Leia os seguintes salmos à luz do carácter e das experiências de Davi: si 3, 24, 32. Como o caráter e a história pessoal de Oséias determinou o carácter da sua profecia?



Baixar 27.55 Kb.
Página4/4
Encontro10.02.2022
Tamanho27.55 Kb.
#21539
1   2   3   4
Deuteronômio 32.11

Como a águia desperta a sua ninhada. O simbolismo da águia envolve um terno cuidado, pois a mãe ocupa todo o seu tempo cuidando da prole, protegendo, provendo e cuidando. Jarchi diz-nos que a água-mãe é misericordiosa para com os filhotes, pois não invade abruptamente o ninho, mas, antes, faz algum barulho para alertá-los quanto à sua presença. “A metáfora da águia refere-se aos cuidados paternais de Deus, que se mostra sábio e amoroso. Uma águia precisa forçar seus filhotes para fora do ninho, se tiverem de aprender a voar” (Jack S. Deere, in loc). Mas o filhote, ao sair do ninho, despenca no ar, incapaz ainda de voar na primeira tentativa. Então a mãe sai ao seu encalço e apara o filhote no ar. Assim também Yahweh cuidava de Seu povo fraco e inclinado ao erro. Deus está sempre presente a fim de “amparar-nos”, se necessário for. É então que aprendemos a utilizar as nossas asas; e então podemos cumprir nossas missões. E mesmo assim o Senhor não se afasta para longe, pronto sempre a intervir, se precisarmos disso. Cf. Lucas 13.34, onde Jesus usou a metáfora da galinha, outra ave que cuida muito da segurança de seus pintinhos. Ver igualmente Jó 39.27-30, onde a águia é elogiada como objeto da providência divina.

“[A águia] abre as asas a fim de ensinar seus filhotes a voar, mas também para ampará-los, quando se cansam... A águia, devido ao seu extraordinário afeto, carrega os filhotes nas costas, quando eles ficam cansados. A mesma figura simbólica é usada em Êxo. 19.4” (Adam Clark, in loc). Cf. Apo. 12.14.

1 Samuel 5.2-3

Castigarei Amaleque. Yahweh Falou. A infração dos amalequitas nunca seria esquecida. Eles atacaram Israel quando o povo mais necessitava de ajuaa, e não de empecilhos. Ver a história em Êxo. 17.8-16. Eles atacaram os refugiados do Egito que estavam passando pelo deserto, a caminho da Terra Prometida, e bloquearam o caminho (Núm. 14.45). Em Deu. 25.17-19, “eles foram denunciados

por terem atacado os que se atrasavam na marcha, na coluna de Israel” (George

B. Caird, in loc.). Yahweh nunca esqueceu o ultraje; Israel também nunca esqueceu; Samuel, movido por igual sentimento, conclamou Saul a recordar o fato e fazer algo a respeito, pois ele ocupava o posto máximo de defensor de Israel. “Na profecia de Balaão, os amalequitas são aludidos como a primeira das nações a fazer oposição ao povo do Senhor. Durante as eras tempestuosas que se seguiram, as mãos dos filhos de Amaleque parecem ter estado constantemente erguidas contra Israel” (Ellicott, in loc.). Ver no Dicionário o artigo intitulado Amalequitas.

15.3


Fere a Amaleque. A guerra santa requeria a destruição total de toda vida humana, homens, mulheres e crianças, e até dos animais. Também não permitia que se ficassem com despojos. Era um holocausto (ver a respeito no Dicionário),

o que significa que a matança completa era oferecida a Yahweh como oferenda. Os inimigos de Yahweh tornavam-se sacrifícios (holocaustos) diante Dele. Não haveria prisioneiros de guerra nem escravos. Fora da Palestina, povos podiam ser sujeitos a tributos ou escravizados, mas dentro da Palestina havia guerra santa. Ilustro essa questão em Deu. 7.1-5 e 20.10-18. Esse tipo de guerra era visto como um serviço religioso. O seu propósito era dar a Palestina a Israel, sem nenhuma interferência. Nem mesmo casamentos mistos eram permitidos. Desses povos não podia haver remanescentes. Israel não tentava_ converter esses povos ao yahwismo. Antes, eles tinham de ser obliterados. Ver Êxo. 33.2 e Deu. 7.1, quanto às sete nações que deveriam ser totalmente aniquiladas na Palestina.



Os críticos, por essa altura, naturalmente voltam-se contra a matança brutal, mas os estudiosos conservadores a louvam baseados principalmente no fato de que esses povos mereciam tal forma de tratamento, por causa de sua avassaladora maldade. Aquilo que lhes era feito, eles tinham feito a outros. Assim, a espada do Senhor voltava-se contra todos eles.

Baixar 27.55 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal