Lpparaem portugues V2 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 37.71 Mb.
Pdf preview
Página9/636
Encontro29.09.2021
Tamanho37.71 Mb.
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   636
avaliação desses textos. Dessa forma, as produções escrita e oral 

não se limitam a uma execução simplificada e repetitiva.

– Fixou.

– Você pode tirar trinta, quarenta re-

tratos de uma pessoa na câmera digital. 

Mas a maioria você acaba apagando depois. 

Só um ou dois servem. O nariz, a boca, os 

olhos são sempre os mesmos. Mas uma ex-

pressão particular daquela pessoa, aquilo 

que você mais gostaria de lembrar dela no 

futuro… Ou um jeito que você nem sabia 

direito que ela tinha…

– A foto revela.

– Fixar, revelar… não é à toa que os fo-

tógrafos usam essas palavras.

GODEAU, Eric. Imagens que contam o mundo:  1945-2007.  

São Paulo: SM, 2007. p. 5-6, 185.

Cada período histórico é marcado por fatos e acontecimentos significativos. 

Selecione uma das propostas apresentadas a seguir para produzir sua reporta-

gem, enfocando um dos temas indicados.

Proposta 1: foco no século XIX

Descobertas e inovações técnicas

O crescimento das cidades europeias

O teatro e seu público no Brasil

Proposta 2: foco no século XX

As guerras que mudaram o mundo

Avanços da ciência médica

Direitos das mulheres

Proposta 3: foco na contemporaneidade

A cultura hip-hop

A vida dos estudantes universitários

Dietas nutricionais

Para explorar adequadamente cada um dos temas e elaborar uma reportagem 

consistente e esclarecedora, é necessário proceder a uma boa pesquisa em livros, 

revistas e sites especializados, de modo a garantir a diversidade e a qualidade das 

informações que serão veiculadas. Também podem ser realizadas entrevistas com 

especialistas para ampliar os pontos de vista sobre o tópico abordado.

Ao planejar e realizar a reportagem, é importante considerar o público a que 

se destina (colegas e a comunidade escolar em geral), bem como usar uma lin-

guagem adequada – a variante urbana de prestígio.

Também é importante selecionar os recursos visuais que comporão a repor-

tagem (como fotos ou gráficos, por exemplo), atentando para a adequação da 

imagem ao contexto e para a fidedignidade das fontes dos dados de gráficos e 

mapas. Para além dessas imagens, é possível que haja alunos interessados em 

contribuir com charges de própria autoria, o que sempre é muito bem-vindo e 

pode enriquecer a revista, o mural ou o blog.

Roteiro de avaliação

Avalie sua reportagem com base nas questões apresentadas a seguir e mo-

difique os aspectos que julgar necessário.

1.  A pesquisa realizada foi suficiente para apoiar a elaboração da reportagem?

2.  O título e o início da reportagem são atrativos e capazes de prender a atenção 

dos leitores?

õ.  As ideias veiculadas pela reportagem são objetivas e coerentes?

4.  A reportagem apresenta informações esclarecedoras e diversificadas sobre o 

tema?

5.  A linguagem usada corresponde às especificidades do gênero e é adequada 



ao público a que se destina?

6. As imagens escolhidas para compor a reportagem explicitam as informações 

escritas ou acrescentam outras de interesse para a compreensão do tema?

São inúmeras as revistas em que é possível ler reportagens sobre os mais variados temas. Essas 

publicações são vendidas em bancas de jornal ou livrarias e têm periodicidade regular.

Há revistas brasileiras semanais de grande circulação, como ÉpocaVeja e IstoÉ

que trazem reportagens diversificadas sobre economia, esportes, saúde, política, 

artes, etc. Há também revistas temáticas, que abordam assuntos específicos e 

visam informar seu público leitor sobre aspectos relevantes de um mesmo as-

sunto ou área profissional.

Para segmentos específicos, há publicações espe-

cializadas, que divulgam reportagens supostamente 

voltadas para os interesses de cada perfil de leitor. Há 

revistas voltadas para adolescentes (CaprichoAtrevi-



da), para apreciadores de música (Rolling Stone), de 

futebol (Placar), de viagens (Viagem e Turismo), ciên-

cia e tecnologia (GalileuSuperinteressante).

A qualidade das revistas e, portanto, de suas reportagens varia bastan-

te. Há reportagens mais densas e outras mais ligeiras, algumas mais ten-

denciosas e outras mais neutras. Essa variação depende tanto do profis-

sional que produz a reportagem como da perspectiva política da revista 

em que ela é veiculada.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   636


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal