Manual do professor



Baixar 6.99 Mb.
Página240/378
Encontro28.07.2021
Tamanho6.99 Mb.
#16589
1   ...   236   237   238   239   240   241   242   243   ...   378
Manual do professor
A produção oral

A pesquisa sobre narrativas de aprendizagem tem revelado que muitos aprendizes de inglês relatam sua frustração por não terem tido a oportunidade de participar de atividades de fala em inglês na sala de aula (PAIVA, 2007) e também lembram com carinho dos professores que se empenharam em ajudá-los a desenvolver essa habilidade.

Esta coleção procura atender ao anseio dos aprendizes que querem aprender a falar inglês, oferecendo oportunidades de práticas orais mais livres, bem como de expressão da própria opinião, com a colaboração do professor.

A seção Let’s listen and talk!, ou uma seção que integre a fala a outra(s) habilidade(s), apresenta atividades de produção oral relacionadas, de alguma forma, ao tema desenvolvido na unidade. Essa relação temática permite a utilização de vocabulário, estruturas linguísticas e outros conteúdos já estudados e discutidos pelos alunos ao longo da unidade, proporcionando-lhes mais confiança para se expressarem, sem perder o foco no sentido. Além disso, ao integrar a atividade de fala a outras habilidades, como a compreensão oral, o material oferece aos aprendizes amostras da língua em uso de forma que eles possam perceber as variações linguísticas orais e escritas. Um exemplo disso é a linguagem da internet. O professor deve também lembrar aos alunos sobre variações coloquiais na interação oral, como o uso de “Yep” e “Nope, em vez de “Yes” e “No”. É importante que o aprendiz perceba que, em contextos informais, é possível usar essas outras formas.

A obra apresenta também atividades de pronúncia e entonação vinculadas à habilidade de produção oral, nas quais, depois de perceber e reconhecer determinados sons, sequências de sons e ritmo em palavras e/ou frases, os alunos têm a oportunidade de repeti-los, tornando-se mais seguros para pronunciar alguns termos e frases em inglês que costumam trazer mais dificuldade para os falantes do português. Além dessas atividades, há indicações de páginas da internet em que o aluno pode encontrar mais recursos para praticar a pronúncia e a entonação.

No entanto, o objetivo das atividades de fala não é formar falantes que se assemelham aos nativos, e o sotaque deve ser visto como uma característica identitária típica de qualquer falante de uma língua estrangeira. O objetivo é ajudar o aprendiz a desenvolver a capacidade de se expressar em inglês em situações sociais adequadas a sua idade de forma compreensível e adequada.

É relevante observar que aprender a falar implica agir discursivamente e que isso vai além do domínio de estruturas sintáticas e de vocabulário. É por esse motivo que nenhuma das atividades orais nesta coleção demanda dos alunos, por exemplo, respostas completas, pois uma das regras conversacionais prescreve que se forneça apenas a informação solicitada.

A pronúncia

O CD de áudio contém atividades de pronúncia que aparecem em todas as unidades, vinculadas a seções de compreensão e/ou produção oral. Essas atividades têm por objetivo focar determinados sons e servem de apoio para as atividades de produção oral.

As atividades de pronúncia no boxe Pronunciation spot visam chamar a atenção para os principais problemas de pronúncia que afetam falantes brasileiros do inglês e oferecer oportunidade de conscientização e de prática desses aspectos. Aconselhamos o professor interessado em investir mais no ensino de pronúncia a consultar duas obras brasileiras sobre o tema:

SILVA, T. C. Pronúncia do inglês: para falantes do português brasileiro. São Paulo: Contexto, 2012.

ZIMMER, M.; SILVEIRA, R.; ALVES, U. K. Pronunciation Instruction for Brazilians: Bringing Theory and Practice Together. New Castle upon Tyne, UK: Cambridge Scholars Publishing, 2009.




Baixar 6.99 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   236   237   238   239   240   241   242   243   ...   378




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal