Madrid: uned, 2007. 383p



Baixar 41.47 Kb.
Pdf preview
Página1/5
Encontro18.03.2020
Tamanho41.47 Kb.
  1   2   3   4   5


165

LARIO, Ángeles.



Monarquía y República en la España Contemporánea.

Madrid: UNED, 2007. 383p.



Lucas Soares

Graduando do curso de História 

da Universidade de São Paulo 

(FFLCH/USP – São Paulo/ Brasil) e 

bolsista da Faculdade de Filosofia, 

Letras e Ciências Humanas 

desta Universidade em projeto 

sobre a imprensa espanhola e as 

emancipações da América

e-mail: lderman@uol.com.br



Monarquía y República en la España Contemporánea: Um esboço de 

história dos conceitos

Monarquía y República en la España contemporánea, publicação coordena-

da por Ángeles Lario, é o resultado de um seminário realizado em 2006 na 

Universidad Nacional de Educación a Distancia (Madrid), e reúne artigos de 

historiadores dedicados ao estudo da história do pensamento político e dos 

conceitos. A maior parte dos artigos são baseados em pesquisas anteri-

ores dos autores e refletem, com freqüência, o tema trabalhado em livros 

próprios.

A introdução, feita por Lario, define o objetivo maior do livro:

La compreensión de las culturas y de los modelos políticos surgidos a lo largo de 

nuestra historia contemporánea, de los conceptos que los acompañaron, sus usos 

y significados, es el instrumento básico que todo ciudadano debería poder manejar 

actualmente, al menos se está interesado en analizar la viabilidad de nuestro modelo 

político actual y el sentido que pudiera tener la defensa de modelos alternativos (p.13).

Está explicitado desde o início que o livro é um estudo de história 

política, e mais especificamente, de sistemas políticos. Além disso, é dada 

a priori uma unidade histórica para a política da Espanha contemporânea: 

uma das mais turbulentas do mundo e que inclui monarquias de todos 

os tipos, repúblicas, anarquismo, ditadura, entre outras tentativas para a 

organização interna.

A obra também é uma confirmação do vigor que vem ganhando a 

nova história política desde os anos setenta. Uma história que busca abar-

car conteúdos novos, com novos métodos e novas fontes, transformando-

se, portanto, em uma teoria completamente diferente daquela do século 

XIX e começo do XX. Ela retoma a biografia e a luta pelo poder, os sistemas 

políticos e os intelectuais, mas também se volta a questões novas, como 

as culturas políticas, os imaginários, a “baixa política”, a identidade, entre 

outros objetos. Esta heterogeneidade está presente no livro, pois os autores 

são livres na escolha de temas e fontes, resultando numa agradável mistu-

ra dentro dessa abordagem política.

Monarquía y República en la España Contemporánea é dividido em 

seis partes: a primeira é uma apresentação geral e as outras cinco se 

sucedem em ordem cronológica. A primeira parte tem o objetivo de guiar a 

leitura dos capítulos posteriores, tratando, de forma sintética, o período ao 

qual os outros dedicam análises mais específicas.

Ángeles Lario, professora na UNED, esclarece no capítulo introdu-

tório que a organização do livro busca uma articulação entre os artigos 

com base nas propostas da história dos conceitos de matriz koselleckiana 

(a autora, inclusive, integra um grupo de pesquisas com esse objetivo e 

que é coordenado por Javier Sebastián). Com base nessa filiação teórica, 

ela organizou o livro com o objetivo de definir os conceitos de monarquia 

e república, entendidos como antagônicos na Espanha contemporânea, e, 






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal