso só mostra que estás viva, que não te deixaste cristalizar, que estás a evoluir. Gosto que sejas assim – um pouco caprichosa e sujeita a crises, aos terrores mais negros e às fantasias mais cor-de-rosa, que às vezes partilhas comigo.

AMARAL, Fernando Pinto do, “Um amor de sempre”,


in Jornal de Letras, Artes & Ideias, n.º 1082, 21 de março de 2012

A linguagem do texto literário

Tradicionalmente, o texto literário distingue-se do texto das ciências, da história, da filosofia, da psicologia, sociologia, etc. Contudo, caracteriza-o um campo de ação criativa tal que pode ir buscar a todos os outros campos os termos que hão de ajudar a construir a sua especificidade. O texto literário é ao mesmo tempo igual a todos os outros (em termos de forma e estrutura) e diferente de todos (pela linguagem); é ao mesmo tempo igual a todos os outros (em termos de uso de uma linguagem) e diferente de todos (pela procura de uma forma e estrutura peculiares); é ao mesmo tempo igual a todos os outros (em termos de forma e estrutura e uso da linguagem) e diferente de todos (em termos de forma e estrutura e uso da linguagem).



CEIA, Carlos, “Texto literário/Texto não literário”,
in http://www.edtl.com.pt/index.php?option=com_mtree&task=viewlink&link_id=44&Itemid=2



Pré-leitura




  1. Comenta estilisticamente o título da obra que vais ler.



Leitura




  1. Durante a leitura, toma notas sobre a linguagem da obra e o estilo do autor, tendo em conta, entre outros que consideres pertinentes, os seguintes aspetos:

  • pessoa verbal utilizada;

  • simplicidade/complexidade do vocabulário;

  • prevalência da denotação/conotação;

  • linguagem objetiva/subjetiva;

  • registo formal/informal;

  • frases curtas/longas;

  • predomínio da coordenação/subordinação;

  • expressividade da pontuação;

  • utilização de diminutivos/aumentativos e respetivo valor;

  • recursos estilísticos e seus efeitos de sentido;

  • exploração da ironia;

  • sensorialismo da linguagem;

  • modos de relato de discurso usados;

  • recurso a expressões populares;

  • intertextualidade com outras obras/autores;

  • presença de diferentes variedades do português.




Pós-leitura




  1. Num texto expositivo-argumentativo bem estruturado, de duzentas a trezentas palavras, analisa a linguagem da obra que leste. Ilustra as tuas afirmações com passagens exemplificativas do texto.

  2. Escolhe um excerto do livro em que sejam evidentes as características da linguagem e do estilo do seu autor e analisa-o.

    1. Apresenta a tua análise, recorrendo a suportes informáticos. Arquiva o ficheiro no teu portefólio, como anexo desta ficha de leitura.

  3. À semelhança de Fernando Pinto do Amaral, no texto da página anterior, escreve uma carta à língua portuguesa, manifestando-lhe os teus sentimentos por ela.





VIAG11 © Porto Editora






Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal