Mais histórias que trazem felicidade Richard Simonetti


Confiança, relativa confiança, suspeita e descrença



Baixar 413.6 Kb.
Pdf preview
Página52/82
Encontro03.05.2021
Tamanho413.6 Kb.
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   82
Confiança, relativa confiança, suspeita e descrença. 

Ele nos conta uma mesma história quatro vezes, exemplificando esses níveis.  

„ Confiança? 

Um  homem  retoma  ao  lar,  após  estafante  jornada  de  trabalho  que  se  prolongou  até  aquele  horário.  Não  avisou 

a esposa, porque o telefone estava com defeito. 

Entra em casa silenciosamente. 

Não obstante, a esposa percebe sua presença. 

-    E você, Rogério? 

-    Sim, querida, sou eu - responde com voz cansada. 

Em breves momentos ela está a seu lado. 




-    Onde esteve até agora? Fiquei preocupada! 

-    Trabalhando no escritório, meu bem. Muito serviço... 

-    Ah! Então deve estar cansado. Vou preparar algo para comer, enquanto vai banhar-se.  

Temos  aqui  uma  relação  ideal.  Compreensivelmente,  a  esposa  quer  saber  por  que  o  marido  se  atrasou.  Recebe 

a informação e se dá por satisfeita. Há assuntos mais interessantes. 

„ Relativa confiança. 

Um  homem  retoma  ao  lar,  após  estafante  jornada  de  trabalho  que  se  prolongou  até  aquele  horário.  Não  avisou 

a esposa, porque o telefone estava com defeito. 

Entra em casa silenciosamente. 

Não obstante, a esposa percebe sua presença. 

- E você, Rogério? 

I Sim, querida, sou eu - responde com voz cansada. Em breves momentos ela está a seu lado. 

I Onde esteve até agora? Fiquei preocupada! 

-    Trabalhando no escritório, meu bem. Muito serviço... 

Até esta hora?! Deve ter sido algo muito importante! 

-    E foi, querida! Tenho na pasta um comunicado da matriz, insistindo para que remetamos o balanço amanhã. Foi 

uma correria! 

-    Ah! Então deve estar cansado. Vou preparar algo para comer, enquanto vai banhar-se. 

A esposa não se contentou em saber que o marido 

estava trabalhando. Quis detalhes. 

Atitude aceitável, desde que ele, não obstante o cansaço, disponha-se às explicações solicitadas. 

„ Suspeita. 




Um  homem  retoma  ao  lar,  após  estafante  jornada  de  trabalho  que  se  prolongou  até  aquele  horário.  Não  avisou 

a esposa, porque o telefone estava com defeito. 

Entra em casa silenciosamente. 

Não obstante, a esposa percebe sua presença. 

-    É você, Rogério? 

-    Sim, querida, sou eu - responde com voz cansada. 

Em breves momentos ela está a seu lado. 

-    Onde esteve até agora? Fiquei preocupada! 

-    Trabalhando no escritório, meu bem. Muito serviço... 

-    Até esta hora?! Deve ter sido algo muito importante! 

-    E foi, querida, tenho na pasta um comunicado da matriz, insistindo para que remetamos o balanço amanhã. Foi uma 

correría! 

I Posso ver o comunicado? 

Toma-o em suas mãos. Examina-o: 

-    Que dia é hoje? 

-    Dia dez. 

-    Mas este comunicado é do dia nove. Por que só hoje houve essa suposta correria? 

É simples. Foi transmitido via internet ontem à tarde. Tornamos conhecimento hoje, pela manhã. Vga que tem até o 

horário... 

-    Estranho... Afinal, nunca aconteceu antes... 

-    Sempre há uma primeira vez. 

-    Quem mais ficou trabalhando com você? 

,-Todo o pessoal do escritório. 





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   82


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal