Luana lais schwantes museu da cerveja



Baixar 10.72 Mb.
Página28/41
Encontro17.03.2020
Tamanho10.72 Mb.
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   41
Sala São Paulo

Um das obras mais expressivas realizadas na cidade de São Paulo envolvendo recuperação de edificações antigas foi a que originou a Sala São Paulo. Resultado de uma proposta de intervenção para o imponente edifício da Estrada de Ferro Sorocabana, a sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo é hoje uma das mais importantes casas de concertos e eventos do país.


Imagem 6.10: Fachada da Sala São Paulo Imagem 6.11: Sala de Concertos

Fonte: Osesp, 2011 Fonte: Osesp, 2011
Assim como este projeto, o Museu da Cerveja também terá uma edificação adaptada, de forma que possa receber eventos. Numa escala muito menor do que o exemplo, a antiga residência da família Ritter abrigará um auditório e poderá ser usado para reuniões, palestras, apresentações culturais, dentre outras.



    1. PROJETO ANÁLOGO



      1. Goldener Engel

O projeto, de autoria de Franken Architekten, consiste numa cervejaria. Conceitualmente reflete o campo de tensão entre a sublimidade da arquitetura religiosa e da profanação da cultura cervejeira e entre tradição e modernismo.


Imagem 6.12: Fachada principal da Goldener Engel



Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel
O espaço dentro da cervejaria funciona como uma fachada em forma de V contínuo, em torno de um pátio. As fendas, posicionadas em linhas, seguem uma regra pré-estabelecida, baseada no estilo de construção local. A fachada pode ser lida como uma partitura, em que a altura do tom é definida pela altura das fendas, o seu comprimento pela largura e o ritmo pela distância entre elas.  Através da interação da luz e da sombra e sua concepção do chão ao teto, as ombreiras criam associações com mais um edifício religioso. O tribunal torna-se um claustro interior forrado com arcadas. Ainda assim, mesmo os que estão apenas de passagem pelo local, conseguem visualizar a função do edifício, através das chaleiras de cobre, visíveis através das fendas, e dos grandes tanques de aço inoxidável. 

No interior do prédio os visitantes podem testemunhar todas as fases do processo de fabricação da cerveja, desde a moagem do malte, no piso da galeria, à sala de fabricação e armazenamento até a torneira final. A grande chaleira de cerveja ocupa a posição de altar ao ser circundada por um amplo espaço de dois andares.  A "Goldener Engel" alcança sua coerência como uma cervejaria através do emprego do relacionamento, enraizado na tradição associada à bebida.

Imagem 6.13: Cervejaria com seus jogos de luz e sombra



Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel
A semelhança entre este projeto e o Museu da Cerveja, está na possibilidade que ambos oferecem ao cliente: acompanhar visualmente, todo o processo de fabricação da bebida.

Imagem 6.14: Concepção da proposta



Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel

Imagem 6.15: Planta baixa - subsolo 1



Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel

Imagem 6.16: Planta baixa - subsolo 2



Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel

Imagem 6.17: Planta baixa - pavimento térreo



Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel

Imagem 6.18: Corte longitudinal

Fonte: http://europaconcorsi.com/projects/68747-Goldener-Engel





  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   41


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal