Mais histórias que trazem felicidade Richard Simonetti


-Amigo,  não  faço  injustiça



Baixar 413.6 Kb.
Pdf preview
Página6/82
Encontro03.05.2021
Tamanho413.6 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   82
-Amigo,  não  faço  injustiçaNão  combinaste  comigo  um  denário?  Toma  o  que  é  teu  e vai; pois  quem  dar  a 

este último o mesmo que a ti. Porventura não me é licito fazer o que eu quem com o que é meu? Ou o teu olho é 

mau, porque eu sou bom? Assim, os últimos serão os primeiros, os primeiros  serão os últimos. Porque muitos são 

chamados, mas poucos escolhidos. 

*** 


Apreciada  sob  í||  ponto  de  vista  humano,  esta  parábola  seria  a  consagração  da  injustiça  nas  relações trabalhistas, 

embora devamos considerar que o patrão, o dono do dinheiro, tem o direito de remunerar como lhe aprouver, desde 

que ocorra acordo prévio, 

Não competia aos trabalhadores nenhum questionamento. 

Significativa a sua indagação: 

...Teu olho é mau porque eu sou bom? 





Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   82


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal